TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

DEM vai compor aliança com PSDB em Fortaleza e aliança agrada a RC

Resultado de imagem para dem e psdb em fortaleza
O Democratas (DEM) vai se aliar ao PSDB na disputa pela Prefeitura de Fortaleza em 2020. As conversas avançaram a um ponto praticamente sem chances de retorno. Portanto, caso o cenário político não mude radicalmente, a candidatura a prefeito do ex-deputado estadual tucano Carlos Matos terá um palanque com boa musculatura. No entanto, o maior efeito da citada aliança é retirar definitivamente as chances de um apoio do DEM à candidatura do Capitão Wagner (Pros). Na mesma medida, anulam-se também as possibilidades de um apoio do PSDB à candidatura do deputado federal.

Focus apurou que o movimento muito agrada à articulação política do prefeito Roberto Cláudio (PDT), que trabalha com afinco para tirar o oxigênio das principais candidaturas de oposição. Para RC, quanto mais candidaturas, melhor. Principalmente no campo da centro-direita.

No quadro em construção, deve-se levar em consideração os afagos que vem sendo trocados entre líderes do DEM, como Rodrigo Maia (RJ), e Ciro Gomes, visando uma possível aliança em 2022. Por óbvio, essa aproximação já gera efeitos imediados em 2020.

O DEM já esteve muito perto de Wagner (veja aqui). Em 2019, ocorreram diversas conversas entre a cúpula local e nacional do Democratas e o deputado federal. Até a filiação do parlamentar ao partido foi colocada na mesa de negociações. No entanto, algumas exigências de Wagner relacionadas a fundos eleitorais não foram acatadas pelo DEM. Focus apurou que o deputado pediu ao DEM o mesmo que o Pros lhe prometeu de fundos de campanha eleitoral oriundos do partido.

A reaproximação entre Tasso Jereissati (PSDB) e os Ferreira Gomes (PDT) é outro importante elemento nessa articulação. O senador já não se sente estimulado a montar infantaria contra o candidato do PDT em Fortaleza. Muito pelo contrário. Do jeito que os movimentos estão se dando, a melhor aposta é a seguinte: no segundo turno, seja contra Capitão Wagner, seja contra Luizianne Lins (PT), tanto o PSDB quanto o DEM vão apoiar o candidato do PDT.

Fábio Campos

Nenhum comentário: