TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 10 de março de 2018

Atraso de obra na CE 375 na chegada a Iguatu gera transtornos

Moradores de Iguatu reclamam da demora na conclusão de um trecho de apenas 300 metros da rodovia CE 375 entre a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) e a fábrica de alumínio São Salvador (antiga Inácio Parente), na cidade de Iguatu.

A rodovia CE 375 no trecho entre Iguatu e Jucás está em obra deste o ano passado.

A obra projeta uma rotatório na Avenida Perimetral, mas há cerca de três meses após o início, os serviços não foram concluídos e estão paralisados. “Isso é um absurdo, é um trecho pequeno, mas a empresa não consegue concluir”, observou o empresário, José Mota Luciano (Dedé Duquesa), presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Iguatu. “Operários e máquinas foram embora”.
No período de chuva, o trecho fica enlameado e nos dias secos a poeira sobe, trazendo transtornos para os moradores, que chegam ou saem da cidade de Iguatu.

Os moradores apelam para que o Departamento Estadual de Rodovias (DER) entre em contato com a empresa responsável pela obra, solicitando a conclusão dos serviços.

A OBRA

As obras de recuperação da rodovia CE-375, no trecho que liga Iguatu à Jucás, avançam com mais de 80% dos serviços concluídos. Os 30,8 quilômetros recebem serviços de movimentação de terra, drenagem, pavimentação, obras d’artes correntes, sinalizações (horizontal e vertical) e proteção ambiental, em mais uma iniciativa do Ceará de Ponta a Ponta, o Programa de Logística e Estradas do Ceará.

De acordo com o diretor de engenharia rodoviária do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Quirino Ponte, a estimativa de conclusão da obra é para o primeiro semestre de 2018. A obra tem orçamento de R$ 22 milhões, financiados pelo BID e Tesouro Estadual.

Diário Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: