TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 14 de abril de 2018

Jovem se finge de morto e escapa de execução após ser sequestrado e torturado por colegas de facção em RR

Dois jovens foram presos nesta sexta-feira (13) por sequestrar, torturar e tentar executar um colega de facção criminosa que se fingiu de morto para escapar da ação. A tentativa de homicídio foi durante esta madrugada, em Boa Vista.

De acordo com delegado Cristiano Camapum, titular da Delegacia Geral de Homicídio, a vítima passou por um 'tribunal do crime', levou três facadas nas costas e iria ser executado no Anel Viário, na zona Oeste da capital.

Os presos, identificados como Gilvan Barroso e Arlisson Fábio de Oliveira, ambos de 23 anos, integram uma organização que atua dentro e fora dos presídios de Roraima, de acordo com o delegado. Eles queriam matar o colega, de 20 anos, por divergências dentro do mesmo grupo.

A vítima foi sequestrada na noite de quinta-feira (12) no bairro Jardim Caranã, zona Oeste de Boa Vista por volta das 19h.

“Tudo indica que ele [vítima] queria passar de lado [mudar de organização]. Então, foi sequestrado, passou por um 'tribunal do crime', foi torturado, levou três facadas e quando estava sendo levado em uma carroceria de uma picape para ser executado, ele pulou do carro ainda em movimento”, detalha o delegado.

Os suspeitos só perceberam que o jovem tinha escapado quando chegaram ao Anel Viário, local onde ocorreria a execução e o corpo seria abandonado, na zona Oeste da cidade.

Após escapar sem ser visto, o rapaz ainda ferido se dirigiu à casa de um parente que mora na proximidades e pediu ajuda. Ele foi levado ao Hospital Geral de Roraima às 5h desta sexta e saiu às 10h para ir à Delegacia Geral de Homicídios onde prestou depoimento e denunciou a tentativa de execução.

Segundo o delegado, o primeiro ser preso foi Barroso após a família da vítima denunciar o paradeiro dele à Polícia Militar. Ele foi levado na madrugada desta sexta para a Central de Flagrantes, no 5º Distrito Policial, por envolvimento no sequestro e depois encaminhado à DGH. Já Oliveira foi preso na manhã de sexta, no bairro Cidade Satélite. 

G1

Nenhum comentário: