TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Jungmann troca comando da PF após conversa com Temer

Rogério Galloro, que assumirá o comanda da Polícia Federal após saída de Segovia
O ministro Extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann, demitiu nesta terça-feira (27) Fernando Segovia da direção-geral da Polícia Federal e convidou o atual secretário nacional de Segurança Pública, delegado Rogério Galloro, para assumir o cargo.

Por volta das 18h desta terça, Galloro estava reunido com toda a sua equipe na sede do Ministério da Justiça, em Brasília. Segundo o jornal "Folha de S.Paulo", Segovia foi pego de surpresa com o anúncio.

A troca do comando da PF já era estudada havia alguns dias e foi definida após conversa de Jungmann com o presidente da República, Michel Temer (MDB). O ministro esperou para anunciar a decisão após tomar posse no Ministério da Segurança Pública – o que aconteceu nesta terça.

Galloro assumiu a Secretaria Nacional de Justiça, subordinada ao então Ministério da Justiça e Segurança Pública, em 22 de novembro do ano passado. Antes, era o número 2 da Polícia Federal na gestão do ex-diretor-geral Leandro Daiello.

Galloro também era o preferido do ministro da Justiça, Torquato Jardim, para comandar a Polícia Federal quando Daiello deixou o posto. Mas, naquele momento, Temer preferiu Segovia, indicado pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, e pelo ex-presidente da República José Sarney.

De acordo com um assessor de Temer, a mudança não foi motivada pelas polêmicas em que Segovia se viu envolvido nos últimos meses. Para ele, a troca tem caráter "político" de Jungmann querer trabalhar com uma nova equipe própria no ministério recém-criado.

Após uma série de polêmicas nas quais se envolveu, Segovia se comprometeu, no último dia 19, com o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Roberto Barroso a não fazer qualquer manifestação pública sobre as investigações contra Temer. Desde então, ele não se pronuncia publicamente.

Uol

Nenhum comentário: