TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 21 de março de 2018

Jogos da última rodada do hegaxonal do Campeonato Cearense são mantidos, mas com várias condições

Éverson
A última rodada da segunda fase do Campeonato Cearense está confirmada para esta quinta-feira (22), às 21h. Ceará X Floresta (Presidente Vargas), Fortaleza X Ferroviário (Arena Castelão) e Iguatu X Uniclinic (Estádio Morenão). Representantes de Ceará, Fortaleza, Ferroviário e Sindicato dos Atletas de Futebol do Ceará (Safece) e Federação Cearense de Futebol (FCF) estiveram presentes no Ministério Público do Trabalho (MPT) e entraram em acordo para as datas seguissem como estão.

No entanto, algumas condições foram impostas e acordadas pelas partes. A primeira delas é que 4 jogadores de Ceará e Ferroviário (1 goleiro obrigatoriamente) poderão atuar na rodada de amanhã, mesmo tendo jogado em intervalo menor que 66 horas.

A segunda condição é que esses atletas (com exceção do goleiro) não possam atuar 180 minutos durante esse intervalo. A terceira condição é que os nomes deverão ser informados antes da bola rolar, junto a um laudo médico que comprove que os atletas têm condições de jogo.

A reunião foi conduzida pelo mediador do MPT, procurador Ricardo Araújo Cozer. Estiveram presentes representantes de Ceará, Fortaleza, Ferroviário, Safece e FCF. O presidente da Safece, Marcos Gaúcho, se mostrou descontente com o resultado da reunião. "Foi um empate com sabor de derrota. Apesar de saber que lutamos uma boa batalha. Tudo foi feito em conversa com os atletas. O procurador escuta as partes. Foi alegado de não ter final. Ele sugeriu que os times deveriam manter as rodadas e que os clubes colocariam jogadores diferentes. Mantivemos a postura. Não deixou de ser uma saída coletiva, impedindo que o campeonato não terminasse", avaliou.

Decisão tem reflexo dentro de campo

Na prática, do elenco do Ceará que empatou ontem contra o CSA, 3 atletas e o goleiro Éverson poderão atuar contra o Floresta. Porém, se algum deles tiver jogado todos os 90 minutos em Maceió, terá de ser substituído obrigatoriamente, com do exceção goleiro (no caso Éverson). A mesma situação acontece com os atletas do Ferroviário que entrarão em campo contra o Vitória, hoje, às 19h.

Se descumprirem o que foi acordado no Ministério Público do Trabalho (MPT), Ceará ou Ferroviário poderão sofrer punições na esfera trabalhista.

DN Online

Nenhum comentário: