sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Número de parlamentares candidatos às eleições municipais é inferior à média

Divulgação
Dentre os candidatos a prefeitos das eleições deste ano, há 76 parlamentares no exercício do mandato – 74 deputados e dois senadores. O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) – autor do levantamento – diz que o número de parlamentares candidatos está abaixo da média histórica de 89 nomes.

Dos deputados que concorrem, 66 são candidatos a prefeito e oito a vice-prefeito, e os dois senadores concorrem ao cargo de prefeito de São Paulo e do Rio de Janeiro - Marta Suplicy, Marcelo Crivella, respectivamente. Além dos dois senadores, a maioria dos parlamentares disputa Prefeituras de capitais e de cidades de médio e grande portes.

De acordo com a Diap, dentre os motivos para a queda no número de parlamentares candidatos estão: fim do financiamento empresarial de campanha, desgaste da imagem dos parlamentares, a difícil situação financeira dos Municípios, em razão da recessão e da crise econômica. Muitos não conseguem pagar sequer a folha de pessoal.

Os partidos com maior número de deputados candidatos são o PSDB, com 11, seguido do PMDB e PT, com nove cada. O PCdoB, com seis, supera partidos como o PR, o PSB e o PTB, com cinco cada. O PSol lançou quatro candidatos, o mesmo número do PRB. Com três candidatos estão o PSD e o DEM. Lançaram apenas dois candidatos o SD, o PPS e o PDT. Com um candidato estão o PP, Rede, o PHS e o Pros. Segundo o Diap, cada partido tem um objetivo particular ao lançar candidatos às Prefeituras.

Agência Câmara
Postar um comentário