TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 22 de março de 2021

Auxílio emergencial 2021: Beneficiário poderá consultar se receberá a partir de abril

A partir do dia 1º de abril, o trabalhador informal conseguirá fazer a consulta se irá receber o auxílio emergencial 2021. A informação sobre a consulta da nova rodada do programa foi confirmada na última sexta-feira (19) pelo Ministério da Cidadania.

O ministério afirmou que a elegibilidade ao programa este ano será analisada pela Dataprev e a previsão é de que o resultado possa ser consultado a partir do dia 1 de abril no Portal de Consultas da Dataprev.

Para fazer a consulta, o beneficiário deve informar no site o seu nome completo, Cadastro de Pessoa Física (CPF), nome da mãe e data de nascimento. A nova rodada do auxílio emergencial não permite novos cadastros e a análise será feita entre os beneficiários de 2020.

“O auxílio emergencial 2021 será concedido ao trabalhador que estava recebendo, em dezembro de 2020 e que cumpra as regras publicadas na Medida Provisória 1039”, diz o texto divulgado pelo Ministério da Cidadania.

Quais são as regras?

Na última quinta-feira (18), o governo divulgou as regras e requisitos para o auxílio emergencial 2021. Uma das principais diferenças da nova rodada é o limite de pagamento para uma pessoa por família. Além disso, as novas parcelas de pagamento variam entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375.

Os beneficiários inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) serão os primeiros a receber a nova rodada. O calendário de pagamentos, tanto de depósito quanto de saque, será divulgado em breve pelo Ministério da Cidadania e pela Caixa Econômica Federal (CEF), responsável pelos pagamentos. Beneficiários do Bolsa Família receberão o pagamento da primeira parcela entre 16 e 30 de abril. Atualmente, o grupo recebe pagamento do Bolsa.

Como aconteceu em 2020, o auxílio emergencial deve ser inicialmente pago em conta poupança social digital da Caixa e só posteriormente a transferência e saque devem ser liberados.

Nenhum comentário: