TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sábado, 23 de janeiro de 2021

TJCE julgou mais de 945 mil processos em dois anos

Nos últimos dois anos, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) julgou 945. 631 processos e realizou quase um milhão de baixas processuais (999.400). Somente em 2020, mesmo em período de pandemia, o órgão diminuiu mais de 100 mil ações do acervo processual. Os dados foram divulgados na manhã desta sexta, 22, durante coletiva de imprensa.

O TJ também ficou em 9° lugar na produção de sentenças e acórdãos entre todos os tribunais do Brasil e ficou em 4° lugar entre os tribunais de médio porte. O órgão também subiu de 27° para 18° no ranking do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Gestão 2019 - 2021

No biênio 2019-2020 foram julgados 945. 631 processos e quase um milhão de baixas processuais. Nesse mesmo período, o órgão investiu em algumas melhoras tecnológicas, como o Programa de Modernização do Poder Judiciário do Estado do Ceará, que otimiza os procedimentos e aumenta a automação dos processos de trabalho.

Todos os processos foram digitalizados e migraram para o sistema eletrônico, o que traz agilidade.

Já em relação à estrutura física, houve o aumento do número de fóruns no estado: Fórum Várzea Alegre (finalizado), Uruburetama e Senador Pompeu (obras avançadas) e o de Santa Quitéria (que está com mais de 70% das obras concluídas).

Alguns fóruns foram reformados e ampliados. Um dos projetos é a instalação de usina solar e climatização do Fórum Clóvis Beviláqua.

Conforme o TJCE, essa reestruturação não gera aumento de despesas e deve dar celeridade aos processos e maior qualidade nas decisões judiciais. Haverá também a elevação de Comarcas. As Comarcas de Tauá, Quixadá e Iguatu serão elevadas à condição de Entrância Final.

O POVO Online

Nenhum comentário: