TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Homem acusado de matar esposa e filha no Ceará, dá entrevista pela primeira vez e alega inocência

Marcelo Barberena, acusado de matar a esposa e a filha de 8 meses, concedeu entrevista pela primeira vez sobre o caso. À equipe da TV Jangadeiro, ele alegou inocência e afirmou que o crime devia ser melhor investigado.

O caso completa 4 anos nesta sexta-feira (23). No início de agosto, Barberena saiu do presídio para aguardar julgamento em liberdade, após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em entrevista exclusiva ao Jornal Jangadeiro, ele afirma que não foi o autor do crime. “Quem me conhece sabe o quanto eu fui dedicado à minha família. Não faz parte da minha índole fazer o que aconteceu”.

Barberena é réu pelas mortes da companheira Adriana Moura de Pessoa Carvalho Moraes, de 39 anos, e da filha do casal, Jade Pessoa de Carvalho Moraes, de 8 meses. O crime aconteceu em 2015, em uma casa de praia na cidade de Paracuru, litoral do Ceará.

Barberena nega ter discutido com a esposa no dia do crime. Ele conta que a decisão de separação foi tomada quatro meses antes de o crime acontecer e que, apesar disso, não tinha motivos que o levassem a tomar uma reação “desse tipo”. “Tivemos uma vida plena. Foi a mulher que eu amei durante 12 anos. Foram duas filhas que tivemos juntos, mas fazia alguns meses, sim, que a gente não estava se entendendo e, um dia, em uma conversa, nós resolvemos que íamos nos separar”.

Nenhum comentário: