TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Sem chuvas, Semace reduz de 31 para 11 os trechos de praia monitorados em Fortaleza

O número de amostras coletadas no litoral de Fortaleza para análise de balneabilidade diminuiu, passando de 31 para 11, no dia 14 de maio deste ano. A data coincidiu com o fim da quadra chuvosa, quando são menos frequentes as alterações da condição de banho na orla de Fortaleza, de acordo com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). A mudança está de acordo com o exigido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

“Durante o período de estiagem, existe pouca variação entre alguns pontos. A escolha dos trechos veio de 20 anos de monitoramento realizado pela Semace, quando observamos que quando não chovia certos trechos apresentavam poucas variações”, explica Lincoln David, diretor de Controle e Monitoramento da Superintendência.

O número de pontos de monitoramento será mantido até que um novo período de chuvas indique a necessidade de ampliação. Segundo ele, com a chuva, a água escorre pelas galerias pluviais, deságua no mar e acaba levando lixo despejado inadequadamente nas ruas e esgotos ligados clandestinamente nas galerias. “É preciso que a população preserve a balneabilidade, evitando essas ligações clandestinas”, alerta.

A Semace recomenda que o cidadão evite o banho em dias que o mar esteja apresentando manchas de coloração vermelha, marrom ou azul-esverdeada, mesmo que esse ponto esteja sendo considerado como próprio pelo boletim de balneabilidade. Nesse caso, a autarquia recomenda também que não haja contato com a água, e que seja evitado o consumo de frutos do mar desses locais.

Nenhum comentário: