TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

PF faz buscas em Iguatu no escritório do candidato e ex-prefeito Agenor

Agentes da Polícia Federal cumprem na manhã desta sexta-feira (6), mandados judiciais de busca e apreensão na cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do estado do Ceará (a 377Km de Fortaleza). 

A operação se concentra no escritório de apoio da campanha eleitoral do ex-prefeito daquele Município, Agenor Neto (PMDB), candidato novamente ao cargo.  As primeiras informações apontam que os policiais federais, da Superintendência do órgão, em Fortaleza, e da Delegacia de Juazeiro do Norte, buscam a coleta de provas nas investigações que apontam crimes eleitorais como possível compra de votos e contratação irregular de policiais militares.

A operação acontece em pleno Centro de Iguatu, no escritório que fica localizado vizinho à Rádio Liberdade, emissora também de propriedade do ex-prefeito e candidato, na Rua Doutor João Pessoa, a cerca de 100 metros da Praça da Matriz de Senhora Santana. 

O quarteirão inteiro onde estão localizados o escritório do deputado e sua emissora está interditado por quatro viaturas da PF. Os policiais estão em busca de dinheiro e documentos, conforme revelou uma fonte no local da operação. Uma delegada da PF comanda a operação. Campanha acirrada.  O clima da campanha eleitoral em Iguatu é um dos mais acirrados do estado. Há duas semanas, um radialista ativista da campanha do atual prefeito do Município, Ednaldo Lavor (PSD), denunciou ter sofrido uma tentativa de sequestro por parte de dois policiais militares à paisana, que acabaram sendo detidos e encaminhados à Delegacia Regional da Polícia Civil. 


 Apesar do clima tenso na campanha, Iguatu não está na lista das 10 cidades do Ceará que receberão reforço na Segurança Pública de tropas federais nas eleições. De acordo com o Superior Tribunal Eleitoral (TSE), serão deslocadas tropas federais na próxima semana para os seguintes Municípios cearenses: Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral, Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Pacajus, Horizonte e Itaitinga.

Nenhum comentário: