sexta-feira, 25 de maio de 2018

Seleção faz treino com torcida e tumulto na entrada da Granja Comary

A última atividade aberta da Seleção Brasileira, em Teresópolis, neste período inicial de preparação para a Copa do Mundo da Rússia foi acompanhada por festa e tumulto. No início da tarde desta sexta-feira (25), durante quase duas horas, pelo menos 200 torcedores se aglomeraram no portão de acesso à Granja Comary, na expectativa de acompanhar o treino.

O portão de acesso ao condomínio – além do CT, a Granja também abriga casas – precisou ser fechado pelos seguranças e houve tentativa de invasão. O acesso só foi liberado às 15 horas.

O treino aberto à torcida não estava programado, mas havia sido sinalizado pelo coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, na última segunda. A intenção era afastar o sentimento de que a Seleção estivesse enclausurada em Teresópolis, afastada de seu torcedor.

Até a noite de quinta, a entidade não havia confirmado a atividade aberta. Mas torcedores que tentavam acessar o CT afirmaram que a segurança em frente ao condomínio informara na quarta que o treino desta sexta seria liberado ao público.

Jovem Pan 

Associação de caminhoneiros pede fim dos bloqueios nas rodovias do País

A Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam) divulgou nota hoje (25) pedindo o fim dos bloqueios de rodovias e a manutenção de manifestações pacíficas. O comunicado foi uma reação ao pronunciamento do presidente Michel Temer mais cedo, no qual informou que faria uso de forças federais para desobstruir as vias interditadas pelo protesto dos caminhoneiros.

“É lamentável saber que mesmo após tanto atraso, o presidente da República preferiu ameaçar os caminhoneiros por meio do uso das forças de segurança ao invés de atender às necessidades da categoria. Sendo assim, nos resta pedir a todos os companheiros que desobstruam as rodovias e respeitem o decreto presidencial”, disse a nota da entidade.

No texto, a associação afirmou que os caminhoneiros já mostraram sua força e defendeu que a categoria siga mobilizada em defesa da retirada do PIS/Cofins sobre o óleo diesel. A entidade também destaca que não fechou acordo com o governo e critica o governo por ter demorado a dar uma resposta às demandas apresentadas. “A culpa do caos que o país se encontra hoje é reflexo de uma manifestação tardia do presidente Michel Temer, que esperou cinco dias de paralisações intensas da categoria. Estamos desde outubro do ano passado na expectativa de sermos ouvidos pelo governo. Emitimos novo alerta no dia 14 de maio, uma semana antes de iniciarmos os protestos”, informou o comunicado.

Falta de acordo

A Abcam não aceitou o acordo fechado ontem entre o governo federal e algumas entidades de representação de caminhoneiros. A associação reiterou que só aceitaria o fim das paralisações caso houvesse publicação pelo Diário Oficial da sanção presidencial de uma lei garantindo a retirada da incidência de PIS/Cofins sobre o diesel.

(Agência Brasil)

Terceiro dos cinco mandantes da chacina das Cajazeiras é preso; dois estão foragidos

Mais um homem apontado pela polícia como um dos mandantes da chacina das Cajazeiras foi preso nesta quinta-feira (25). O suspeito é Zaqueu Oliveira da Silva (36), e estava foragido da Justiça. Ele foi capturado no Bairro Pici, após perseguição em uma operação policial. Segundo a polícia, com ele foram apreendidas droga e duas armas, incluindo uma metralhadora de fabricação alemã.

Em janeiro deste ano, 14 pessoas foram mortas na chacina no clube Forró do Gago, no Bairro Cajazeiras. A maior chacina já registrada no Ceará. Segundo as investigações, a matança foi motivada por confronto entre facções criminosas.

Zaqueu é apontado como um dos cinco mandantes das mortes no clube. Dois já se encontram presos e outros dois foragidos. Nesta quinta, a polícia havia prendido outras oito pessoas e apreendido um adolescente suspeitos de participação na chacina. Com a prisão de Zaqueu, quatro pessoas ainda seguem foragidas.

G1

Presidente do TRE do Ceará fala em seminário sobre Eleições 2018

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, participará nesta sexta-feira, às 19 horas, no anfiteatro do Bloco B, na Unifor, de seminário sobre Direito Eleitoral, para turmas de pós-graduação. A desembargadora Nailde Pinheiro abrirá o evento, que tem como tema “Os desafios da Justiça Eleitoral nas Eleições 2018”. A informação é da assessoria de imprensa do TRE.

Está programada ainda para esta sexta, às 20h30min, a palestra “A proporcionalidade como pilar do sistema sancionatório eleitoral”, com o Rodrigo Martiniano Ayres Lins, procurador-geral da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

O evento prosseguirá no sábado, das 8 às 16 horas, com palestras e debates. Dentre os temas, destacam-se “Ilicitudes via propagandas eleitorais”, com a juízas substitutas do TRE Kamile Moreira Castro e Daniela Lima da Rocha, que coordenará o Juizado Auxiliar da Propaganda Eleitoral do TRE do Ceará.

Haverá ainda palestras sobre inelegibilidades e combate a corrupção em ano eleitoral, bem como debates sobre infidelidade partidária, cláusula de desempenho e sua aplicação progressiva. Neste, uma das debatedoras é a servidora do TRE-CE, Adriana Soares Alcântara, chefe da Seção de Gerenciamento de Dados Partidários (SEDAP).

Eliomar 

'Desde quarta não chegou nenhuma mercadoria', diz presidente da associação de supermercados do Ceará

Um dos setores mais afetados pela paralisação dos caminhoneiros, os supermercados já estão sofrendo com o desabastecimento de alguns produtos, especialmente os perecíveis. Hortifrituigranjeitos, leite e derivados, carnes e massas estão entre os primeiros a faltar nas prateleiras e geladeiras.

“No meu supermercado, em um dia normal, recebo cerca de 20 caminhões de fornecedores, em outros – como véspera de fim de semana ou feriado -, recebo 60 caminhões. Desde quarta-feira (23) não chegou nenhuma mercadoria”, revela Gerardo Vieira Albuquerque, presidente da Associação Cearense de Supermercados (Acesu).

Paralisados há cinco dias, caminhoneiros de todo o país interditam estradas em protesto contra os seguidos aumentos do óleio diesel. Eles reivindicam redução de impostos sobre o preço do diesel, como PIS/Cofins e ICMS, e o fim da cobrança de pedágios dos caminhões que trafegam vazios nas rodovias federais concedidas à iniciativa privada.

Desabastecimento
E se o desabastecimento já está chegando aos produtos considerados duráveis – como enlatados – a situação se agrava quando se fala de hortifrutigranjeiros. “Os produtos que chegam à Ceasa de São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco, por exemplo, estão apodrecendo nos caminhões".

"Além disso, mesmo que a paralisação termine imediatamente, vamos continuar um tempo sem esses produtos porque os produtores vão ficar em dúvida se devem, ou não, realizar a colheita, pois ainda fica a dúvida se os produtos vão chegar ao destino”, explica o empresário.

Por causa da incerteza quanto às entregas, muitos supermercados estão limitando a quantidade de produtos por cliente. “A tendência é piorar. Não tenho esperança de que o Governo Federal e os trabalhadores entrem em algum acordo nos próximos dias. Então, se alguém estiver precisando de algum produto é melhor comprar imediatamente, porque amanhã pode não encontrar”, alerta o presidente da Acesu. 

G1

Indústria de materiais sente desabastecimento e impossibilidade de entrega

A greve dos caminhoneiros tem causado impactos na indústria de materiais de construção, que não tem conseguido receber insumos e distribuir as mercadorias.

A Mexichem Brasil, dona da Amanco, afirmou que um plano de contingência foi adotado nas sete fábricas no País de forma a não paralisar as operações. No entanto, as entregas de mercadorias aos clientes foram afetadas. Desde o início da semana, os caminhões da empresa estão parados, no aguardo da liberação das rodovias. E desde a quinta não havia mais veículos disponíveis para serem carregados. A companhia acrescentou que, após o fim da greve, serão necessários alguns dias para normalizar as operações logísticas.

A Duratex, detentora das operações de Deca, Hydra e Ceusa, também não teve parada nas unidades fabris. Apesar disso, apontou que a greve está afetando a chegada de insumos importantes para a produção dos produtos de todas as marcas da companhia, além de impossibilitar a saída de produtos das unidades do grupo. A companhia acrescentou que está trabalhando em ações para mitigar essas situações que possam impactar sua operação e a entrega aos seus clientes.

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) não fez um balanço da quantidade de unidades paradas nem dos impactos econômicos, mas admitiu que vê a greve dos caminhoneiros com muita preocupação em função do desabastecimento à indústria e à população.

Preocupada com as recentes altas nos preços dos petróleos e seus derivados e os reflexos dessas pressões, a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) encaminhou uma carta às petroquímicas alertando para os impactos negativos para a economia.

O setor de transformados plásticos tem acumulado desde o início do ano aumentos que variam de 10% a 20%, dependendo do tipo de matéria-prima. Os transformados plásticos tiveram ao longo do primeiro trimestre um incremento de 1,5% em seus preços, o que demonstra que a maior parte dos aumentos de matérias-primas estão sendo absorvidas pelas transformadoras de plástico sem horizonte de repasses considerando uma demanda que mostra sinais de retração.

Uol

Dilma bate Aécio na disputa pelo Senado

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) lidera a corrida para o Senado por Minas Gerais. A informação é da Coluna Radar, da Veja Online.

Com 24,4% das intenções de voto, Dilma bate o tucano Aécio Neves, o segundo colocado, com 21%. É o que mostra um levantamento exclusivo do Paraná Pesquisas.

De qualquer forma, se o cenário se mantiver como está, ambos garantem uma cadeira em 2019.

Aeroporto de Fortaleza opera 'em níveis de reserva', diz Fraport

O Aeroporto de Fortaleza opera com níveis de reserva de combustível e pode ter operação afetada a partir desta segunda-feira (25), segundo a Fraport, administradora do equipamento.

“Devido à greve dos caminhoneiros no Brasil, os fornecedores de combustível previstos não estão conseguindo chegar ao Fortaleza Airport”, diz nota da empresa.

Ainda de acordo com a Fraport, não há previsão de quantos voos podem ser impactados. A empresa orienta que os passageiros entrem em contato com as companhias aéreas para confirmar seus voos.

Aeroporto de Juazeiro
O combustível no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, acabou por volta das 12h30 desta sexta (25), segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

O terminal não recebe abastecimento de combustível devido à paralisação dos caminhoneiros. Segundo a Infraero qualquer avião que precisar pousar em Juazeiro do Norte tem que ter combustível para seguir viagem.

Companhias
As companhias Latam Airlines Brasil, Azul Linhas Aéreas e Gol Linhas Aéreas informaram que, até o momento, não há registro de cancelamentos ou atrasos nos voos no Ceará.

A Latam informou que devido a restrições de abastecimento de combustível provocadas pela greve dos caminhoneiros, precisou cancelar nove voos nesta sexta-feira (25) em outras regiões.

PF investiga se há prática criminosa em paralisação de caminhoneiros

A Polícia Federal (PF) instaurou uma investigação para apurar a possível prática de locaute (do inglês lock out, designa greve de trabalhadores com apoio da classe patronal) na paralisação de milhares de caminhoneiros que, desde a última segunda-feira (21), interditam parcialmente as estradas de quase todo o país. Em nota, a PF se limitou a informar que está investigando a associação para a prática de crimes contra a organização do trabalho, a segurança dos meios de transporte e outros serviços públicos.

A mobilização dos caminhoneiros vinha sendo monitorada por um gabinete de crise coordenado pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, que disse haver indícios de locaute no movimento.

Nesta sexta-feira, o presidente Michel Temer autorizou o uso de forças federais de segurança para liberar as rodovias bloqueadas caso as estradas não sejam liberadas pelos caminhoneiros.

“Quero anunciar um plano de segurança imediato para acionar as forças federais de segurança para desbloquear as estradas. Estou solicitando aos governadores que façam o mesmo. Não vamos permitir que a população fique sem os gêneros de primeira necessidade, que os hospitais fiquem sem insumos para salvar vidas e que crianças fiquem sem escolas”, disse Temer durante pronunciamento no Palácio do Planalto.

Na última quinta-feira (24), nove das 11 entidades representativas do setor de transporte assinaram um acordo com o governo federal para tentar pôr fim à paralisação. Em troca do compromisso da Petrobras de manter, pelos próximos 30 dias, o preço reduzido do óleo diesel nas refinarias e do governo estudar formas de baratear o preço dos combustíveis, as lideranças sindicais que assinaram o acordo prometeram suspender o movimento por 15 dias. A proposta, no entanto, foi recusada pela União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam) e pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam).

Em entrevista à Agência Brasil, o presidente da Abcam, José da Fonseca Lopes, disse não acreditar que os caminhoneiros retornem à normalidade nos próximos dois dias. “Este final de semana vai ser para montarmos as estratégias que adotaremos a partir de segunda-feira. Na minha visão, não vamos encerrar o movimento tão cedo.”

"Não cabe ao Congresso definir preço de combustíveis", diz Eunício

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, disse nesta sexta-feira (25) que não cabe ao Congresso definir preço de combustíveis. Evitando se posicionar sobre a continuidade das negociações para encerrar a paralisação dos caminhoneiros, o senador afirmou que as articulações foram feitas sem a participação do Legislativo, concentrando os esforços no Executivo.

“Sinceramente eu não posso fazer uma avaliação sobre uma negociação que eu não participei. Eu fui apenas, no final, ouvir os caminheiros em relação ao Congresso, ao Senado. Não há pendências em relação ao Senado para que a greve dos caminhoneiros seja resolvida. Se existem pendências com quem foi negociado, não foi com o Congresso, foi com o Executivo", disse o presidente.

Eunício também não comentou a continuidade do movimento em vários estados brasileiros, mesmo após o acordo feito com o governo.

Política de preços da Petrobras
Questionado sobre a intenção do líder do Partido dos Trabalhadores, Lindbergh Farias (RJ), de pedir que seja pautada uma proposta que regasta a política de preços da Petrobras do governo Lula, o presidente do Senado disse que todos os projetos que forem discutidos e vierem com requerimento de líderes para votação em regime de urgência para resolver a crise serão pautados, mas a decisão caberá ao plenário da Casa.

Eunício Oliveira disse que passará o fim de semana em Brasília à disposição para ajudar na solução da paralisação dos caminhoneiros.

Agência Brasil 

Trecho em frente ao Palácio da Abolição é bloqueado

O trecho da Avenida Barão de Studart em frente ao Palácio da Abolição, sede do Governo do Estado do Ceará, foi bloqueado na tarde desta sexta-feira (25). Motoristas de caminhão e aplicativos agendaram para esta tarde um protesto no local contra o valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O imposto incide sobre o preço dos combustíveis.

Os profissionais realizam desde a manhã desta sexta um protesto pelas ruas de Fortaleza. Com o bloqueio, os manifestantes foram impedidos de chegar ao Palácio da Abolição.

De acordo com o representante da Associação das Empresas Locadoras de Máquinas e Prestadoras de Servidores do Ceará, Thiago Gomes, a manifestação iniciou por volta das 9h30 e cerca de 70 veículos participam do ato que percorrerá as principais ruas e avenidas da capital. Segundo Thiago o ato terminará em frente ao Palácio da Abolição, no Bairro Aldeota.

“Além desse problema do combustível que está no limite nós protestamos contra o alto valor do ICMS que o Governo do Ceará nos cobra no momento. O maior valor cobrado no Nordeste, cerca de 29%”, afirmou.

Globo

Solidariedade fecha com Camilo, mas libera Heitor Férrer e seu discurso de oposição

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) está livre para voar em termos de sucessão governamental. Reunido com o presidente estadual do partido, deputado federal Genecias Noronha, ele informa o que ficou decidido, depois que a legenda resolveu aderir à campanha pró-reeleição do governador Camilo Santana:

“Continuarei na oposição ao governo de Camilo e ao grupo político dos Ferreira Gomes. Portanto, não apoiarei a reeleição do atual governador e nem apoiarei qualquer candidatura dos Ferreira Gomes ou de seus candidatos”.

Bom lembrar que Heitor já saiu do PDT justamente porque os Ferreira Gomes ingressavam na legenda.

O POVO 

Paralisação dos Caminhoneiros – OAB adia Exame de Ordem deste domingo

A segunda fase do XXV Exame de Ordem Unificado, marcada para este domingo (27/5), foi suspensa devido ao protesto de caminhoneiros e ao bloqueio de rodovias.

A coordenação responsável pelo exame concluiu que não haveria condições de entregar e aplicar as provas “de forma uniforme, com segurança, sigilo e eficiência em todo o território nacional”, conforme nota publicada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

DETALHE – A nova data ainda não foi divulgada. A coordenação diz que os inscritos serão informados sobre o novo cronograma.

Eliomar de Lima 

Protestos contra aumento de combustível se ampliam e atingem vias de Fortaleza

O quinto dia seguido de protestos contra o aumento do combustível foi ampliado e atingiu também ruas, rodovias e avenidas dentro de Fortaleza. Durante a manhã desta sexta-feira (25), motoristas realizaram manifestações no quilômetro 3 da rodovia BR-116, na Avenida Mister Hull, no Bairro Tabapuá e ao longo da Avenida Washington Soares.

Além desses pontos, caminhoneiros fecharam 15 trechos de rodovias federais que cortam o estado. Os caminhoneiros protestam contra o aumento do preço do diesel e também pedem um reajuste nos valores dos fretes.

Por volta das 10h40, motoristas de aplicativos e de veículos de passeio fecharam a BR-116 nas proximidades do Bairro Aerolândia, no sentido Interior-Centro de Fortaleza. Eles pararam os veículos na pista e bloquearam duas faixas. Um congestionamento de cerca de 5 km se formou na via, conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

G1

Temer autoriza uso de forças federais para desbloquear rodovias

O governo federal autorizou o uso de forças federais de segurança para liberar as rodovias bloqueadas pelos caminhoneiros caso as estradas não sejam desbloqueadas pelo movimento. O anúncio foi feito há pouco pelo presidente Michel Temer, em pronunciamento no Palácio do Planalto. A decisão foi tomada após reunião no Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que contou com a participação de ministros e do presidente.

"Quero anunciar um plano de segurança imeadiato para acionar as forças federais de segurança para desbloquear as estradas e estou solicitando aos governadores que façam o mesmo. Não vamos permitir que a população fiquem sem os gêneros de primeira necessidade, que os hospitais fiquem sem insumos para salvar vidas e crianças fiquem sem escolas. Quem bloqueia estradas de maneira radical será responsabilizado. O governo teve a coragem de dialogar, agora terá coragem de usar sua autoridade em defesa do povo brasileiro."

Ontem (24), os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Eduardo Guardia (Fazenda) e Carlos Marun (Secretaria de Governo) anunciaram acordo para suspensão dos protestos da categoria por 15 dias, quando as partes voltarão a se reunir.

Hoje (25), no entanto, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que ainda não registra desmobilização de pontos de manifestação de caminhoneiros nas rodovias do país. O ministro Eliseu Padilha disse também nesta sexta-feira que o governo confia no cumprimento do acordo firmado ontem com as lideranças do movimento.

A decisão de suspender a paralisação, porém, não é unânime. Das 11 entidades do setor de transporte, em sua maioria caminhoneiros, que participaram do encontro, duas delas, a União Nacional dos Caminhoneiros (Unicam) e a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), que representa 700 mil trabalhadores, recusaram a proposta.

Hoje a Abcam divulgou nota na qual afirma que, ao contrário de outras entidades, "que se dizem representantes da categoria, a Abcam, não trairá os caminhoneiros". "Continuaremos firmes com pedido inicial: isenção da alíquota PIS/Cofins sobre o diesel, publicada no Diário Oficial da União", diz o texto.

Agência Brasil 

TSE define regras de distribuição do fundo público para campanhas eleitorais

As regras de distribuição do fundo público que vai financiar as campanhas eleitorais deste ano foram definidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Fundo vai ter R$1,7 bilhão vindo do orçamento da União, valor aprovado no ano passado pelo Congresso.

Apenas 2% desse montante vai ser dividido igualmente entre os partidos. 35% vão ser repassados de acordo com o percentual de votos que cada partido conseguiu para a Câmara dos Deputados em 2014; já 48% são distribuídos na proporção do tamanho das bancadas na Câmara, enquanto 5% são divididos na proporção das bancadas do Senado.

O presidente do TSE, ministro Luiz Fux, chamou atenção que nessa proporção, vão ser levadas em conta as bancadas no dia 28 de agosto do ano passado. O TSE também confirmou que no mínimo 30% do valor disponível para cada partido devem ser aplicados em campanhas de mulheres.

Fora isso, cada legenda vai poder definir internamente os critérios de distribuição. Eles devem ser aprovados pela maioria da Executiva Nacional da sigla e publicados nos sites oficiais. Só aí o valor fica disponível para ser gasto. Além do fundo público, as eleições deste ano vão ser financiadas com doações por pessoas físicas.

Jovem Pan 

Com dois latrocínios nas últimas horas, Ceará ultrapassa 2 mil assassinatos em 2018

Dezoito pessoas foram assassinadas nas últimas 24 horas em todo o estado do Ceará. Foram 16 casos de homicídios na quinta-feira (24) e dois latrocínios (roubos seguidos de morte) entre a madrugada e o começo da manhã de hoje (25). Com isso, o Ceará ultrapassa neste 25 de maio a marca de dois mil Crimes Violentos, Letais e Intencionais em menos de cinco meses completos de 2018. 

Nas últimas 24 horas, foram sete pessoas mortas em Fortaleza (cinco na quinta-feira e duas hoje), três na Região Metropolitana e mais oito no interior, sendo quatro no Norte e outras quatro no Sul.

Ceará News 

Aeroporto de Brasília fica sem reserva de combustível e cancela voos nacionais e internacionais

O aeroporto de Brasília informou que a reserva de combustível se esgotou nesta sexta-feira (25). De acordo com a Inframerica, que controla o terminal, as reservas entraram em estado crítico. Com isso, todos os voos que pousarem em Brasília e que precisem de abastecimento ficarão em solo até o fornecimento de combustível ser normalizado.

Ainda segundo a Inframerica, a única alternativa é o avião pousar com capacidade para decolar sem a necessidade de abastecimento no terminal. A situação, ainda assim, não implica o fechamento do aeroporto.

A orientação é que os passageiros que tenham viagem marcada confirmem o status do voo com a companhia. "A Inframerica está em contado direto com todos os órgãos competentes e players da aviação civil para buscar soluções, organizar a logística do Terminal e tentar trazer os caminhões de combustível para o Aeroporto."

Sindipostos alerta para risco de falta de combustível no CE; alguns postos já estão sem gasolina

A greve dos caminhoneiros pode afetar o abastecimento da maioria dos postos no Ceará até esta sexta-feira (25), alertou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Ceará (Sindipostos), Manoel Novaes Neto.

Desde segunda-feira (21), caminhoneiros bloqueiam rodovias no país em protesto contra o preço do diesel. Nesta quinta-feira, houve protesto no Distrito Federal e 25 estados.

Na noite desta quinta-feira, já há falta de combustível em Fortaleza e em cidades do interior do Ceará.

De acordo com ele, alguns postos foram reabastecidos na quarta-feira (23) com saídas da unidade de distribuição do Porto do Mucuripe, em Fortaleza. Porém, o local foi bloqueado nesta quinta-feira (24) por caminhoneiros e motoristas de aplicativos que aderiram ao protesto contra o aumento do preço dos combustíveis.

Boca no trombone: alunos da escola da vila Escuro, em Acopiara reclamam do matagal invadindo o estabelecimento

Os alunos da escola da rede municipal de ensino José Leandro Correia, da vila Escuro, em Acopiara entraram em contato com o blog para denunciar que o mato está tomando conta do estabelecimento e a Prefeitura nada faz para limpar a área. 

É comum, o aparecimento de cobras e outros bichos que representam verdadeiro perigo para os estudantes e servidores da unidade. Com a palavra a Secretaria da Educação de Acopiara.

Ministro do TSE revê voto e admite discutir candidatura de um réu condenado

Prédio do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília
O ministro Napoleão Maia Filho, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), reviu seu voto e decidiu admitir a discussão sobre a possibilidade de um réu condenado ser candidato a presidente da República.

SINAL AMARELO

Ele tinha negado o debate afirmando que era evidente que a consulta, apresentada por um deputado do DEM, dizia respeito a Lula —o tribunal só pode, agora, discutir teses e não casos concretos de possíveis candidaturas que só serão oficializadas em agosto. Mas outros magistrados apelaram, e ele mudou o entendimento.

SINAL VERMELHO

Com a mudança, a questão será levada por Maia ao plenário do TSE só na terça (29). A aposta é que a afirmação de que um condenado não pode concorrer será aprovada por unanimidade, antecipando, na prática, o veredicto sobre a candidatura do petista.

PASSO ALÉM

Há uma articulação para que, logo depois, o MPF (Ministério Público Federal) peça uma tutela cautelar afirmando que o réu não poderia nem sequer pedir registro no TSE —como pretende fazer o PT no caso de Lula.

Folha de S.Paulo

Mesmo com acordo, caminhoneiros prosseguem os bloqueios

O quinto dia seguido de manifestações de caminhoneiros começa com trânsito lento. O número de impedimentos aumentou e já são 13 trechos bloqueados nas estradas do Estado. O mais recente começou nesta manhã, às 6h30min, no km 5 da BR-222, na altura do Tabapuá, em Caucaia.

Os relatos são de congestionamento intenso.

Interdição total ocorreu no sentido Fortaleza, com desvio pelo bairro Potira. Quem vai no sentido Caucaia/Fortaleza encontrou dificuldades para passar pelos bloqueios. Logo após passar da Lagoa do Tabapuá, o fluxo melhora. Uma pequena faixa está liberando a passagem.

A Polícia Rodoviária Federal está no local dando orientações. A fila de carros é extensa. Na av. Mister Hull, o relato de lentidão é o mesmo.

O POVO 

Mercado vê governo fragilizado por causa da greve dos caminhoneiros

As reações do governo e do Congresso ao levante dos caminhoneiros surpreenderam analistas do mercado, que viram alguns de seus principais interlocutores se mostrarem incapazes de administrar a crise. O Planalto, avaliam, evidenciou seu esfacelamento político e arrastou a Petrobras para perto do cadafalso. Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) virou meme em grupos de investidores após subestimar em R$ 8 bilhões o impacto do projeto que tirou da cartola em aceno a grevistas.

O erro de Maia na votação de texto que zeraria alíquotas do Pis/Cofins foi alvo de críticas até de correligionários. Entre investidores, o democrata, que por meses percorreu bancos e corretoras pregando austeridade e agenda liberal, foi chamado de “vereador federal”, numa menção ao seu apequenamento.

Sem garantia de que a greve será encerrada, o governo vai centrar forças em alardear os termos do acordo para desmobilizar o maior número possível de manifestantes —e especialmente as transportadoras.

Mulher é morta após reagir a assalto em Fortaleza

Uma mulher morreu na manhã desta sexta-feira (25) depois de reagir a um assalto na Avenida Francisco Sá, no Bairro Álvaro Weyne, em Fortaleza.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu próximo ao Grêmio dos Ferroviários por volta das 5h40. A idade da vítima não foi divulgada pela polícia. A Polícia Militar e a Perícia Forense do Ceará estão no local.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

G1

IGUATU: Congresso do Cosems debate gestão e planejamento no SUS

Iguatu sedia o XVII Congresso do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) do Ceará. O evento foi aberto oficialmente na noite desta quarta-feira, no auditório do Campus Multi-institucional Humberto Teixeira, reunindo participantes de mais de 100 cidades. Neste ano, o evento tem como tema central ‘Gestão e planejamento no SUS’.
O secretário de Saúde de Iguatu, Marcelo Sobreira, disse que era um desafio para o município sediar pela primeira vez o Congresso do Cosems. “Vai ser um evento histórico, importante, por troca de experiências, debates importantes e apresentação de trabalhos exitosos”, pontuou.

A representante da secretaria de Saúde do Estado (Sesa), Isabel Cristina Mota, observou que o Congresso a cada ano está melhor e observou a necessidade dos municípios terem planejamento e boa gestão. “É preciso buscar a eficiência”, disse.

O vice-prefeito de Iguatu, Marcos Sobreira, observou que de um modo geral a pasta mais criticada é a da Saúde e que não é fácil fazer as ações mediante a escassez de recursos.

O presidente do Congresso, Josete Tavares, abriu oficialmente o evento e destacou a importância da discussão dos temas ligados ao SUS e a mobilização dos secretários.

O secretário de Saúde do Estado do Paraná, Antônio Carlos Figueiredo Nardi, em palestra magna frisou que o principal é o planejamento nas gestões públicas de Saúde. “Temos de definir o caminho que queremos, onde pretendemos chegar”, observou. “Sem planejamento não podemos ter uma gestão eficiente”.
Foram homenageados com a entrega da Medalha Dower Cavalcante as seguintes entidades e personalidades: Escola de Saúde Pública de Iguatu, representada pela enfermeira Vanda Lúcia Teixeira, Antônio Carlos Figueiredo Nardi (secretário de Saúde do Estado do Paraná), e a deputada estadual, Miriam Sobreira.
Ao final da noite houve show com a dupla Ítalo e Reno, na quadra esportiva do campus multi-institucional, Humberto Teixeira.

Morte de estudante em Iguatu está relacionada com rituais de magia negra, diz delegado

Os moradores da cidade de Iguatu estão chocados com a morte do estudante, Jheyenderson de Oliveira Xavier,conhecido por Jhey, 25 anos, cujo corpo foi encontrado nesta quarta-feira, 23, em uma cova escavada em um matagal, no sítio Canto, no distrito de Suassurana, zona rural do município.

Dois homens foram presos em flagrante acusados de participação direta no homicídio do estudante, ocultação de cadáver e posse ilegal de arma de fogo: Roberto Alves da Silva, 41 anos, e Gleudson Dantas Barros, 30 anos.
Para o delegado de Polícia Civil de Iguatu, Wesley Alves, a motivação do crime está relacionada com rituais de magia negra. “Essa é a nossa principal linha de investigação”, frisou. “Na casa dos acusados, encontramos vários livros de magia negra e ocultismo, um revólver calibre 38 municiado, duas cápsulas calibre 38 deflagradas, o aparelho celular da vítima, esculturas de entidades relacionadas ao ocultismo, um crânio humano, além de outros objetos relacionados a rituais satânicos”, pontuou Alves.
Desaparecido

Na sexta-feira passada Jhey desapareceu. A população iguatuense realizou manifestações nas redes sociais, a fim de divulgar a foto do jovem e a família procurou a Polícia para registrar o fato. Parentes realizaram buscas na cadeia, IML e hospitais e buscaram informações em empresas de ônibus. A mobilização continuou até esta quarta-feira, 23.

A equipe de investigação da Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu nesta quarta-feira (23) após diligências e por de informações anônimas, localizou o corpo do jovem, enterrado em uma cova com mais de um metro de profundidade e distante cerca de 10 metros da casa dos acusados.

“Os dois acusados são praticantes de rituais de magia negra”, reforçou o delegado regional, Jeffirson Pereira. Os acusados estão presos na Cadeia Pública de Iguatu.

Repercussão

A morte do estudante do curso de Serviço Social do Instituto Federal de Educação (IFCE), campus de Iguatu, obteve ampla repercussão na região Centro-Sul cearense. O corpo dele foi enterrado nesta quarta-feira, 23, à noite no cemitério Parque da Saudade, em Iguatu.

Jhey Oliveira integrava o movimento Levante Popular da Juventude – Ceará, desde 2013. A entidade divulgou nota afirmando que ‘Jhey nunca abriu mão de lutar em defesa da juventude brasileira, pelo fim de todas as opressões, de preconceitos e em especial a população LGBT’.

O campus do IFCE em Iguatu suspendeu as aulas nesta quarta-feira, 23, e também divulgou nota de pesar sobre a morte do estudante, prestando solidariedade à família e aos colegas de curso.
Nas redes sociais, no Facebook houve várias manifestações, mensagens de solidariedade e de apoio à luta do jovem assassinado.

O padre João Batista Gonçalves, pároco da Igreja Matriz de Nossa do Perpétuo Socorro, no Prado, em Iguatu, e psicólogo clínico, divulgou nota analisando o crime:

“O rapaz assassinado era homossexual e militante do movimento LGBT. Na vida de tantos jovens com este perfil, a cultura e a sociedade preconceituosas, também perpassadas por contextos familiares e comunitários de exclusão e fundamentalismos religiosos, desenvolvem posturas tantas vezes excludentes e geradoras de precariedade e vulnerabilidade psicológica nestes que já sofrem tanto com as crises pessoais de identidade.

Muitos não entendem que o sofrimento empurra jovens assim cada vez mais para “a margem” e os torna expostos a grupos e pessoas exploradoras e abusadoras. Até chegarem a situações trágicas como esta que vimos hoje. O assassinato de mais um jovem, com requintes de crueldade e estranheza que nos assustam tanto, nos fazem pensar na suposta loucura nos atos dos envolvidos.

Precisamos nos perguntar: o que temos feito para criar uma rede de cuidado e proteção social e emocional para esses nossos adolescentes e jovens, tantas vezes inseguros e presas fáceis desses contextos dramáticos?

Diário Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Greve de professores em Lavras da Mangabeira é por tempo indeterminado

Os professores da rede municipal de Lavras da Mangabeira estão em greve e protestam pelas ruas da cidade contra projeto encaminhado pelo Executivo que retira direitos da categoria. “Motivos para aderir a greve o professor tem até demais, infelizmente”, frisou o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Erivaldo Abrahão.

No último dia 22, a categoria apresentou por meio do sindicato noção de repúdio contra o Legislativo e o Executivo.

O movimento grevista explica que o projeto aprovado pela Câmara dos Vereadores concede o reajuste do piso salarial dos professores, mas sem prever pagamento de retroativos referentes aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. Outra alteração importante foi feita no Plano de Cargo e Carreira do Professor, a partir da redução de gratificações referentes a graduação e a pós-graduação.

O índice de reajuste da graduação que antes era em torno de 15% passou a valer somente 8%, já da pós-graduação que antes era 8% passou para 10%. “As gratificações não se acumulam e ocorre queda salarial”, explicou o professor George Souza Morais. “Esses novos valores não se acumulam mais, não se faz mais a somatória de 15%+8%, por exemplo, como era feita na tabela anterior, agora ou são apenas 8% ou são apenas 10%”.

Para os docentes, a administração concedeu o reajuste do piso, mas reduziu salário ao mesmo tempo, por meio do projeto de lei aprovado na Câmara. Os professores veteranos graduados vão ganhar os 6% do piso, porém seus salários diminuirão em torno de 7% de acordo com a nova tabela, já os pós graduados que tinham em seus salários gratificação de 23% (15%+8%) ganharão o piso de 6%, mas terão outros 13% reduzidos de seus salários.

De acordo com o sindicato, os professores novatos do concurso de 2014 não irão receber retroativo nenhum, e irão deixar de ganhar o que até ontem era um direito garantido da classe de professores da rede municipal de ensino.

A Prefeitura de Lavras da Mangabeira alega dificuldades financeiras, falta de recursos,para o pagamento da folha salarial dos professores com os reajustes reclamados pelos docentes.

Protesto

Os professores voltaram às ruas da cidade de Lavras da Mangabeira para protestar, conduzindo faixas e cartazes. “Na prática, o prefeito está tirando mais do que dando”, disse Morais. “A mudança prejudicou todos os professores”.

O Sindicato dos Servidores Municipais de Lavras da Mangabeira reclama da falta de diálogo por parte do prefeito, Ildesser Alencar Lopes. “Já encaminhamos vários ofícios para reunião, mas não obtivemos respostas”, pontuou Morais.

Em Lavras da Mangabeira, o salário médio de um docente graduado era de R$ 2.298,00 e com o reajuste de 6,81% foi para R$ 2.454, 49.

DN Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Aumenta a pressão pela saída de Pedro Parente do comando da Petrobras

Ficam mais fortes as pressões políticas para demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente. Deputados e senadores da base governista entendem que é uma boa sinalização para acabar com a greve dos caminhoneiros e das empresas de transporte.

A redução do preço do diesel já foi entendido na Petrobras como um recuo da empresa na gestão que seria independente e isso provocou a queda nos preços das ações da empresa.O tombo nas ações é de 13% já que o mercado entendeu que o governo voltaria a interferir na política de preços dos combustíveis.

Além do vice-presidente do Senado, senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o presidente do solidariedade, o deputado Paulinho da Força (SD), sugeriu também a demissão de Pedro Parente.
Olha eles exterminaram q que a base governista no Congresso defende com muita insistência, mas nos bastidores.

Jovem Pan 

Estudantes têm até hoje para renovar contratos do Fies

Hoje (25) é o último dia para renovar o contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre deste ano. Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), cerca de 1,1 milhão de financiamentos devem ser renovados.

Os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre. O pedido é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet, no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies).

No caso das renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro – Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal – para concluir o processo. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Os estudantes que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies, que tem diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

(Agência Brasil)

Camilo entrega primeira Areninha de Juazeiro do Norte

O governador Camilo Santana (PT), ao lado do prefeito José Arnon Bezerra (PTB), vai entregar,neste sábado, a primeira Areninha de Juazeiro do Norte (Região do Cariri). A obra está em fase final de ajustes e fica localizada na Praça Teodoro de Jesus Germano, na Avenida Humberto Bezerra, s/n, no bairro Timbaúbas.

Essa Areninha é um investimento de R$ 2.160,000, sendo 80% do valor de responsabilidade do Governo do Estado e 20% da Prefeitura Juazeirense.

O projeto contempla, em sua estrutura, campo sintético, banco de reservas, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para material esportivo, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação.

Eliomar 

Corinthians erra o alvo, vê pintura de rival e perde na estreia de Loss

O Corinthians não teve um mau desempenho na noite desta quinta-feira, mas ficou longe de dar ao seu torcedor o resultado que desejava. Depois de perder muitos gols, parando tanto na falta de precisão do ataque quanto em boas defesas do goleiro Faríñez, o Alvinegro viu Carillo, na metade do segundo tempo, acertar um lindo chute, no ângulo de Walter, decretando o triunfo do Millonarios na Arena Corinthians.

Apesar do resultado, o Timão se manteve na primeira posição do Grupo 7, com um saldo superior ao do Independiente, dono dos mesmos 10 pontos (6 a 2). O problema é que o time ficou apenas na sexta posição entre os primeiros colocados da competição, diminuindo a chance de decidir em casa os mata-matas. O sorteio para saber o adversário será no dia 4 de junho, na sede da Conmebol.

Na outra partida do grupo, o Independiente conseguiu uma vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, chegou aos dez pontos e sacramentou a sua classificação à próxima fase. O primeiro saiu na parte final do primeiro tempo, quando Benítez bateu escanteio, a bola saiu baixa e o goleiro Salazar falhou na tentativa de afastar, mandando para a própria meta. Na etapa final, com um a mais, os argentinos fecharam o placar com o centroavante Gigliotti.

Os comandados de Osmar Loss agora dão um tempo na disputa da Libertadores da América, que só será retomada no próximo semestre, depois da Copa do Mundo. Antes do Mundial, o Alvinegro terá pela frente seis rodadas do Campeonato Brasileiro, sendo a primeira delas o duelo contra o Internacional, às 16h (de Brasília) do domingo, no Beira-Rio.

Gazeta 

Caminhoneiros seguem com bloqueios em protesto nas rodovias do Ceará pelo 5º dia consecutivo

O protesto dos caminhoneiros nas rodovias do Ceará chegou ao 5º dia seguido nesta sexta-feira (25). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 13 trechos estão bloqueados no estado, até as 7h13. O Governo Federal anunciou uma proposta de acordo com entidades que representam os caminhoneiros, mas a paralisação segue ocorrendo.

Os caminhoneiros fecharam as vias desde segunda-feira (21) em diversas cidades do estado. Os profissionais protestam contra o valor do diesel e também reivindicam um reajuste nos preços dos fretes. Além dos caminhoneiros, motoristas de aplicativo também protestam fechando o acesso ao centro de distribuição de combustível no cais do Porto do Mucuripe, em Fortaleza. Há protestos também de motoristas nas ruas de Fortaleza. 

Ceará é o terceiro estado com maior cobertura contra a Influenza

O Ceará é o terceiro estado que mais vacinou contra a gripe Influenza em um mês de campanha. Segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), mais de 80% da população-alvo foi vacinada e 47 municípios com a meta mínima de 90% de cobertura foram atingidos.

Iniciada em 20 de abril, a campanha tem como meta de cobertura vacinal mais de dois milhões de habitantes. No total, o Ceará já vacinou 1.529.804 pessoas. De acordo com a Sesa, até o encerramento da campanha, em 1º de junho, mais de 2.286.637 devem estar imunizadas.

Até a tarde desta quinta-feira (24), 403.498 crianças, 164.775 trabalhadores da saúde, 68.415 gestantes, 14.373 puérperas, 20.250 indígenas, 747.031 idosos e 115.297 professores foram vacinados, segundo levantamento da secretaria.

Além desses, também receberam vacina 4.445 pessoas privadas de liberdade, 6.707 funcionários do sistema prisional e 320.036 pessoas com comorbidades.

Grupos prioritários
Entre os grupos populacionais prioritários, trabalhadores da saúde, puérperas e professores já alcançaram a cobertura vacinal mínima estabelecida pelo Ministério das Saúde.

Nos demais grupos também com prioridade, as coberturas vacinais estão em 70,47% entre as crianças menores de 5 anos, 72,24% entre as gestantes, 77,95% entre os indígenas e 80,71% entre os idosos. A campanha prossegue até o dia 1° de junho.

Globo 

Justiça do Ceará autoriza uso de medidas para reintegração de posse de estradas

A Justiça Federal determinou nesta quinta-feira (24) a adoção de medidas para "reintegração de posse" das estradas federais no estado. Com a decisão liminar, o poder público pode fazer uso de força para a retirada de caminhoneiros que ocupam trechos de estradas federais em protesto contra o aumento no preço dos combustíveis. O pedido foi feito pela Advocacia-Geral da União (AGU).

A decisão também estabelece multa de R$ 10 mil por pessoa física participante das manifestações de ocupação das vias.

Com a paralisação dos caminhoneiros, vários serviços ficaram comprometidos em todo o Brasil. No Ceará, voos foram cancelados no aeroporto de Juazeiro do Norte, produtos na Ceasa tiveram alta nos preços devido ao baixo estoque, e parte dos postos estão sem combustível.

G1

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Cresce o apoio político ao deputado estadual Dr. Sarto em Quixelô (CE)

E quem têm motivos de sobra para comemorar é o deputado estadual Dr. Sarto (PDT). Ele recebeu no seu gabinete lideranças políticas de Quixelô (CE), dentre elas, o ex-vereador Samuel Araújo, o empresário Gessimar e os integrantes do Rede, Sávio Cabral, José do Acampamento e Gilson Venuto que declararam apoio ao politico. 
O deputado estadual Dr. Sarto deve concorrer a reeleição para continuar representando o povo no centro sul do Ceará na Assembleia Legislativa. 

Em áudio vazado, ministros do STF classificam greve de caminhoneiros como 'absurdo'

gilmar mendes
Em conversa privada, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello e Gilmar Mendes reclamaram da greve dos caminhoneiros que paralisa as estradas do país há quatro dias.

Durante a sessão desta quinta-feira (24), enquanto votavam para reconduzir Rosa Weber ao segundo biênio no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Celso e Gilmar conversaram em tom de voz baixo.

No entanto, os microfones estavam ligados e parte do diálogo foi transmitida.

"Que crise hein? Guiomar está na rua agora, está impossível...", disse Gilmar, em referência à sua mulher, Guiomar Mendes.

"É um absurdo, quer dizer, faz-nos reféns. Tudo bem que possam até ter razão aqui ou ali, mas é um absurdo", interrompe Celso de Mello, o mais antigo da corte.

"Minha filha está vindo de São Paulo", continua Celso.

O áudio então é cortado.

Os caminhoneiros fazem bloqueios em rodovias federais em 22 estados e no Distrito Federalpara protestar contra o custo do diesel. O preço do petróleo subiu e a Petrobras repassa as flutuações nas cotações internacionais às refinarias.

Nesta quarta-feira, Pedro Parente, presidente da Petrobras, disse que reduziria o preço do diesel em 10% por 15 dias.

Nesta quinta, representantes da Abcam (Associação Brasileira de Caminhoneiros) e de outros grupos de grevistas se reuniram com o governo, mas o encontro não resultou no fim das manifestações.

A Abcam, que representa 700 mil caminhoneiros, quer continuar com a manifestação até a isenção de impostos se transformar em lei. Outros representantes do setor, porém, discordaram e aceitaram parar com as manifestações.

Folhapress

Servidores ligados a Prefeitura de Acopiara que recebem pela cooperativa foram orientados a ficarem em casa. Município está sendo fiscalizado por técnicos do TCE

Os técnicos do Tribunal de Contas dos Municípios estão fiscalizando os gastos da Prefeitura Municipal de Acopiara. 

Os servidores que recebem seus míseros salários através da Cooperativa foram orientados a ficarem em casa. Por que prefeito? Dolorosa interrogação. 

Dois voos são cancelados em Juazeiro do Norte por conta da greve dos caminhoneiros

azul
A empresa Azul Linhas Aéreas Brasileirasanunciou em seu site oficial o cancelamento de 15 voos em várias regiões do País, destas duas em Juazeiro do Norte. Em nota, a companhia aérea confirma que a greve dos caminhoneiros impediu o fornecimento de combustível para os aeroportos e, consequentemente, o abastecimento de aeronaves.

Os voos AD2930, partiria 18h de Recife com previsão para chegar às 19h35 à Juazeiro do Norte, enquanto o voo AD2931, sairia da terra do Padre Cícero às 20h15 com chegada prevista para às 21h45 na capital pernambucana.

"Tivemos que realizar alguns cancelamentos em nossas operações. Entretanto, nossa equipe segue trabalhando para mantê-las normalizadas", diz no informativo.

A companhia disponibiliza a remarcação de bilhetes sem custo para clientes com voos programados até o dia 31 de maio e que desejem optar por datas alternativas à sua programação. As remarcações devem ser realizadas pela central de atendimento, nos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800-887-1118 (demais localidades).

DN Online

Acidente de trânsito registrado na vila Esperança, em Acopiara deixa professora gravemente ferida

Um acidente de trânsito registrado há poucos instantes na vila Esperança, próximo ao posto de combustível, em Acopiara, feriu gravemente uma professora identificada apenas como Eliane do Pinto. 

Ela trafegava numa motocicleta quando foi colhida por um veículo placa não divulgada. Segundo informações, a vítima teria fraturado o braço e uma perna. 

O SAMU foi acionado para prestar socorro. A polícia esteve no local adotando as medidas cabíveis. 

Avião da FAB cai no Rio; pilotos conseguem se ejetar e sobrevivem

TVUOL
Um avião F5 da FAB (Força Aérea Brasileira) sofreu uma pane na manhã desta quinta-feira (24) e caiu na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Segundo a Aeronáutica, os dois pilotos conseguiram se ejetar da aeronave antes da queda e sobreviveram.

A pane ocorreu depois de o avião decolar da Ala 12 da Base Aérea de Santa Cruz, por volta das 7h40.

Os sobreviventes foram socorridos e encaminhados para uma unidade de saúde da FAB, onde estão recebendo cuidados médicos. Não foram divulgados detalhes sobre o estado de saúde.

Vídeo feito por um morador e divulgado nas redes sociais mostra o local em que o piloto caiu após a ejeção (veja abaixo). Nas imagens, é possível observar que ele está lúcido e consciente. O militar chega, inclusive, a conversar com o autor do vídeo.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que a aeronave caiu nas proximidades da rodovia Rio-Santos (BR-101), próximo à Cidade das Crianças, mas não chegou a atingir a rodovia.

Equipes realizam buscas na região para recolhimento de material para perícia, segundo informou a Aeronáutica.

Uol

Ceará terá temperatura mais baixa, tempo nublado e chance de chuva até sexta

A sensação de temperaturas mais amenas observadas na madrugada desta quinta-feira (24), principalmente no litoral do Ceará, deve se prolongar ao longo do dia. Conforme previsão da Fundação de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o estado terá predomínio de céu nublado com eventos de chuva na faixa litorânea, na serra da Ibiapaba e no Maciço de Baturité.

Como já foi observado nas primeiras horas desta quinta, municípios da macrorregião do Litoral do Pecém e de Fortaleza vêm registrando chuvas, mesmo que de baixa intensidade.

O cenário deve ser semelhante no período da tarde, com a expansão da nebulosidade ao longo da Serra da Ibiapaba e do Maciço de Baturité. Nas demais áreas, o céu ficará parcialmente nublado, isto é, com áreas encobertas de nuvens e outras não. Já à noite, há possibilidade de eventos de precipitações nas áreas citadas, considerando maiores acumulados no litoral. Para esta sexta-feira (25), a previsão é semelhante.

Em Brasília, só pousa quem tiver combustível para decolar

A Inframérica, concessionária que administra o aeroporto de Brasília, informou, nesta quinta (24), que só pousarão no local aeronaves que tenham capacidade de decolar sem necessidade de reabastecimento.

A medida se deve ao terceiro dia de racionamento de combustível no aeródromo, devido à greve dos caminhoneiros. Segundo a Inframérica, ainda não houve nenhum cancelamento de voos programados, mas as companhias aéreas estão revendo suas grades.

O querosene de aviação em estoque garante operações normais até as 17h. Os caminhões que abastecem o aeroporto estão retidos em regiões do entorno do Distrito Federal. Em situação normal, 20 caminhões atendem diariamente o local. Desde terça (22), apenas 9 conseguiram chegar.

Brasília é o terceiro terminal mais movimentado do Brasil e, por sua posição central, é o maior centro de conexões do país.

Pela manhã, o movimento no aeroporto de Brasília estava tranquilo. Funcionários das empresas aéreas respondiam a dúvidas de passageiros sobre se a greve de caminhoneiros estava afetando decolagens e aterrissagens, mas tudo ocorria com normalidade.

Folha de S.Paulo

Oito são presos suspeitos de invadir clube e matar 14 pessoas em Fortaleza

Oito pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido suspeitos de participação na chacina das Cajazeiras, como ficou conhecida a maior matança já registrada no Ceará. Outros cinco suspeitos estão foragidos. O bando invadiu a casa de show "Forró do Gago" e disparou vários tiros aleatoriamente, resultando na morte de 14 pessoas.

O secretário de Segurança e Defesa Social do Ceará, André Costa, detalhou nesta quinta-feira (24) detalhes da investigação do crime, ocorrido em 27 de janeiro. Com as apurações concluídas, as suspeitas iniciais de que a matança foi motivada por confronto entre facções criminosas foi confirmada pela cúpula da Segurança do estado.

Trump cancela reunião com Kim Jong-un

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, cancelou nesta quinta-feira (24) a reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que estava prevista para acontecer em 12 de junho, em Singapura. A decisão vem no mesmo no dia em que a Coreia do Norte anunciou o desmantelamento completo do seu centro de testes nucleares.

"Estava muito ansioso para me encontrar com você", disse Trump em uma carta dirigida ao líder norte-coreano, que foi divulgada pela Casa Branca.

Após a divulgação da carta, Trump veio a público para dizer que considera possível que a cúpula ocorra mais tarde, mas que só acontecerá quando "a ameaça das armas nucleares for removida". Enquanto isso, promete manter "pressão máxima" sobre Pyongyang e alertou que a defesa dos EUA está pronta para o caso de Kim cometer "atos tolos".

Maia diz que governo tem arrecadação suficiente para reduzir por decreto alíquota de PIS-Confis sobre diesel

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao repórter Nilson Klava, da GloboNews, que o governo tem capacidade e arrecadação suficientes para reduzir a alíquota de PIS-Cofins sobre o diesel e com isso contribuir para a redução do preço do combustível, que tem provocado protestos e paralisação de caminhoneiros em todo o país.

Rodrigo Maia recuou e admitiu que zerar PIS-Cofins para o diesel – medida aprovada nesta quarta-feira (23) pela Câmara após articulação do próprio Maia – terá um impacto de pelo menos R$ 6 bilhões a mais do que a previsão inicial.

Ao justificarem a aprovação da medida, Maia e o relator do projeto, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), argumentaram que zerar o PIS-Cofins resultaria numa perda de arrecadação de R$ 3 bilhões, que seria compensada por um ganho de outros R$ 3 bilhões com a aprovação do projeto que reonera a folha de pagamentos de empresas de 28 segmentos.

Apesar disso, o presidente da Câmara disse que o governo vem alcançando uma arrecadação extra com aumento de impostos e do preço do petróleo.

Diante desse quadro, o presidente da Câmara defende que o governo deveria, inclusive, assinar um decreto reduzindo a alíquota de PIS-Cofins sobre o diesel para os níveis cobrados em 2017.

“O governo aumentou, em julho de 2017, pelo decreto 9.101/17, a alíquota do PIS-Cofins sobre o diesel de R$ 0,248 para R$ 0,46, gasolina para R$ 0,79 e etanol de R$ 0,12 para R$ 0,24. Isso deve garantir uma arrecadação extra até julho na ordem de R$ 20 bilhões", disse o presidente da Câmara.

"Com o aumento do preço do petróleo, o governo deve ter arrecadação extra com royalties, participação especial e bônus, num valor entre R$ 12 bilhões e 14 bilhões. Além dos cerca de R$ 3 bilhões com reoneração. Será que o governo não pode zerar o diesel de forma transitória? Via decreto, deveria já voltar, no diesel, alíquota de julho de 2017”, concluiu Rodrigo Maia.

O presidente da Câmara foi informado pela Receita Federal e pelo próprio economista que o assessora, que zerar o PIS-Cofins sobre o diesel até o fim deste ano não custará apenas R$ 3,5 bilhões, como tinha sido estimado, e, sim, cerca de R$ 14 bilhões, como havia sido anunciado pelo governo.

Globo