TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

No atual ritmo de vacinação, Ceará levaria até dezembro para imunizar pessoas dos grupos prioritários

Até o momento, no Brasil, só há vacina contra a Covid-19 disponível para as pessoas incluídas na primeira etapa dos grupos prioritários e, ainda assim, a quantidade é insuficiente. No Ceará, em 15 dias - a contar de 20 de janeiro quando oficialmente todas as cidades estavam com o imunizante - 137.156 pessoas foram vacinadas, segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), ou seja, 61% das doses foram aplicadas, o que representa uma média de 9,1 mil novas pessoas vacinadas por dia. 

Essa é uma campanha atípica, e a baixa quantidade de vacinas afeta o ritmo de imunização. Até agora, nos 184 municípios, foram distribuídas 223.450 doses para vacinar trabalhadores da saúde (prioridade para os da linha de frente contra a Covid), indígenas, idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, e idosos com 75 anos ou mais. 

No Ceará, a considerar a velocidade de imunização experimentada nesses 15 dias, nas 184 cidades, e a atual disponibilidade de imunizantes, o cálculo é de que seriam necessários 344 dias para garantir a aplicação da primeira dose da vacina apenas nas pessoas do grupo prioritário. Ou seja, somente no dia 2 de dezembro de 2021 é que a vacinação dos 2.894.433 inclusos nos grupos prioritários seria finalizada.

DN

Nenhum comentário: