TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

domingo, 15 de março de 2020

Ceará vence Sport de virada, entra no G4 e mantém invencibilidade

Em jogo com público zero na Arena Castelão por determinação do Governo do Estado por prevenção contra o novo coronavírus, Ceará e Sport se enfrentaram pela 7ª e penúltima rodada da primeira fase da Copa do Nordeste, na tarde deste domingo (16). Marquinhos abriu para o rubro-negro, mas Felipe Silva e Ricardinho deram a vitória ao Alvinegro de Porangabuçu.

Histórico da partida

Jogando de portões fechados e sem o apoio de sua torcida, mas sob os olhares de seus companheiros e membros das diretoria do clube, o Ceará deixou o campo perdendo por 1 a 0 mesmo tendo criado as principais chances na partida. Fernando Sobral, Rafael Sóbis, Leandro Carvalho, Felipe Silva e Luiz Otávio, que carimbou a trave, levaram perigo ao gol do rubro-negro, mas não conseguiram balançar as redes do adversário.

Atuando na velocidade utilizando seus pontas velocistas, o Sport abriu o placar aos 36 minutos com Marquinhos. Em jogada individual, o camisa 33 costurou entre a defesa alvinegra e bateu no canto direito de Fernando Prass para fazer 1 a 0 para o time pernambucano.

Buscando forçar mais velocidade nos contra-ataques, Enderson Moreira voltou para o segundo tempo com Mateus Gonçalves na vaga de Fernando Sobral. Utilizando da posse de bola e tendo Leandro Carvalho como principal jogador criando chances, o Vovô deixou tudo igual aos 13 minutos. O ponta fez jogada individual, passou por dois marcadores, entrou na área e tocou para Felipe Silva. O camisa 10 bateu de primeira e deixou tudo igual.

Com o jogo crescendo, cada equipe perdeu um pênalti. Primeiro, aos 16, Felipe Silva mandou no canto esquerdo e Luan espalmou para fora. Minutos depois, aos 19, Hernane entrou na área e Luiz Otávio deu carrinho na bola, mas o árbitro assinalou penalidade para o Sport. O camisa 9 do rubro-negro bateu e carimbou o travessão!

No entanto, as emoções da partida não pararam por aí. Um minuto após Rafael Sóbis ter sido expulso acusado pelo árbitro de tê-lo xingado, Leandro Carvalho disputou bola na área e foi empurrado por Lucas Mugni. O capitão Ricardinho bateu no canto direito e, aos 39, virou o placar a favor do Ceará.

Com o resultado, o Alvinegro sobe para a quarta posição do Grupo B com 11 pontos e mantém invencibilidade na temporada enquanto que o Sport, com nove, é o quinto do Grupo A.

Nenhum comentário: