segunda-feira, 22 de maio de 2017

Caos na saúde de Acopiara: jovem mãe perde bebê após contrair a febre Chikungunya

Enquanto a Prefeitura Municipal de Acopiara através da Secretaria da Saúde tenta encobrir ou esconder a grave epidemia de febre Chikungunya instalada no município, crianças, jovens e adultos estão morrendo vítimas da doença. 

Neste final de semana, a jovem mãe Maria Diana, moradora do bairro Moreira, perdeu o seu bebê após contrair a febre Chikungunya. 

Ela precisou fazer um parto de urgência no Hospital Regional de Iguatu, porém a sua filhinha não resistiu e veio a óbito. 

Familiares relataram que após a jovem mãe ser acometida pela doença, a criança se movimentava no seu ventre com se estivesse agonizando. 

Muitas pessoas estão morrendo em Acopiara vítimas da epidemia da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, porém as autoridades municipais permanecem caladas em relação ao número de óbitos ocasionado pelas arboviroses.

O prefeito municipal que deveria fazer alguma coisa para amenizar a situação continua descansando em alguma parte do mundo. No Hospital Geral, o único da cidade, apenas um médico faz o trabalho de atendimento, estimulando que as pessoas se automediquem. 

Na grande maioria das unidades básicas de saúde não existe médicos para realizar o atendimento da população. O caos na saúde deve levar muita gente a morte. Acorda prefeito!
Postar um comentário