TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 7 de julho de 2020

CE: Com reabertura, vendas de automóveis crescem 172% em junho

O resultado das vendas de veículos em junho indica que o setor pode ter em 2020 resultados menos dramáticos que o previsto no início da pandemia do novo coronavírus. No Ceará, foram comercializados 2.254 automóveis e comerciais leves (categoria que considera caminhonetes e vans) no sexto mês do ano, 171,8% a mais que no mês imediatamente anterior, quando foram realizados 829 emplacamentos no Estado. Os números são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Para o vice-presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos no Estado do Ceará (Sincodiv)/Fenabrave-CE, Lewton Monteiro, o resultado expressivo reflete uma demanda que estava reprimida durante o período de isolamento social, mas leva em conta também emplacamentos que deveriam ter sido realizados em maio e não foram por conta do funcionamento reduzido do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE).

"Temos o fator aumento nas vendas, mas esse número também reflete veículos que foram vendidos em maio e emplacados em junho por esse delay do Detran-CE", afirma.

O comércio na cadeia automotiva foi liberado ainda na fase 1 do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais no Ceará, mas Monteiro avalia que a reabertura não foi o único impulsionador das vendas. No contexto do isolamento social, esses negócios tiveram que fortalecer seus canais online e, com o vírus ainda circulando, clientes apostaram na pesquisa de opções de automóvel e usaram o tempo para começar as negociações.

"As concessionárias tiveram que se reinventar com os negócios online. É uma lição que a gente tira desse momento, que forçou as concessionárias a desenvolverem essas negociações online e tá funcionando muito bem", diz.

Ele também reforça que o número de vendas em maio foi pequeno, o que contribui para que o resultado de junho represente uma forte alta na comparação mensal. Na comparação entre junho deste ano contra igual período de 2019 - quando os emplacamentos haviam somado 4.419 no Ceará -, as vendas do segmento auto e comercial leve caíram quase 50%.

"Se a gente olhar para junho ante igual mês do ano passado, a gente tem uma queda acentuada. A gente conseguiu emplacar em junho deste ano 50% do que emplacamos em junho do ano passado", pontua Lewton Monteiro.

No primeiro semestre deste ano, as vendas de automóveis e de comerciais leves somaram 14,3 mil unidades, queda de 43,1% na comparação com igual período de 2019, quando foram emplacados 25,2 mil veículos do segmento.

Nenhum comentário: