TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Governo publica em edição extra do DO medidas do acordo com caminhoneiros

O governo federal publicou no fim da noite deste domingo (27), em edição extra do Diário Oficial, as três medidas provisórias (MPs) prometidas pelo presidente Michel Temer (MP) aos caminhoneiros, que completaram uma semana em paralisação. No pronunciamento, feito mais cedo, Temer prometeu, entre outras coisas, reduzir em R$ 0,46 o preço do litro do óleo diesel nas bombas.

A primeira MP determina que 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sejam feitos por caminhoneiros autônomos contratados através de cooperativas, associações ou entidades sindicais.

A segunda medida trata sobre a instituição da política de preços mínimos para o transporte rodoviário de cargas. A terceira MP prevê a isenção de cobrança em pedágios para veículos com eixos suspensos que estiverem circulando vazios em rodovias federais, estaduais e municipais, concedidas à iniciativa privada.

Apesar do anúncio feito pelo governo, caminhoneiros continuaram protestando e bloqueando estradas pelo país na manhã desta segunda-feira (28). Segundo o jornal "Folha de S.Paulo", uma das principais lideranças do movimento dos caminhoneiros, o presidente da Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros), José da Fonseca Lopes, afirmou que, com o acordo firmado com o governo, o "assunto está resolvido".

A redução no valor do preço do diesel vale por 60 dias, era uma das principais exigências da caategoria. "Essa redução corresponde aos valores do PIS/Cofins e da Cide somados", afirmou Temer.

Uol

Nenhum comentário: