TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

domingo, 8 de abril de 2018

Chuva intensa causa estragos no Interior; Russas registra 135 milímetros

Com quase todos os municípios cearenses registrando chuvas abaixo do que costuma ser visto nos meses de abril, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) observou precipitação em pelo menos 59 cidades nas últimas 24 horas, sendo a maior em Russas, com 135 milímetros. Os dados ainda são parciais.

Outras chuvas expressivas foram observadas em:

- Novo Oriente (122 mm);
- Jaguaretama (86.2 mm);
- Alto Santo (85.8 mm);
- Morada Nova (85.2 mm);
- Limoeiro do Norte (79 mm);
- Aracati (76 mm);
- Monsenhor Tabosa (75 mm).

A chuva no município de Novo Oriente causou estragos, durante a madrugada. O Centro da cidade ficou totalmente alagado e comerciantes tiveram prejuízo.

Moradores também fizeram vídeos do momento da chuva naquela cidade, que mostram casas invadidas pela água. Na avenida São Francisco, uma outra moradora flagrou a chuva arrastando o carregamento de melancia da feira local.

"A chuva foi anormal. Foi de assustar. As bicas não comportavam tanta água e os esgostos também não deram conta", relata Albedio Sales.

Previsão

Até estes primeiros dias de abril, de acordo com os dados da Funceme, quase todos os municípios estão com chuvas abaixo do que é considerado normal para o mês, exceto Campos Sales, na macroregião do Sertão Central e Inhamuns. No mês, a cidade cearense registrou chuva de 137.1 mm, 13,2% acima da média considerada para o município.

Ainda de acordo com a Funceme, a previsão para este domingo (8) é de céu nublado com chuva no Centro Sul cearense e na Serra da Ibiapaba. Nas demais áreas, como Litoral Norte, Litoral do Pecém, Litoral de Fortaleza e Maciço de Baturité, a expectativa é de nebulosidade variável com eventos de chuva.

Para os próximos dois dias, a expectativa é de céu nublado com precipitação em todas as regiões do Estado. Isso se deve a um Cavado de Altos Níveis (CAN) na costa leste do Nordeste e áreas de instabilidade associadas à Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que é uma banda de nuvens que circunda a faixa equatorial do globo terrestre.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: