TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

domingo, 19 de maio de 2019

Fortaleza encara a Chapecoense em confronto inédito, pela Série A

De um lado, um time que lutou muito até galgar a posição de estar na elite do futebol brasileiro; do outro, uma equipe que angariou muitos fãs pelo mundo devido à tragédia que se abateu sobre suas cores. Deixando de lado o aspecto romântico, Fortaleza e Chapecoense irão travar duelo decisivo para as suas pretensões, às 16 horas deste domingo (19), na Arena Condá, em Santa Catarina, pela 5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Os dois times estão vindo de derrota e apenas um ponto os separa na classificação: o grupo orientado por Rogério Ceni perdeu em casa para o São Paulo e a equipe de Ney Franco foi derrotada pelo Flamengo, no Maracanã. A Chape tem quatro pontos e o Tricolor, três.

Nada de Z-4

O Leão do Pici necessita da vitória para evitar que venha a entrar na zona de descenso da competição, coisa que ninguém deseja. E a Chape quer se aproximar cada vez mais do bloco intermediário entre os disputantes.

Rogério Ceni disse o que esperar do adversário: "Um time descansado, que vai pressionar a gente, joga dentro da sua casa. Se com o São Paulo já fui lá e sempre foi muito sofrido. Acho que ganhei apenas uma vez de 1 a 0, um jogo. É um time que joga no calor de sua torcida, numa arena menor, não cabe tanta gente, mas tem sempre um povo apaixonado por futebol. O Brasil inteiro tem um carinho especial pela Chapecoense. Torcedor local está sempre presente. Eles sabem que têm uma grande oportunidade de fazer pontos e nós vamos para lá, entendendo que vamos jogar de igual para igual com uma equipe muito boa", disse Ceni.

O comandante do Leão fez vários elogios à Chapecoense, aos seus zagueiros, atacantes, enfim, a todos, mas avaliou: "É um time que briga na mesma prateleira que a gente, por isso precisamos pontuar".

O treinador do Leão deve promover várias mudanças na equipe que empatou com o Athletico/PR, pela Copa do Brasil, na última quinta-feira (16). O goleiro Felipe Alves, o volante e lateral Gabriel Dias, o lateral-esquerdo Bruno Melo, os volantes Felipe e Juninho, o meia Edinho e os atacantes Júnior Santos, Kieza e Osvaldo devem jogar.

Quase um time inteiro modificado, tudo por conta do desgaste que vem sofrendo o elenco, participando de três competições, a Série A do Brasileiro, a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste.

Chape mudada

Por sua vez, a Chapecoense também irá a campo com modificações. O técnico Ney Franco fez duas alterações, ao longo do treinamento da semana, em relação à derrota para o Flamengo.

No meio-campo, Elicarlos substitui Alan Ruchel. No ataque, Rildo retoma a posição, no posto de Renato. Na lateral, há uma possibilidade de entrar com Caíque Sá, ou manter Bryan.

Série A do Brasileiro - 5ª rodada. Local: Arena Condá, em Chapecó (SC). Data: 19 de maio - 16 horas. Chapecoense: Tiepo; Caíque Sá (Bryan), Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo, Augusto e Régis; Everaldo e Rildo. Técnico: Ney Franco. Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Juan Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Juninho, Felipe e Edinho; Júnior Santos, Kieza e Osvaldo. Técnico: Rogério Ceni.

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP).

Transmissão: Rádio Verdes Mares, Tempo Real do Diário do Nordeste e do GloboEsporte.Com/ce e Premiere

Nenhum comentário: