TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 5 de junho de 2018

Cresce percentual de alunos cearenses de 15 a 17 anos que estão na escola

O Ceará apresentou crescimento no percentual de alunos de 15 a 17 anos que estão na escola. Em 2017, 86,2% dos jovens dessa faixa etária encontravam-se matriculados na educação básica, enquanto que em 2016 esse número era de 82,6%. O aumento foi de 3,6 pontos percentuais e coloca o Ceará à frente do Nordeste, que apresentou taxa de atendimento de 86,1%. As informações foram divulgadas pelo Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) 2017.

Para o secretário da Educação, Rogers Mendes, esse resultado é de grande importância para a rede pública estadual. “Essa conquista reflete todo o esforço do Governo do Ceará em garantir melhoria do ensino e da aprendizagem dos jovens cearenses”, ressalta o gestor.

Outro dado importante é referente à taxa de escolarização líquida de 68,55% referente à população de 15 a 17 anos que está matriculada no Ensino Médio na idade certa. O Ceará ficou, pelo segundo ano, com a 1ª colocação no ranking dos estados nordestinos, seguido, em 2017, por Maranhão (62,24%) e Pernambuco (61,84%).

Em relação ao Brasil, o estado cearense apresentava, em 2016, percentual abaixo do alcançado pelo país. Em 2017, houve uma melhoria dessa taxa fazendo com que o estado ultrapassasse o resultado brasileiro que foi de 68,37%.

Ensino Médio concluído
Os dados da PNAD também demonstram um crescimento no número de jovens com 19 anos de idade que concluíram o Ensino Médio no Ceará. Enquanto a porcentagem de estudantes que concluíram a última etapa da Educação Básica era de 55,8% em 2016, no ano seguinte o percentual atingiu 58%. A pesquisa do IBGE coloca, ainda, o Estado em primeiro lugar quando comparado à Região Nordeste, que atingiu 49,7%.

O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), desenvolve diversas ações para promover a qualidade da educação e assim garantir a melhoria do atendimento aos que ingressam nas escolas estaduais. A rede pública estadual de ensino do Ceará apresentou redução histórica do abandono escolar em uma década. A taxa em 2007 alcançou os 16,4%, baixando para 6,6% no ano passado.

Estrutura e Aprendizagem
O parque escolar da rede estadual vem passando por transformações essenciais. Foram construídos e reformados diversos espaços com o objetivo de propiciar um melhor desempenho aos profissionais das escolas e alunos. De 2015 até agora, foram entregues 44 novas escolas, 24 quadras e ginásios poliesportivos e 22 Centros de Educação Infantil. Mais de 100 novos equipamentos educacionais estão em construção para ampliar o atendimento e a permanência do aluno na escola.

Além do esforço diário dos professores, servidores e gestores nas escolas, a atual gestão vem desenvolvendo ações destinadas à melhoria da aprendizagem com o monitoramento da infrequência dos alunos, por meio das salas de situação de cada Regional; a atuação do Projeto Professor Diretor de Turma e a parceria com organismos como Conselhos Tutelares e Ministério Público.

Aproximar família e escola e fortalecer as competências socioemocionais dos estudantes também são fatores que contribuem para que os alunos finalizem seus estudos com sucesso.

Nenhum comentário: