TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Tempo de contribuição poderá ser menor para destravar Previdência

Costura-se no Congresso uma alternativa para resgatar a reforma da Previdência e viabilizar a sua votação ainda em setembro. A proposta mantém idade mínima de aposentadoria de 62 anos para mulheres e 65 para homens, mas altera um dos itens mais controversos do texto que chegou à Câmara: o tempo mínimo de contribuição para ter direito ao benefício.

Hoje a lei prevê 15 anos de contribuição. A proposta é alterar o prazo para 25 anos. De acordo com políticos e especialistas em contas públicas, estão em estudo duas alternativas. Uma, mais simples, mantém os atuais 15 anos de contribuição. A outra faz a mudança para 25 anos, como quer o governo, mas cria uma escala proporcional entre tempo de contribuição e valor de benefício para quem ficar abaixo desse prazo.

Ou seja, quem contribuir por um período abaixo de 25 anos ganha menos, mas ganha algum valor. A iniciativa de rever o projeto partiu do DEM, com a liderança do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Nenhum comentário: