TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Mulheres são destaque e conquistam público no Festival de Viola do Sesc em Iguatu: repentista e cordelista

Mulheres foram destaque no Festival de Violeiros promovido pelo Sesc, na cidade de Iguatu. Ao lado do pai, Carlito Ribeiro, 64 anos, Fabiane Ribeiro, 19, mostrou talento, rapidez de raciocínio e boas rimas. O público gostou e aplaudiu bastante.

Pai e filhos são de Codó no Maranhão. “Já dividi palco com outros cantadores, mas com a minha filha é uma experiência única”, pontuou.

Fabiane Ribeiro por onda passa atrai o público. É raro uma mulher cantadora de viola, que mantém viva a tradição nordestina. Ela abandonou futura carreira acadêmica e passou a viajar com o pai, participando de cantorias.

Para cada 100 cantadores, apenas um é do sexo feminino. “A maior dificuldade é dividir a hospedagem”, comentou Fabiane Ribeiro que aprendeu a toca a viola na adolescência.

Cordelista

Quem também encantou o público foi a cordelista Amanda Preá, filha do cantor de viola, Zé Preá. “A paixão pelo cordel foi descoberta na infância”, contou. “Minhas canções de ninar eram ao som da viola”.

Amanda Preá é aluna do curso de Letras da Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (Fecli), unidade da Universidade Estadual do Ceará (Uece). “O cordel vai ganhar destaque depois que o Iphan reconheceu esse tipo de literatura como patrimônio imaterial”, prevê.

Diário Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: