segunda-feira, 19 de junho de 2017

Temer processa Joesley por calúnia e danos morais após ser chamado de "chefe de quadrilha"

O presidente Michel Temer (PMDB) durante pronunciamento no Planalto
O presidente Michel Temer (PMDB) apresentou nesta segunda-feira (19) uma ação criminal contra o empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo JBS, pelo crime de calúnia.

A ação já havia sido anunciada pelo Planalto em nota oficial divulgada neste fim de semana, após ser publicada entrevista de Joesley à revista "Época" na qual o empresário afirma que Temer seria o "chefe da quadrilha".

O presidente também processou o empresário por danos morais, em ação apresentada no Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

A ação por calúnia tramita na 12ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal e foi apresentada por volta das 14h50 de hoje.

Uol
Postar um comentário