TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

domingo, 4 de abril de 2021

Municípios cearenses na lista dos que não receberam novas vacinas contra Covid-19 se manifestam sobre decisão do TRF-5

Prefeituras de cidades cearenses que não receberiam novas doses de vacinas contra a Covid-19 por não atingirem a meta de 85% de vacinação na primeira fase se manifestaram sobre a medida. A retenção das doses, que seriam enviadas já nesta sexta-feira (2) aos 37 municípios que estão na lista, se deu após uma determinação do Tribunal Regional Federal (TRF-5), publicada no dia 21 de março. A decisão foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

As vacinas retidas são as direcionadas para primeira dose. As de segunda dose continuaram sendo enviadas pelo governo do estado.

Nesta quinta-feira (1º), o Ceará recebeu mais de 370 mil doses de vacinas, o maior lote desde o início da distribuição dos imunizantes. Conforme a Sesa, à medida que os municípios fossem alcançando a meta estabelecida pelo TRF-5, receberiam as doses retidas por decisão da Justiça. Algumas cidades, no entanto, justificam afirmando que houve uma falha na atualização do Vacinômetro, onde consta o número de vacinados de cada cidade. Por isso a meta de 85% dos vacinados não teria sido alcançada.

O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems) afirmou em nota que a decisão judicial desconsiderou fatores como estrutura técnica e região geográfica, problemas enfrentados por diversas cidades do Ceará.

"A suspensão do recebimento das doses de última hora, sem dialogar com os municípios sobre seus indicadores de doses aplicadas, não colabora com nosso esforço coletivo de vacinação em massa para sairmos da situação em que nos encontramos", disse o conselho.

A Sesa, por sua vez, alegou que estabeleceu canais de comunicação com os 184 municípios cearenses, exclusivos para fins de vacinação contra a Covid-19, onde são tratados, desde janeiro de 2021, detalhes de logística de entrega e do monitoramento das aplicações. Todos os dados detalhados por municípios são atualizados diariamente no Vacinômetro do site da Sesa.

G1/CE

Nenhum comentário: