TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 1 de junho de 2020

Mesmo com boa safra, preço do feijão-verde ainda está elevado em Iguatu

No entorno do Centro de Abastecimento de Iguatu, cidade polo de prestação de serviços e de comércio, o preço do quilo do feijão-verde permanece elevado, em torno de R$ 10. O consumidor ainda está pagando caro pelo produto mesmo com a elevada safra do grão neste ano.

O mercado local ainda não seguiu a queda significativa de preço na região do Cariri e da Ibiapaba, cujo preço do quilo do grão é vendido pelos atravessadores para feirantes por R$ 2,40 e R$2, respectivamente. Para o consumidor final, o preço nessas duas regiões é de R$ 3,00.

A Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa) relaciona a queda de preço do produto em decorrência da elevada oferta. “A colheita já começou e estamos tendo uma elevada produção”, pontuou o analista de mercado da Ceasa, Odálio Girão.

Em Iguatu, os feirantes explicam que a colheita da safra de feijão-verde de sequeiro nas várzeas da localidade de Santa Rosa ainda não começou. “A partir da próxima semana deve começar a colheita e a safra será muito boa”, disse a feirante Mariana Ferreira. “O preço está alto porque está faltando, quase ninguém tem pra vender”. A expectativa é de que o preço do feijão-verde comece a sofrer queda a partir da próxima semana.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: