TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sábado, 20 de abril de 2019

Gripe causa 18 mortes neste ano e registro da doença cresce 156%

O Ceará, seguindo determinação nacional do Ministério da Saúde, antecipou para segunda-feira, dia 22 de abril, nova fase da campanha de vacinação contra a gripe, que até março deste ano, já foi causa da morte de 18 pessoas no Estado, conforme boletim da Secretaria da Saúde (Sesa). São seis óbitos a mais que os contabilizados em igual período do ano passado, quando houve um total de 12 em decorrência da doença, indicada nos boletins como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). As mortes (uma delas em decorrência de influenza A H1N1) ocorreram na Capital, em Caucaia, Frecheirinha, Marco e Russas.

Ao todo, 213 casos da Síndrome foram registrados até 2 de abril deste ano. Em igual recorte de tempo de 2018, o boletim somou 83 ocorrências. O número de 2019 é 156% maior que o do ano passado. No entanto, a coordenadora de imunização da Pasta, Daniele Queiroz, esclarece que "não há motivo para pânico, mas sim, para atenção".

Do contabilizado neste ano, quatro casos são em decorrência do vírus influenza A H1N1 e outros quatro causados pelo vírus influenza A H3/Sazonal, além de 52 por outros vírus respiratórios, 118 não especificados e 35 que ainda estão em investigação, o que corresponde a 16,4% do total. Já durante igual recorte temporal no ano passado, os casos de SRAG por vírus da influenza, com 19 registros, foram os que mais acometeram os cearenses, seguidos de 59 sem etiologia especificada e quatro motivados por vírus respiratórios em todo o território estadual.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: