TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 10 de março de 2020

Ceará foi o terceiro estado do Brasil com maior taxa de doadores de órgãos em 2019

O Ceará ultrapassou a meta anual de doadores por milhão de população em 2019, de acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). O índice da meta era de 27 doadores efetivos por milhão da população, mas o valor atingiu 28,3 de doadores. O resultado coloca o estado no terceiro lugar nacional, atrás apenas de Santa Catarina e Paraná.

No ano passado, o maior número de procedimentos ocorreu com córneas e rins, segundo o Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), divulgado nesta terça-feira (10).

Em 12 meses, foram realizados 899 transplantes de córnea. O número, porém, foi o menor número desde 2016 e 4% abaixo dos 938 registrados em 2018.

Já a quantidade de transplantes de rins bateu recorde histórico, totalizando 293 procedimentos - o melhor desde 2012 e 33% superior a 2018. Outro bom resultado foi o de transplantes de fígado, com 229 procedimentos, também o melhor da série histórica.

No mesmo período, foram contabilizados quatro transplantes de pâncreas e quatro de pulmão. Em relação ao transplante de coração, houve uma pequena diminuição: de 31 para 25 procedimentos.

A Associação destaca que 2019 foi um “ano difícil”, mas que houve uma recuperação da taxa de doadores e de transplantes no último trimestre. Os fatores para isso incluem a campanha nacional de doação, em setembro, e à doação de órgãos e tecidos do apresentador Gugu Liberato.

Nenhum comentário: