TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

domingo, 4 de abril de 2021

Lockdown no Ceará prossegue até o dia 11, diz Camilo Santana

O governador Camilo Santana se reuniu há poucos instantes com o Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus, e decidiu prorrogar o isolamento social rígido até o dia 11 de abril para conter o avanço dos casos de Covid-19. O isolamento social rígido está em vigor desde o dia 5 de março.

Acidente de trânsito na vila Esperança, em Acopiara (CE), provoca morte de jovem de 20 anos

Um acidente de trânsito registrado no final da tarde deste domingo, na avenida José de Morais Pinho, Vila Esperança (Acopiara), vitimou fatalmente o jovem Francisco das Chagas Alves da Silva, 20 anos, residente no sítio Alto da Serra, distrito de São Paulinho. 

Ele pilotava uma motocicleta Honda CBX TWISTER, quando perdeu o controle e caiu. Com o impacto o rapaz bateu fortemente com a cabeça ao solo morrendo no local. 

Acopiara News

Agnaldo Timóteo é enterrado em cerimônia restrita à família

Agnaldo Timóteo, que morreu ontem aos 84 anos, em razão de complicações da covid-19, foi enterrado hoje no Cemitério Jardim da Saudade, Zona Norte do Rio de Janeiro. A cerimônia foi restrita a poucos familiares em razão da pandemia do coronavírus.

O corpo foi sepultado no mesmo local que seu irmão caçula, José Timóteo Filho, que morreu em 2010, aos 59 anos.

Participaram do enterro as irmãs Ruth e Maria do Carmo, o filho Marcelo Timóteo, entre outros familiares. Na cerimônia, o padre Osmar Presente rezou e cantou em homenagem ao artista.

Agnaldo, que gravou mais de 50 discos ao longo da carreira, estava internado desde 17 de março.

A informação de sua morte foi confirmada pelo Instituto Funjor, através do qual a família vinha se comunicando com a imprensa desde a internação do artista. Ronnie Von, Neguinho da Beija-Flor e outros famosos usaram as redes sociais para se despedir.

O cantor havia tomado a segunda dose da vacina contra a doença dois dias antes da internação.

Casal de namorados é executado a tiros dentro de casa em Cedro

Ontem (3) por volta das 19h30, o plantão de polícia registrou um duplo homicídio numa casa localizada na rua Joaquim Silveira Cortez, no bairro Divisão em Cedro (CE). O estudante Francisco Thales Silva de Freitas, de 18 anos e Rayssa Borges do Nascimento, de 15 anos, foram surpreendidos por três indivíduos encapuzados que abriram fogo. O casal morreu na hora.

A mãe do estudante disse que os criminosos adentraram o imóvel procurando por seu filho. As vítimas não tinham antecedentes criminais.

O delegado plantonista de Icó, Girlando Pereira e equipe, estiveram no local realizando os levantamos de rotina e a polícia realiza diligências visando identificar e prender os assassinos, bem como descobrir a motivação do crime. Os corpos foram encaminhados para o IML de Iguatu.

Antes do duplo homicídio, policiais militares de Cedro tinham se deparados com três indivíduos em duas motos, sendo uma Honda Bros, vermelha e uma Fan, preta, com placas cobertas. Quando os suspeitos visualizaram a viatura atiraram em direção a guarnição e fugiram.

Os policiais saíram na caçada aos criminosos quando tomaram conhecimento que tinha ocorrido um duplo homicídio em uma casa no bairro Divisão, sendo que os suspeitos tinham as mesmas características dos que anteriormente tinha atirado contra eles.

As informações são do correspondente Richard Lopes via site Miséria

Lockdown tem apoio da maioria dos brasileiros, aponta pesquisa

A maioria dos brasileiros concorda com as medidas de isolamento social e restrição de circulação para conter a disseminação da Covid-19 no País. Isso é o que aponta pesquisa recente do Instituto DataSenado, vinculado à Secretaria de Transparência do Senado Federal.

Estudo também indica que a população tem muito medo do coronavírus; acha que a vacinação será mais rápida com a possibilidade de unidades da Federação e empresas comprarem o imunizante; e aposta em campanhas de conscientização sobre uso de máscara e distanciamento social.

Segundo os dados da pesquisa, três em cada quatro brasileiros defendem as providências tomadas para o enfrentamento ao coronavírus nos estados e municípios, como o fechamento de estabelecimentos e o toque de recolher.

O DataSenado avaliou a opinião de mil pessoas, com idades acima dos 16 anos, residentes em  distintas regiões do Brasil. Para a amostra, foram realizadas entrevistas por telefone nos dias 18 e 19 de março deste ano. As perguntas do estudo têm uma estimativa de confiança de 95%, de acordo com o Instituto.

Dos entrevistados, 78% afirmaram que a circulação de pessoas em espaços públicos deve ser restrita. Contudo, o Instituto constata que não há consenso sobre o quanto a restrição deve perdurar durante o dia. Do resultado, 51% acredita que o isolamento social rígido, o chamado lockdown, deve acontecer durante o dia todo. Já 45% acham que a medida rígida deve ser vigente apenas durante parte do dia. Demais entrevistados não souberam definir ou preferiram não responder.

Apoiam as restrições do comércio 54% dos brasileiros. Da estimativa, as opiniões se dividem: 51% concordam com o fechamento parcial (aberto em apenas em algumas horas do dia); 47% defendem o fechamento total (durante o dia todo). A maioria da população acredita que tais limitações devem ser exigidas ao funcionamento de escolas (72%) e igrejas (61%).

Medo
Segundo o estudo, 64% dos brasileiros estão bastante amedrontados sobre a possibilidade de contrair o coronavírus. Na análise, o DataSenado considera que mulheres reportaram a sensação de medo com mais frequência do que homens, assim como desempregados à procura de emprego em relação aos empregados.

A maioria da população considera que há muito risco de contaminação em academias, áreas de lazer, escolas, faculdades, bancos e transporte público. Além disso, sete em cada 10 pessoas sentem que 2021 será um ano pior do que 2020, quando a pandemia chegou ao País. Brasileiros também se mostram preocupados com a crise econômica e a crise na saúde nos próximos meses.

Beneficiários do Bolsa Família devem fazer atualização cadastral até junho

O Ministério da Cidadania prorrogou por mais 180 dias a suspensão de revisões cadastrais e de procedimentos operacionais do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Com isso, os beneficiários do programa devem atualizar os dados cadastrais até 31 de junho.

A suspensão vale para procedimentos como os de averiguação e revisão cadastral, bem como as ações de bloqueio de benefícios de famílias sem informação de acompanhamento das regras do programa, como a frequência escolar e ações de saúde. O Bolsa Família é pago a mais de 14 milhões de famílias inscritas.  No Ceará, cerca de um milhão de famílias cearenses são contempladas com o benefício.

De acordo com o texto, a medida visa “evitar aglomerações e evitar que os integrantes de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, assim como os cidadãos que trabalham em unidades de cadastramento dessas famílias, exponham-se à infecção pelo [novo] coronavírus”. Além disso, a operação dos programas continua prejudicada, sobretudo nos municípios, por situações como suspensão de aulas, direcionamento de atividades das unidades de saúde para atender aos infectados pela covid-19 e alteração no funcionamento de alguns centros e postos de cadastramento.

Também está suspenso o cálculo do novo índice para apuração dos valores que são transferidos pela União aos municípios, estados e ao Distrito Federal, no âmbito dos programas sociais federais. Nesse caso, será utilizado o fator referente a fevereiro de 2020. A suspensão da revisão cadastral do Bolsa Família e CadÚnico começou em março do ano passado e tem sido prorrogada desde então por causa da persistência da pandemia de covid-19 no país.

Famílias de baixa renda começam a receber, nesta semana, cupons do vale gás

Mais de 250 mil famílias de baixa renda do Ceará começam a receber, nesta semana, o vale gás. A entrega será a partir do dia 7 de abril e será dividido em duas etapas para evitar aglomerações e a propagação do coronavírus durante a sua distribuição.

A entrega dos vales que garantem que famílias mais pobres possam ter acesso a botijões de gás foi uma das medidas sociais apresentadas pelo Governo do Estado a fim de reduzir a vulnerabilidade de famílias que estão sem condições de trabalho durante o isolamento social rígido, decretado em todo o Ceará desde o dia 13 de março.

A previsão de entrega do primeiro lote às prefeituras cearenses é nos dias 7 e 8 de abril; nessas datas serão entregues 130.314 tíquetes. O segundo lote, por sua vez, está previsto para encaminhar 125.263 tíquetes nos dias 4 e 5 de maio. Ao todo, são 255.577 vales a serem distribuídos. Além disso, poderá ser criada ainda uma terceira entrega dos vales remanescentes.

Ceará Agora

Universidade de Washington prevê 100 mil mortes por Covid-19 no Brasil no mês de abril

O Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde, da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, prevê 100 mil mortes por Covid-19 no Brasil ao longo do mês de abril.

Segundo uma pesquisa da instituição, -- que considera fatores como a disseminação de variantes do vírus, uso de máscaras e respeito ao distanciamento social -- o número de mortos pode saltar dos atuais 330.297 óbitos, registrados neste sábado (3), para 436 mil em 4 de maio.

A universidade projeta três cenários para o país, e os números são referentes ao pior deles. (Veja abaixo as considerações da universidade para cada cenário)

Esse total pode cair para 429 mil mortes caso 95% da população use máscara em público. A universidade projeta ainda que até o final do primeiro semestre o Brasil atinja a marca de 595 mil mortes no pior cenário. No caso da adoção de máscaras em público por 95% da população, esse número pode cair para 507 mil.

G1

Jornalista morre após perder o controle do carro e capotar em avenida de Fortaleza

O jornalista Wilson Rogério Zanini, de 48 anos, morreu após perder o controle do carro e capotar na Avenida Alberto Craveiro, no Bairro Castelão, em Fortaleza, na madrugada deste domingo (4), por volta das 4h. Durante o acidente, o veículo que a vítima conduzia colidiu na mureta de proteção do canteiro central da via.
Wilson Zanini trabalhava na coordenadoria de comunicação do Governo do Estado do Ceará. Ele estava sozinho no momento do ocorrido e ficou preso às ferragens. Uma equipe do Samu foi acionada, mas quando os socorristas chegaram ao local, Wilson já estava em óbito. O Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou o corpo do jornalista das ferragens. Agentes da Polícia Militar também acompanharam a ocorrência.

G1/CE

Morre o ex-ministro do STJ, Paulo Medina, vítima da covid-19

O ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Paulo Medina faleceu em decorrência da covid-19, ontem (3) à noite. Aos 79 anos, ele estava aposentado da Corte e não resistiu à doença.

Em pesar, o presidente do STJ, Humberto Martins, lamentou a morte do colega. "O Superior Tribunal de Justiça presta suas condolências à família do ministro Paulo Medina, que atuou no tribunal por nove anos. Que Deus, em sua infinita misericórdia, console a todos pela inestimável perda", comentou, por meio nota.

Medina atuou na Corte entre 2001 e 2010, enquanto lecionava direito em universidades de Minas Gerais. Antes de ir para a magistratura, ele foi eleito vereador pelo município de Rochedo de Minas.

Ainda nos tribunais, o ministro exerceu a advocacia entre 1965 a 1968, quando foi aprovado para juiz. Em 1991, ele se tornou desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

O ministro também já presidiu as associações de Magistrados Mineiros (Amagis), de Magistrados Brasileiros (AMB), e a Federação Latino-Americana de Magistrados (Flam).

Ganhar auxílio emergencial sem ter direito pode dar até 5 anos de cadeia

Passar informações falsas para ganhar o novo auxílio emergencial 2021 é um crime que pode ser punido com até cinco anos de cadeia, dizem advogados. A punição com prisão pode ocorrer também para quem receber por engano, mas resolver ficar com o dinheiro e não devolver. Nesse caso, a pena é de até quatro anos.

De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), cerca de 7 milhões de brasileiros receberam o auxílio indevidamente em 2020, com prejuízo de R$ 54 bilhões aos cofres públicos. Em dezembro do ano passado, o governo federal chegou a cobrar de 2,6 milhões de pessoas a devolução dos valores obtidos ilegalmente.

Notificação para devolver o dinheiro

Quem for flagrado cometendo o crime será notificado para pagamento voluntário da quantia recebida. Caso não devolva, o dinheiro será descontado de outros benefícios que a pessoa venha a receber do governo, como aposentadoria.

Servidores públicos envolvidos no crime serão julgados por improbidade administrativa. Trabalhadores formais poderão ser demitidos por justa causa. Aposentados e pensionistas poderão ter valores descontados do INSS.

Podem ser presos

Além dessas penalidades, especialistas afirmam que as fraudes podem levar a discussão à esfera criminal, com enquadramento em vários crimes.

Segundo o advogado Laudenor Pereira, o acusado pode sofrer sanções em mais de uma instância. De acordo com o criminalista Bernardo Fenelon, a fraude do auxílio pode levar ao enquadramento dos crimes de falsidade ideológica e estelionato, nos casos em que a pessoa cadastrar informações falsas. A pena é de um a cinco anos de prisão.

Outro crime possível é apropriação indébita. "Ocorre quando um trabalhador recebe a quantia por engano, mas se apropria do bem", diz Pereira. A pena é de um a quatro anos de prisão.

É preciso haver intenção

O advogado diz, porém, que só é considerado crime se houve intenção. Se pessoa foi vítima de golpe ou a sua situação mudou depois do cadastro, isso não permite que ela seja punida.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) já definiu que não é preciso de devolver os valores quando não houver a intenção de fraude.

"Se a pessoa não teve a intenção de se apropriar inadequadamente, é importante que se prontifique a regularizar, ou poderá ser julgada por apropriação", afirmou Pereira.

Como saber se posso receber o beneficio?

Entre os que têm direito ao auxílio emergencial 2021, estão trabalhadores que estavam recebendo o benefício em dezembro de 2020 e os enquadrados nas diretrizes da nova Medida Provisória (MP).

No texto,, consta que os trabalhadores não podem ter emprego formal ativo nem ter recebido recursos de outros programas previdenciários, assistenciais ou trabalhistas. O Bolsa Família e o abono-salarial PIS/Pasep são os únicos programas sociais que podem ser recebidos junto com o auxílio.

Para consultar se tem direito ao auxílio, veja no site da Dataprev.

Decisão sobre lockdown ou reabertura no Ceará será tomada em reunião na tarde deste domingo

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no Ceará vai se reunir na tarde deste domingo (4) para definir se o Estado vai manter o lockdown vigente ou se terá início processo de retomada das atividades econômicas. O encontro tem início às 16h.

O lockdown completa um mês neste domingo em Fortaleza. A medida foi tomada mediante o aumento de casos confirmados e óbitos causados pela covid-19. No dia 12 de março a medida foi estendida para todo o Ceará.

A decisão sobre a reabertura foi definida para hoje, porque, segundo o governador, o comitê precisa avaliar os números do feriadão da Páscoa.

Governo anuncia que Forças Armadas devem começar a vacinar população

Para avançar com plano de imunização, o governo decidiu, neste sábado (03), usar militares das Forças Armadas na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Brasil. O assunto foi tratado durante uma reunião com os ministros Braga Netto (Defesa) e Marcelo Queiroga (Saúde). Especialistas apontam, no entanto, que o gargalo para acelerar a campanha de vacinação é a falta de doses e que qualquer participação deve ser de apoio e não moralizadora.

A expectativa é que um anúncio oficial seja feito ainda hoje. A ideia seria aumentar o ritmo de aplicação em um momento que se espera ampliar o número de doses no país. O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (3) que as Forças Armadas podem ajudar a aplicar vacinas contra covid-19 na população.

Ceará registra quase 550 mil casos confirmados de Covid-19; 14.359 pessoas morreram pela doença

O Ceará registrou, até a noite deste sábado (3), 549.267 casos confirmados de Covid-19 em todo o estado. Até o momento, 14.359 pessoas morreram em decorrência da doença pandêmica. 

De sexta-feira (2) para este sábado, 54 mortes pelo novo coronavírus foram confirmadas. Cinco óbitos aconteceram nas últimas 24 horas. As informações foram atualizadas às 16h59 na plataforma IntegraSus, da Secretaria da Saúde do Ceará.

G1/CE

Municípios cearenses na lista dos que não receberam novas vacinas contra Covid-19 se manifestam sobre decisão do TRF-5

Prefeituras de cidades cearenses que não receberiam novas doses de vacinas contra a Covid-19 por não atingirem a meta de 85% de vacinação na primeira fase se manifestaram sobre a medida. A retenção das doses, que seriam enviadas já nesta sexta-feira (2) aos 37 municípios que estão na lista, se deu após uma determinação do Tribunal Regional Federal (TRF-5), publicada no dia 21 de março. A decisão foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

As vacinas retidas são as direcionadas para primeira dose. As de segunda dose continuaram sendo enviadas pelo governo do estado.

Nesta quinta-feira (1º), o Ceará recebeu mais de 370 mil doses de vacinas, o maior lote desde o início da distribuição dos imunizantes. Conforme a Sesa, à medida que os municípios fossem alcançando a meta estabelecida pelo TRF-5, receberiam as doses retidas por decisão da Justiça. Algumas cidades, no entanto, justificam afirmando que houve uma falha na atualização do Vacinômetro, onde consta o número de vacinados de cada cidade. Por isso a meta de 85% dos vacinados não teria sido alcançada.

O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems) afirmou em nota que a decisão judicial desconsiderou fatores como estrutura técnica e região geográfica, problemas enfrentados por diversas cidades do Ceará.

"A suspensão do recebimento das doses de última hora, sem dialogar com os municípios sobre seus indicadores de doses aplicadas, não colabora com nosso esforço coletivo de vacinação em massa para sairmos da situação em que nos encontramos", disse o conselho.

A Sesa, por sua vez, alegou que estabeleceu canais de comunicação com os 184 municípios cearenses, exclusivos para fins de vacinação contra a Covid-19, onde são tratados, desde janeiro de 2021, detalhes de logística de entrega e do monitoramento das aplicações. Todos os dados detalhados por municípios são atualizados diariamente no Vacinômetro do site da Sesa.

G1/CE

Dados de mais de 500 milhões de contas do Facebook são publicados em fórum de hackers, diz revista

Dados sobre mais de 500 milhões de usuários do Facebook, incluindo endereços de e-mail e números de telefone, foram postados em um fórum de hackers, de acordo com reportagem da revista "Business Insider" publicada neste sábado (3).

A Business Insider diz que conseguiu verificar que alguns números de telefone vazados ainda pertenciam aos proprietários das contas afetadas do Facebook.

"São dados antigos", cujo vazamento "já havia sido relatado na mídia em 2019. Encontramos e corrigimos esse problema em agosto de 2019", disse um porta-voz do Facebook.

Esses dados incluem número de telefone, nome completo, data de nascimento e, para algumas contas, endereço de e-mail, de acordo com a "Business Insider".

Esta não é a primeira vez que dados de milhões de usuários da rede social, que tem quase 2,8 bilhões de usuários mensais, são disponibilizados online.

Revelado em 2018, o escândalo Cambridge Analytica, empresa britânica que capturou os dados pessoais de milhões de usuários do Facebook para propagandas políticas, já havia denunciado um vazamento feito pela rede social.

Mega-Sena, concurso 2.358: ninguém acerta as seis dezenas, e prêmio vai a R$ 8 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.358 da Mega-Sena, realizado neste sábado (3) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 05 - 09 - 11 - 16 - 43 - 57.

A quina teve 66 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 23.700,03. A quadra teve 3.627 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ R$ 616,09.

O próximo concurso (2.359) será na terça-feira (6). O prêmio é estimado em R$ 8 milhões.

Corpo de Agnaldo Timóteo será sepultado neste domingo, no Rio

O corpo do cantor Agnaldo Timóteo vai ser sepultado na tarde deste domingo (4) no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, no Rio de Janeiro. O artista morreu neste sábado (3), aos 84 anos, em decorrência de complicações da Covid-19 após 18 dias de internação.

Não haverá velório e nenhuma outra cerimônia aberta ao público e fãs. A despedida será restrita apenas a um pequeno número de parentes por conta das restrições impostas pela pandemia.

O cantor iniciou a carreira na década de 1960 e se consolidou com canções românticas. Na política, teve mandatos como deputado federal e vereador em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Agnaldo estava internado desde o dia 17 de março na UTI do Hospital Casa São Bernardo, na Zona Oeste do Rio. Médicos acreditam que o artista de 84 anos contraiu o coronavírus no intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina. Ele chegou a tomar a segunda dose, no dia 15, dois dias antes da internação.

No último dia 27, Agnaldo precisou ser intubado para "ser tratado de forma mais segura" contra a doença, segundo a família.

"É com imenso pesar que comunicamos o FALECIMENTO do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Agnaldo Timóteo não resistiu as complicações decorrentes do COVID-19 e faleceu hoje às 10:45 horas. Temos a convicção que Timóteo deu o seu Melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha", disse a família, em nota.

Trajetória

Agnaldo Timóteo Pereira, mais conhecido como Agnaldo Timóteo, nasceu em Caratinga, no interior de Minas Gerais, em 16 de outubro de 1936.

Apaixonado por música desde cedo, se apresentava em circos itinerantes que chegavam à cidade.

Timóteo passou a cantar em programas de calouro em rádios de Caratinga, Governador Valadares e Belo Horizonte. Ele conciliava as apresentações com o trabalho de torneiro mecânico. Em Minas, interpretava canções de Cauby Peixoto e ficou conhecido como “Cauby mineiro”.

Na década de 1960, se mudou para o Rio de Janeiro atrás de oportunidades na música e começou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria.

Timóteo gravou seu primeiro disco após indicação da cantora em 1961, mas demorou a estourar.

A projeção veio após participação no programa de Jair de Taumaturgo na TV Rio, quando ganhou todos os prêmios do programa e foi contratado pela gravadora EMI-Odeon.

Com o LP "Surge um Astro", emplacou o hit "Mamãe" (versão de "La Mamma", de Charles Aznavour) e passou a participar do programa “Jovem Guarda”. O início da carreira foi todo focado em versões de sucessos internacionais.

Com o álbum “Obrigado Querida”, lançado em 1967, alcançou o primeiro lugar nas gravadoras do país e seu primeiro grande hit foi “Meu grito”, canção de Roberto Carlos.

A partir de então, se consolida como cantor romântico e lança outros sucessos como “Ave-Maria”, “Verdes campos” e “A galeria do amor”. Agnaldo Timóteo gravou mais de 50 discos, alternando entre o romântico e o brega.

Trajetória política

Timóteo iniciou sua atuação como político em 1982, quando foi eleito deputado federal no Rio de Janeiro pelo PDT.

Durante o mandato, brigou com Leonel Brizola e transferiu-se para o extinto PDS.

Candidatou-se ao governo do Estado em 1986, mas foi derrotado por Moreira Franco.

Foi eleito novamente deputado federal em 1994, e renunciou dois anos depois para assumir como vereador na cidade do Rio de Janeiro.

Em 2005, assumiu como vereador em São Paulo pelo Partido Progressista, e foi reeleito em 2008.

sábado, 3 de abril de 2021

Ex-presidente Lula recebe segunda dose da vacina contra a Covid-19

O ex-presidente Lula é mais um dos brasileiros a tomar a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus. Ele recebeu o imunizante na manhã deste sábado, em São Bernardo do Campo, em São Paulo. 

Lula recebeu a segunda dose da vacina por volta das 10h. O fato foi transmitido ao vivo pelas redes sociais. 

O ex-presidente havia recebido a primeira dose ainda no dia 13 de março, também em São Bernardo. Ele estava acompanhando pelo deputado federal e ex-ministro Alexandre Padilha (PT).

"Tudo que o povo quer é tomar uma vacina para se ver livre desse monstro chamado coronavírus", disse ele logo após ser imunizado.

DN

Prefeito de Palhano (CE), Ivanildo Nunes, morre vítima da Covid-19

O prefeito de Palhano (CE), Ivanildo Nunes (PT), morreu na madrugada deste sábado (2) vítima da Covid-19. Conhecido como Dinho do Zé do Honório, ele estava no terceiro mandato. 

Em nota de pesar, a Prefeitura anunciou luto oficial pela “valiosa contribuição à comunidade palhanense no decorrer de sua vida como cidadão e prefeito desta municipalidade”.

DN