TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Cantor Vicente Nery é internado em hospital de Fortaleza após testar positivo para Covid-19

O cantor e compositor cearense Vicente Nery foi internado em um hospital de Fortaleza após testar positivo para a Covid-19. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (14) pela assessoria de imprensa do artista. Há seis dias, Nery já havia anunciado o diagnóstico positivo para a doença em uma homenagem que fez em rede social destinada à profissionais da saúde.

"A assessoria do cantor Vicente Nery informa que nos últimos dias, Vicente testou positivo para o coronavírus. Para melhores resultados, o tratamento está sendo feito em ambiente hospitalar. A família agradece o carinho, as orações e boas energias que estão sendo enviadas. Logo, logo nosso cantor estará de volta ao nosso convívio. Por hora, fica o pedido, usem máscara e evitem aglomerações", diz o comunicado da assessoria do cantor.

Vicente Nery nasceu na localidade de Pedra Branca, município de Aracoiaba, no Ceará. Ele foi o responsável por criar a banda Forró Real e foi vocalista de várias outras bandas de forró, como Caviar com Rapadura, Cavalo de Pau e Forró Legal. Em 2010, o cantor lançou-se em carreira solo após alcançar sucesso nacional com suas composições, como as músicas "Senhorita", "Nunca Mais" e "Ponto Final".

G1

Brasil tem 3.459 mortes por covid-19 em 24 horas

O Brasil registrou oficialmente 3.459 mortes ligadas à covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) nesta quarta-feira (14/04).

Também foram confirmados 73.513 novos casos da doença. Com isso, o total de infecções no país chega a 13.673.507, e os óbitos somam agora 361.884.

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

Os números diários desta quarta-feira não incluem as cifras do Ceará, devido a problemas no acesso a base de dados do estado, informou o Conass.

O conselho de secretários não divulga número de recuperados. Segundo o Ministério da Saúde, 12.074.798 pacientes haviam se recuperado da doença até a noite de terça-feira.

Com os dados de óbitos registrados nesta quarta, a taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 172,2 no país.

Em números absolutos, o Brasil é o segundo país do mundo com mais mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam mais de 564 mil óbitos. É ainda o terceiro país com mais casos confirmados, depois dos EUA (31,4 milhões de infectados) e da Índia (13,8 milhões).

Ao todo, mais de 137,8 milhões de pessoas já contraíram o coronavírus em todo o mundo, segundo números oficiais, e 2,96 milhões de pacientes morreram em decorrência da doença.

Câmara, Senado e Ministério da Saúde anunciam antecipação de 1 milhão de doses da Pfizer em abril

Representantes da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Ministério da Saúde anunciaram nesta quarta-feira (14) diversas ações de combate à pandemia de Covid-19, como a antecipação do recebimento de doses da Pfizer para ampliar a vacinação dos brasileiros. Segundo o anúncio, cerca de 15,5 milhões de doses devem chegar a partir de abril. A previsão é que 1 milhão de doses já esteja no País no final deste mês. A previsão anterior do governo era de 14 milhões de doses até junho.

Em agosto de 2020, o governo federal recusou acordo com a farmacêutica para receber 70 milhões de doses, que já poderiam estar sendo aplicadas desde dezembro do ano passado. No início deste ano, o Executivo acabou fechando contrato para o fornecimento de 100 milhões de doses. No entanto, a maioria dessas doses está prevista para chegar apenas no segundo semestre.

Participaram da segunda reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento à Pandemia o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG); e o deputado Dr. Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ), representando o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Cerca de 236 mil novos aprovados no auxílio começam a receber o benefício a partir desta quinta-feira

O governo federal liberou o Auxílio Emergencial 2021 para mais 236 mil famílias. Os nomes podem ser consultados no site www.cidadania.gov.br/auxilio. Dentro desses novos elegíveis, os nascidos entre janeiro e maio receberão a primeira das quatro parcelas do auxílio nesta quinta-feira (15). Já os que nasceram depois de maio entram no calendário normal de repasses já divulgado.

Também nesta quinta-feira, os trabalhadores informais nascidos em maio começam a receber a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal nascidos no mesmo mês. 

O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. Para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, o pagamento começa na sexta-feira (16), para beneficiários com NIS final 1.

'Hora de encerrar a mais longa guerra dos EUA', diz Biden ao anunciar início da retirada de militares no Afeganistão

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou nesta quarta-feira (14) a intenção de retirar todos os militares americanos que estão no Afeganistão até 11 de setembro. Segundo o democrata, o retorno dos soldados começará em 1º de maio.

"Está na hora de encerrar a mais longa guerra dos EUA. É hora de os soldados americanos voltarem para casa", disse Biden em pronunciamento na Casa Branca.

Uma vez que os combates em solo afegão continuam e que tanto o governo do país asiático quanto o Talibã seguem se enfrentando enquanto não chegam a um cessar-fogo, os EUA consideram a Guerra do Afeganistão como a mais longa em que tiveram envolvimento.

G1

Fique atento: trabalhador terá dez dias para contestar auxílio emergencial negado

Os trabalhadores que tentam ser incluídos na nova rodada do auxílio emergencial devem estar atentos. Segundo o Ministério da Cidadania, a Dataprev, estatal responsável pelas informações cadastradas no programa, continua a processar as bases de dados. Assim que novas listas de beneficiários forem divulgadas, o cidadão terá dez dias para contestar benefícios negados ou com valor menor que o previsto.

A consulta deve ser feita diariamente na página desenvolvida pela Dataprev dentro do site do Ministério da Cidadania. O trabalhador deverá digitar nome completo, nome da mãe, CPF, data de nascimento e conferir se um novo lote de beneficiários foi liberado.

Só está elegível para receber a nova rodada do auxílio emergencial quem recebia o auxílio de R$ 600 ou a extensão de R$ 300 em dezembro do ano passado e cumpre os critérios de elegibilidade da medida provisória que instituiu a nova fase do programa. Caso o benefício não tenha sido liberado ou tenha sido liberado em valor abaixo do previsto, o trabalhador poderá fazer a contestação.

Nesta rodada, o auxílio emergencial varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da situação do beneficiário. Diferentemente do ano passado, em que até duas pessoas da mesma família recebiam as parcelas, agora apenas um membro receberá o benefício.

Novos lotes

O lote mais recente do auxílio emergencial, que incluiu 236 mil pessoas, foi liberado pelo Ministério da Cidadania na última segunda-feira (12). Quem discordou do processamento de dados poderá contestar o resultado até 22 de abril.

A contestação é feita no mesmo site da consulta, bastando ao usuário clicar no botão “Solicitar contestação”. O próprio sistema só aceitará critérios passíveis de reavaliação, como informações erradas ou desatualizadas. Não será possível fazer um novo pedido, porque a base de dados usada é a de quem pediu o auxílio emergencial até o início de julho do ano passado.

Após o pedido de contestação, a Dataprev analisará as novas informações fornecidas pelo trabalhador. Como a reavaliação não tem prazo, o beneficiário deverá acessar o site diariamente.

(*) Com informações da Agência Brasil

Começa hoje a consulta de valor do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família podem consultar o valor do auxílio emergencial a que terão direito, a partir de hoje (14). A consulta deve ser feita pelo site do Ministério da Cidadania e da Caixa Econômica Federal.  

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, ressaltou que as famílias contempladas com o Bolsa Família, que recebem menos de R$ 250, poderão ter o pagamento substituído pelo valor do auxílio emergencial, não sendo possível acumular os dois em um só mês 

"Quem é do Bolsa Família receberá o benefício que for de maior valor: ou o auxílio emergencial ou o próprio Bolsa Família", afirmou.  

Para quem é do Bolsa Família e é elegível aos novos pagamentos do auxílio emergencial, o calendário é o mesmo dos pagamentos mensais do governo. Em abril, os depósitos começam no dia 16. 

Após prorrogação, inscrições do SiSU 2021/1 terminam hoje (14)

Após o período de prorrogação, termina nesta quarta-feira, 14 de abril, as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do primeiro semestre de 2021.

Inscreva-se no SiSU 2021/1

Podem fazer a inscrição no sistema os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, não zeraram a redação, e já concluíram o ensino médio.

Nesta edição estão sendo oferecidas 206.609 vagas em 5.571 cursos de 109 instituições públicas de ensino superior, incluindo universidades federais e estaduais e centros e institutos federais. As vagas são para cursos de graduação presencial e de ensino a distância (EaD) gratuitos.

Como fazer a inscrição?

Os candidatos podem escolher até duas opções de cursos para participar do SiSU 2021/1, em ordem de preferência. 

Veja como realizar a inscrição:
  1. Acessar a página do SiSU: As inscrições são feitas no Site do SiSU. Ao acessar a página o candidato deve clicar em ‘Fazer Inscrição’ e entrar com os dados pessoais;
  2. Confirmação de dados: O estudante deve conferir todos os dados para o SiSU entrar em contato, caso necessário. Depois da atualização da página é só seguir com a inscrição e, se precisar, pode alterar esses dados a qualquer momento no período de inscrição;
  3. Minha inscrição: Nesta página será feita a escolha de até duas opções de curso e também é o local em que o inscrito vai acompanhar a inscrição durante todo o processo. Para começar é só clicar em “Fazer inscrição na 1ª opção”;
  4. Pesquisa de vagas: Aqui o candidato pesquisa as vagas que estão sendo oferecidas pelo nome do município, da instituição ou do curso que deseja ingressar;
  5. Verificação de modalidade: Após a escolha do curso, o candidato deve ficar atento aos detalhes e as modalidades disponíveis e, então, escolher para qual pretende concorrer. Quando escolher é só clicar em “Escolher esta modalidade” para continuar. É importante estar atento às informações de como comprovar as ações afirmativas da instituição no momento da matrícula, caso seja selecionado;
  6. Confirmação: Após verificar que todos os dados estão corretos e conferir a documentação que será exigida pela instituição na matrícula é só clicar em “Confirmar minha inscrição”. Após confirmar a inscrição, o sistema voltará para a tela “Minha inscrição” e você pode alterar as opções durante o período de inscrições;
  7. Classificação parcial: Durante o período de inscrição o candidato acompanha as notas de corte dos cursos e a sua classificação parcial. A mudança pode ser feita até as 23h59 de hoje.
Notas de corte

O sistema libera diariamente durante o período de inscrição a nota de corte dos cursos escolhidos. Com isso, o candidato tem uma noção da média mínima que precisa ter para ser aprovado no curso.

Entenda como funcionam as notas de corte do SiSU

Durante o período de inscrições, o Ministério da Educação (MEC) modificou a forma de divulgar a classificação dos candidatos, tirando a dupla classificação.

Na dupla classificação, as notas de corte consideravam os candidatos que estavam sendo aprovados nas duas opções de cursos. Agora, o estudante será retirado da classificação parcial da segunda opção de curso, caso esteja se classificando na primeira opção. Isso diminui as notas de corte.

Resultado

A nova data para liberação do resultado será no dia 16 de abril. Quem for aprovado deve acessar o sistema para conferir quais os documentos são necessários para matrícula e realizá-la entre os dias 19 e 23 de abril, nas próprias faculdades. Por causa da pandemia, há a possibilidade de realizar a matrícula pela internet em algumas instituições.

Lista de espera

No caso dos candidatos que não forem aprovados nas opções de curso escolhidas durante o período de inscrição, há a possibilidade de manifestar interesse nas vagas da lista de espera do dia 16 a 23 de abril. Na lista, só é permitido escolher um dos dois cursos para os quais concorreu.

A lista de espera do SiSU é enviada às universidades, que ficam responsáveis pelas próximas chamadas. A partir deste momento os interessados nas convocações devem acompanhar as divulgações pelas instituições de ensino.

SiSU 2021

As inscrições para o SiSU 2021/1 começaram no dia 6 de abril após o cronograma tradicional ter passado por modificação, em consequência da situação de pandemia do coronavírus. O prazo terminaria no dia 9 de abril, mas foi prorrogado para hoje.

Para mais informações acesse a página do SiSU 2021 no Brasil Escola.

STF julga nesta quarta CPI da Covid e ações de Lula

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) julga nesta quarta-feira, 14, dois temas que causam apreensão no Palácio do Planalto, com potencial não só de desgastar a imagem do governo do presidente Jair Bolsonaro e manter apto a disputar a eleição de 2022 o seu principal adversário político nas próximas eleições: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Os 11 integrantes da Corte vão decidir se endossam a decisão que mandou abrir a CPI da Covid e se confirmam a anulação das condenações que a Lava Jato impôs a Lula. Esse segundo caso deve se estender na sessão de amanhã.

Terra

Previsão aponta chuvas em todas as regiões do Ceará nesta quarta, 14

Todas as macrorregiões do Ceará devem ter registro de chuvas nesta quarta-feira, 14. É o que diz a previsão do tempo da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) realizada nessa segunda-feira, 12. A tendência é que as precipitações sejam observadas em mais de 50% da área de cada região do Estado.

Nesta terça-feira, dos 137 municípios com registro de chuvas no Ceará, destacaram-se Orós, a 335,6 km de Fortaleza, com 90 milímetros (mm) e Iracema, distante a 286,7 km da Capital, com 84 mm. Os maiores acumulados foram nas macrorregiões de Jaguaribana e do Sertão Central e Inhamuns.

De acordo com a Funceme, os acumulados registrados desde o início desta semana se dão pela expectativa da formação de áreas de instabilidade oriundas do norte e leste do Nordeste. Além disso, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) encontra-se posicionada em torno de 1°N e 1°S e, neste posicionamento, não influencia tanto as condições do tempo do Ceará. Para a próxima quinta-feira, a previsão é de nebulosidade variável com eventos de chuva também em todas as regiões.

Confira as 10 maiores chuvas das últimas 24 horas:

Orós (Posto: OROS) : 90mm
Iracema (Posto: BASTIOES) : 84mm
Iracema (Posto: AC.SANTO ANTONIO BASTIOES) : 77mm
Iguatu (Posto: IGUATU) : 76mm
Pereiro (Posto: PEREIRO) : 73mm
Ererê (Posto: ACUDE SANTA MARIA) : 49mm
Acopiara (Posto: CAIXA) : 49mm
Catarina (Posto: FECHADO) : 48mm
Icó (Posto: ICO) : 47mm
Fortaleza (Posto: PICI) : 45.2mm

O POVO Online

terça-feira, 13 de abril de 2021

Chuva invade casas, alaga ruas e deixa moradores ilhados em Iguatu, no Ceará

O grande volume de chuvas que teve início na madrugada desta terça-feira (13) alagou ruas, invadiu casas e deixou moradores ilhados na cidade de Iguatu, no interior do Ceará. Conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), até as 7h de hoje choveu 76 milímetros no município.

A cidade foi a terceira com a maior chuva do Estado e ficou atrás apenas de Orós, com 90 milímetros, e Iracema, que teve 84 milímetros. Ao todo, a Funceme registrou precipitação em 81 municípios do Ceará.

A Funceme afirma que as chuvas desta terça-feira foram causadas por áreas de instabilidade vindas do norte e leste do Nordeste.

A Defesa Civil foi acionada e o agentes visitaram os pontos mais afetados para avaliar a situação.

Conforme os moradores, a chuva em Iguatu começou por volta da meia-noite, acompanhada de raios e trovões. Além da sede do município, a situação ficou bastante complicada na zona rural, onde a água chegou a invadir casas e deixou moradores impossibilitados de sair das residências.

O nível da água preocupou moradores da Rua Presbítero José Barbosa. "Foi uma noite muito 'pertubante', a gente fica muito preocupada, não consegui dormir, porque eu tenho três crianças. E hoje ainda tive que levar elas para escola, foi bastante complicado", afirma a dona de casa Layana Batista.

Para Maria Lúcia de Lima, que mora no Bairro Areias 2 a cerca de oito anos, a falta de calçamento na região contribui para a formação de alagamento no período chuvoso. Ela teme que volte a chover e a água invada sua residência.

"Eu passei a noite sem dormir, preocupada porque a minha casa é a mais baixa e o volume de água foi muito grande. Se der outra chuva nesse nível a água pode entrar", disse.

G1/CE

PSDB tenta fazer Tasso presidir CPI e MDB quer relatoria

Líderes de partidos no Senado se movimentam para garantir os principais cargos da 'CPI da Covid'. A presidência do grupo, que coordena as reuniões, e a relatoria, responsável por consolidar em um parecer a conclusão dos trabalhos do colegiado, são os postos mais importantes.

O PSDB, que faz parte do segundo maior bloco da Casa, com Podemos e PSL, quer que o senador Tasso Jereissati (CE) seja presidente da comissão. O MDB, que integra o maior bloco, com Progressistas e Republicanos, está de olho na relatoria da CPI. 

O indicado deve ser o líder da Maioria e ex-presidente do Senado Renan Calheiros (MDB-AL). O líder do MDB na Casa, Eduardo Braga (AM), e o senador Ciro Nogueira (Progressistas-PI) também farão parte da comissão.

Terra

Prefeitura de Mombaça (CE), publica edital para contratação de profissionais da saúde em concurso

A Prefeitura de Mombaça, no interior do Ceará, publicou edital para processo seletivo de profissionais para atuação na área da saúde. Ao todo, serão ofertadas 157 vagas. Os aprovados no concurso serão contratados por tempo determinado. As oportunidades são de níveis médio, técnico e superior. A remuneração é de até R$ 3,5 mil.

Os interessados no concurso da Prefeitura de Mombaça devem se inscrever na sede da Escola de Ensino Fundamental Lauro Alencar, na Rua Cassimiro Fiuza Benevides, Centro da cidade. O período de inscrição acontece nos dias 15, 16 e 19 de abril, no horário de 8h às 12h e das 14h às 17h.

Requisitos para inscrição

* Idade mínima de 18 anos;

* Quitação eleitoral e militar;

* Não possuir antecedentes criminais;

* Possuir registro no conselho regional de cada profissão indicada ou declaração de conclusão com data de termino do curso;

* Entrevista do processo seletivo

* Os candidatos inscritos serão avaliados por meio de duas etapas: prova de títulos e entrevistas.

G1/CE

Operação Caldeirão: Ministério Público do Estado inicia investigação sobre irregularidades em hospital de campanha do PV

O Ministério Público do Estado do Ceará deflagrou, na manhã desta terça-feira (13), a Operação “Caldeirão”, para investigar indícios de irregularidades na contratação do hospital de campanha do Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. A Operação conta com o apoio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará e do GAECO do Ministério Público de São Paulo.  

Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão contra pessoas físicas e jurídicas nas cidades de Fortaleza (6) e de São Paulo (4), incluindo a Associação Paulista para Desenvolvimento da Medicina (SPDM), instituição que gerenciou o Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas. As denúncias de irregularidades que são investigadas pelo MPCE se referem a gestão do então prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio, responsável pelo hospital de campanha. O mesmo foi erguido para atender pessoas infectadas pela Covid-119 na capital.

Entenda o caso 

O Ministério Público iniciou as investigações sobre supostas irregularidades na aquisição e gerenciamento do hospital de campanha do PV em agosto de 2020. As medidas cautelares foram ajuizadas no dia 08 setembro. Além dos mandados de busca e apreensão, o MPCE também solicitou a quebra de sigilo bancário e fiscal de 37 pessoas físicas e jurídicas, bem com a suspensão do exercício da função pública em desfavor de quatro servidores do município de Fortaleza. O requerimento foi deferido na sua totalidade pelo Poder Judiciário no dia 29 de março de 2021. Com a operação desta terça (13/04), o Ministério Público visa levantar novos elementos probatórios para reforçar a investigação, que continua sob sigilo. 

Ainda em 2020, o MPCE, por meio das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde de Fortaleza, instaurou procedimentos para acompanhar a construção do hospital de campanha (março/2020) e a contratação da empresa gestora do hospital de campanha (maio/2020).

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril

Trabalhadores informais nascidos em abril começam a receber hoje (13) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial.

O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no início do mês. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Mobilização contra à pandemia: Municípios podem aplicar 1,5 milhão de vacinas por dia, diz presidente da CNM

Os municípios brasileiros possuem estrutura e capacidade para aplicar 1,5 milhão de doses de imunizantes contra a covid-19 por dia, podendo ampliar rapidamente a velocidade da vacinação no país, desde que haja vacinas disponibilizadas suficientemente pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). A informação foi dada por Glademir Aroldi, presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), nessa segunda-feira, em audiência pública da comissão do Senado que fiscaliza as ações de combate à pandemia (CTCOVID19).

‘’Nas últimas semanas, ficou claro que o ritmo da vacinação é determinado exclusivamente pela oferta de imunizantes. Quando tivemos, há uma semana, a disponibilidade de um número maior de vacinas, chegamos a vacinar um pouquinho mais de 1 milhão de pessoas por dia. Hoje o número caiu. Por que o número caiu? Porque não existe vacina nos postos de saúde dos municípios. Reduzimos para 250, 300 mil pessoas vacinadas por dia’’, reclamou Aroldi.

Quem receber o auxílio emergencial, de forma indevida, deve devolver o dinheiro e evitar constrangimento

Aumenta o cerco dos órgãos federais para o auxílio emergencial não cair em mãos erradas e o pente fino tem por objetivo barrar as fraudes que aconteceram em 2020. 

Servidores públicos, trabalhadores com carteira assinada e beneficiários da previdência social estão entre as pessoas que não podem receber o auxílio e quem o recebeu, de forma indevida, em 2020, está sendo procurado, por mensagem de SMS, para devolver a grana, enquanto, neste ano, a fiscalização é ainda mais rigorosa para os erros não se repetirem. 

Morre aos 64 anos, dona Luciamar Tavares

É assim que quero lembrar da senhora minha grande amiga dona Lucimar Tavares, esposa do seu Raimundo, mãe dos meus irmãos Rafael (foto), Manoel, Daniel e Natália, sempre com esse sorriso fácil. A Covid veio para dilacerar corações. Estou muito abalado com sua precoce partida. Que Deus a receba no Reino do Céu com muita satisfação. Pêsames à todos os familiares que sofrem neste momento de grande dor".

Obs: Dona Lucimar Tavares faleceu na manhã de hoje (13), no Hospital de Acopiara, aos 64 anos de idade, vítima da Covid-19. Ela aguardava desde de ontem (12) a disponibilidade de um leito de UTI para ser transferida quando não mais resistiu. Dona Lucimar deixa o esposo, quatro filhos e cinco netos. O seu corpo foi sepultado há poucos instantes no cemitério Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Acopiara.

segunda-feira, 12 de abril de 2021

Brasil registra 1.480 mortes por covid-19 em 24 horas

O Brasil registrou 1.480 mortes associadas à covid-19 nesta segunda-feira (12/04), além de 35.785 novos casos da doença em 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Com isso, o total de casos identificados no país subiu para 13.517.808, enquanto os óbitos chegaram a 354.617 desde o início da epidemia.

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

O Conass não divulga número de recuperados. Segundo o Ministério da Saúde, 11.880.803 pacientes se recuperaram da doença.

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 168,7 no Brasil, a 14ª mais alta do mundo, quando desconsiderados os países nanicos San Marino, Liechtenstein e Andorra, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Em números absolutos, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais infecções, atrás dos Estados Unidos, que somam mais de 31,2 milhões de casos, e da Índia, com 13,527.717. É também o segundo em número absoluto de mortos, já que mais de 562 mil pessoas morreram nos EUA.

Ao todo, mais de 136 milhões de pessoas já contraíram oficialmente o coronavírus no mundo, e 2,94 milhões de pacientes morreram em decorrência da doença.

Projeto quer estender isenção do IPVA aos artistas que atuam como pessoa física

Projeto de lei de autoria do deputado Renato Roseno (Psol), em apreciação na Assembleia Legislativa, quer estender aos artistas que não estão formalizados como pessoa jurídica, que têm veículo registrado no próprio nome e que estejam devidamente cadastrados na plataforma Mapa Cultural do Ceará, da Secretaria de Cultura do Estado, anistia e remissão do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

A propositura n° 143/21 determina a alteração do artigo 1º da lei nº 17.387/2021, que concedeu a isenção do IPVA relativo ao exercício de 2021 para os contribuintes do setor de eventos. A medida do Governo do Estado busca amenizar os impactos da pandemia da Covid-19 aos profissionais do setor de eventos

O autor do PL, deputado estadual Renato Roseno,  destaca a iniciativa do Executivo, e informa, contudo, que “posteriormente chegou a nós uma lacuna que neste momento, com o presente projeto de lei, buscamos corrigir, qual seja a contemplação daquelas e daqueles artistas que não se constituem dentro da formalidade de pessoa jurídica, atuando como pessoa física e, portanto, tendo seu veículo registrado em nome próprio.

A alteração do art. 1° da lei estadual “tem o intuito que esses importantes profissionais se vejam contemplados para que os efeitos financeiros enfrentados neste sensível momento sejam atenuados”, justifica Roseno.

O parlamentar destaca ainda se tratar de “uma categoria econômica que está muito abalada em razão da pandemia”.

O projeto de lei ainda será apreciado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, bem como nas comissões de mérito. Se aprovado nos colegiados, poderá ser pautado para votação em plenário e, se aprovado em sessão plenária, será encaminhado para veto ou sanção do governador.

(*) Com informações da AL

CGU e TCE fazem pente fino para evitar que servidores públicos recebam auxílio emergencial

A Controladoria Geral da União (CGU) fechou uma parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para identificar possíveis irregularidades nessa nova fase do pagamento do auxílio emergencial envolvendo servidores públicos estaduais e municipais. O Ministério da Cidadania intensificou, também, a operação pente fino para evitar fraudes no desembolso do benefício em 2021, a exemplo do que aconteceu no ano passado.

O TCE, de acordo com o superintendente regional da GCU no Ceará, Giovanni Pacelli, está disponibilizando as bases de dados dos servidores e empregados públicos estaduais e municipais – ativos, inativos e pensionistas – referentes ao período compreendido entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021 para cruzar as informações com o cadastro do Ministério da Cidadania e da Dataprev que faz o processamento do sistema de beneficiários do auxílio emergencial.

Segundo Giovanni Pacelli, a parceria realizada em 2020 permitiu que a identificação de potenciais irregularidades de R$ 59,1 milhões, já tendo sido devolvidos efetivamente R$ 6,1 milhões. Os últimos correspondem ao dia 31 de março. Quando são levantados outros casos de servidores públicos que receberam o auxílio de forma indevida, conforme a CGU, o valor devolvido total chega a R$ 8 milhões, 300 mil reais.

Butantan entrega 1,5 milhão de doses da CoronaVac

O Instituto Butantan entregou nesta segunda-feira 1,5 milhão de doses da CoronaVac, vacina contra covid-19 do laboratório chinês Sinovac, ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e o governador de São Paulo garantiu que o instituto cumprirá a obrigação contratual de entregar o total de 46 milhões de doses da vacina até o fim deste mês.

Com a entrega desta sexta, o Butantan chegou a 39,7 milhões de doses da CoronaVac entregues ao PNI e tanto Doria quando o presidente do Butantan, Dimas Covas, asseguraram o cumprimento do prazo, apesar do atraso na chegada do insumo farmacêutico ativo (IFA) importado da China para o envase nas instalações do Butantan.

Auxílio emergencial: prazo para recurso acaba hoje

O governo federal esperava conceder o novo auxílio emergencial para 45 milhões de pessoas, mas só aprovou o pagamento para 40,4 milhões de brasileiros até agora. Quem teve o benefício negado, mas precisa da ajuda do governo deve se apressar para pedir uma reavaliação cadastral. É que o período de contestação dos resultados do novo auxílio acaba hoje.

O pedido de reavaliação deve ser feito no Portal de Consultas da Dataprev, o mesmo utilizado pelo cidadão para saber se teve e o pagamento do novo auxílio aprovado pelo governo. Se fez a consulta e percebeu que foi considerado inelegível para o benefício, basta clicar no campo ‘Contestar’.

E o prazo para isso acaba nesta segunda-feira porque, de acordo com o Ministério da Cidadania, os brasileiros têm 10 dias corridos para reclamar administrativamente da avaliação cadastral, e os resultados dessa análise foram publicados no último dia 2.

A resposta do governo para esses brasileiros, no entanto, não deve ser tão rápida. É que, depois de recebidas as contestações, a Dataprev vai reprocessar esses cadastros.

Conversa de Bolsonaro com Kajuru é vista no STF como teatro armado para constranger magistrados

A conversa divulgada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) em que Jair Bolsonaro pede a ele que investigue também governadores e prefeitos na CPI da Covid do Senado está sendo interpretada no STF (Supremo Tribunal Federal) como um teatro armado pelos dois para constranger ministros da Corte.

Magistrados ouvidos pela coluna dizem acreditar que a conversa não teria sido espontânea, mas sim combinada previamente.

No diálogo, publicado no domingo (11), o presidente pede que Kajuru amplie o objeto de investigação da CPI —e pressione também pelo impeachment de ministros do tribunal.

Folha de S.Paulo

Bolsonaro pede a senadores impeachment de ministros do STF

Às vésperas da instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado sobre ações do governo federal na pandemia, o presidente Jair Bolsonaro pressionou o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) a ingressar com pedidos de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Em conversa por telefone divulgada pelo próprio senador, em suas redes sociais, Bolsonaro dá a entender que, se houver pedidos de impeachment contra ministros da Corte, pode ocorrer mudanças nos rumos sobre a instalação da comissão.

"Você tem de fazer do limão uma limonada. Tem de peticionar o Supremo para colocar em pauta o impeachment (de ministros) também", disse Bolsonaro ao senador. "Sabe o que eu acho que vai acontecer, eles vão recuperar tudo. Não tem CPI... não tem investigação de ninguém do Supremo", disse Bolsonaro, durante a conversa. Kajuru respondeu que já tinha entrado com pedido de afastamento do ministro do STF Alexandre de Moraes, ao que Bolsonaro respondeu: "Você é 10".

Terra

A partir desta segunda-feira, Ceará tem abertura gradual de atividades econômicas; saiba como funcionará

O Ceará dará inicio a reabertura de setores da economia, de maneira gradativa, a partir desta segunda-feira. Após um mês de lockdown em todo o estado, o Governado Camilo Santana (PT), anunciou a retomada, em transmissão ao vivo por suas redes sociais, durante o final de semana. O anúncio foi feito juntamente com o Secretário de Saúde do Estado, Dr. Cabeto, que mostrou gráficos com dados sobre a situação da Covid-19 no estado.

O secretário informou que, segundo os dados, apesar de o Ceará ainda ter altos níveis – tanto de internação, quanto de mortes – a situação está estável, com tendência de queda. Além disso, o médico avaliou que a vacinação é a medida mais efetiva no combate a doença. Os números mostraram a queda drástica no número de profissionais da saúde que precisaram de internação após tomarem as doses do imunizante.

O governador também reforçou os esforços que o estado tem feito para obter o aval de liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial da vacina russa Sputinik-V.

Em seguida, Santana anunciou quais e de que maneira alguns setores vão retornar às suas atividades e quais permanecem fechados. Entre as medidas adotadas estão:

– Autorizadas as aulas presenciais para as crianças de 4 e 5 anos e para o 1º e 2º ano do Ensino Fundamental, com limitação de 35% da capacidade de alunos por sala

– Toque de recolher rígido todos os dias, das 20h às 5h,

– O comércio de rua e serviços, envolvendo estabelecimentos fora de shoppings, funcionarão de 10h às 16h, com limitação de 25% da capacidade

– Os shoppings funcionarão de 12h às 18h, com limitação de 25% da capacidade

–  Templos religiosos poderão realizar celebrações presenciais, com limite de 10% da capacidade e as regras estabelecidas em protocolos sanitários

– Permanece proibido o funcionamento de academias, parques aquáticos, barracas de praia, cinemas, museus e teatros, públicos ou privados.

– Restaurantes de hotéis e pousadas poderão funcionar, de segunda a sexta-feira, das 16h às 20h. No sábado e domingo o horário é o mesmo sendo permitido apenas para hóspedes.

Não está restrito o funcionamento de serviços públicos essenciais; farmácias, supermercados, indústria, postos de combustíveis, hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência, laboratórios de análises clínicas, segurança privada, imprensa, meios de comunicação e funerárias.

Após passagem por Iguatu, Quixeramobim e Itapipoca, grupo de venezuelanos segue para outro estado

Na noite de quinta-feira, 8, um grupo de 39 venezuelanos refugiados desembarcou no município de Itapipoca, á 139 km de Fortaleza. O grupo seguia viagem de Quixeramobim e, antes disso, teve uma breve passagem por Iguatu e Mossoró. De acordo com Cristiane Nascimento, chefe de gabinete da prefeitura, o grupo foi abrigado numa escola municipal da cidade e na manhã deste sábado, 10, seguiu viagem em direção a Vitória, capital do Espírito Santo. 

O grupo, composto por 25 crianças e 14 adultos realizou testagem rápida e não foi identificado nenhum infectado. Antes disso, o grupo já havia sido testado em Quixeramobim. De acordo com Cristiane, que conversou com o grupo na noite de sexta, seguindo orientações da Secretaria de Proteção Social (SPS), todo o grupo estava com a documentação legalizada. A maior parte da documentação foi obtida em João Pessoa, onde os venezuelanos chegaram a passar quase um ano. A documentação portada pelos refugiados garante a permanência legal do grupo no Brasil até 2022. 

"Eles chegaram aqui em Itapipoca por acaso, mas eles nem sabiam pra onde estavam indo", conta Cristiane. "Pela conversa que tivemos com eles, ficou claro que eles querem chegar em lugares maiores, onde eles possam fazer suas apresentações no meio da rua e pedir dinheiro em troca, é assim que eles mantêm esse estilo de vida nômade", complementa. A chefe de gabinete informa que eles são indígenas e já vivem de maneira itinerante no Brasil há alguns anos de forma legal e que a maior parte deles relatou ter familiares espalhados no País." 

O POVO Online

Fantástico mostra os desafios dos profissionais de saúde para imunizar a população no Brasil

O Brasil precisa com urgência de vacinas para todos. Mas nem todo mundo faz ideia do desafio que é imunizar a população de um país gigantesco como o nosso, do tamanho de um continente.

Experiência e competência logística a gente tem. Profissionais de saúde incansáveis estão dispostos a enfrentar os maiores obstáculos pra garantir que nenhuma pessoa, por mais isolada que esteja, fique sem vacina.

“Muitas dificuldades. Mas o prazer e a satisfação de garantir a vacinação o mais rápido possível a nossa população, assim que chega os lotes em nosso município, a gente não mede esforço”, conta a enfermeira Grazielle.

São 94,5 mil heróis, profissionais da saúde destacados para a vacinação e espalhados por todo o Brasil. E muitos deles fazem um esforço de guerra pra vacinar gente em lugares de difícil acesso no país.

Veja na reportagem em vídeo:
  • Como Moisés, coordenador de imunização do subúrbio de Salvador, leva doses da vacina para idosos quilombolas – por terra e pelo mar;
  • A enfermeira Maristela enfrenta chuva e mar agitado para reforçar o time da vacinação na Bahia – e ainda a equipe fica parada por 20 minutos no meio do mar após problema no barco;
  • Como é feita a vacinação na comunidade quilombola de Bananeira, Ilha de Maré;
  • A atuação da enfermeira Ana Kalini nos desafios de vacinar idosos na zona rural de Pedra Branca (CE) - ela coloca pedras para o carro passar, abre porteiras e enfrenta boiadas;
  • A preparação da Marquelhe, que é enfermeira de Santana (AP) e enfrenta o medo para cumprir sua missão;
  • O medo da Rita, de Acopiara (CE), é a água, mas isso não a impede de entrar numa canoa furada;
  • A equipe de vacinação tirando o carro do atoleiro em Mato Grosso.
G1

CNH muda para todos os motoristas nessa segunda

Entram em vigor nesta segunda-feira, 12 de abril de 2021 as mudanças da  Lei 14.071/20 que altera 57 pontos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova lei flexibiliza punições em algumas situações, mas também tornou a legislação mais rígida em diversos outros pontos.

Dentre às alterações os motoristas profissionais são os que mais ganham com a nova mudança através de um novo sistema de pontuação que permite um total de 40 pontos acumulados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) antes de ter o direito de dirigir suspenso.

Mudanças na CNH

Nova validade

Começa a valer hoje o novo prazo de vencimento para a renovação da CNH, confira:
  • CNH com 10 anos de validade: Condutores com até 50 anos de idade vão renovar sua CNH somente a cada 10 anos;
  • CNH com 5 anos de validade: Condutores entre 50 e 70 anos de idade vão precisar renovar sua CNH a cada 5 anos;
  • CNH com 3 ano de validade: Condutores com idade superior a 70 anos precisarão renovar sua CNH a cada 3 anos.
Fique atento! Os novos prazos começam a valer a partir da próxima renovação. Por exemplo, se um motorista com 35 anos de idade tiver sua CNH vencendo este mês, será necessário realizar a renovação para então sua Carteira de Motorista ganhar a validade de 10 anos, ou seja, os prazos atuais precisam ser respeitados.

CNH

Novo pontuação

Um dos trechos que mais gerou polémica quando a  Lei 14.071/20 foi aprovada, diz respeito ao novo limite de pontos da CNH. A partir de hoje os condutores poderão atingir 40 pontos sem que necessariamente tenham o direito de dirigir suspenso, porém, existem regras para conseguir chegar aos 40 pontos sem ter a licença de motorista suspensa, veja:
  • 20 pontos: Motoristas que tiverem duas infrações gravíssimas vão ter a CNH suspensa ao atingir 20 pontos;
  • 30 pontos: Motoristas que tiverem apenas uma infração gravíssima terão a CNH suspensa ao atingir 30 pontos;
  • 40 pontos: Motoristas que não tiverem nenhuma infração gravíssima poderão acumular até 40 pontos para que então tenham sua CNH suspensa.
  • Para fins de suspensão direta, a penalização terá uma variação de dois a oito meses, caso ocorra novamente, poderá variar entre oito e dezoito meses.
Já no caso dos motoristas profissionais a regra será sempre de 40 pontos, independente da violação. Essa mudança era solicitada a muitos anos pelos motoristas profissionais, principalmente pelos caminhoneiros.

Porte da CNH

Outra mudança importante diz respeito ao porte da CNH, a partir de hoje o porte da Carteira de Motorista não é mais obrigatório desde que a fiscalização consiga comprovar em seu sistema que o motorista é habilitado e que esteja com o documento em dia.

Mudanças no processo de obtenção da CNH

No processo de obtenção da CNH dois trechos deixam de ser obrigatórios, sendo eles:
  • Aulas noturnas deixam de ser obrigatórias;

  • Caso o candidato reprove no exame teórico e prático, o período ao qual o mesmo deveria aguardar para realizar uma nova tentativa foi revogado.