TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

CE tem altas taxas de abandono das vacinas de tríplice viral e pólio


A garantia de uma única dose de vacina para cada membro de um público-alvo já é motivo de preocupação para o Sistema de Saúde. Quando a imunização depende de múltiplas doses, o desafio é ainda maior. Essa adesão - ou frequência com a qual o calendário de vacinas é cumprido - é monitorada de perto pelo Estado, e, atualmente, duas demandam mais atenção: a da tríplice viral e a da poliomielite. 

O "termômetro" usado para verificar essa adesão é a taxa de abandono vacinal, e vale somente para aquelas que são aplicadas em mais de uma dose. O valor é percentual, e, para avaliá-lo, são utilizados os parâmetros do Programa Nacional de Imunização (PNI). Assim, se a taxa for menor que 5%, é considerada baixa; se for igual ou maior que 5%, mas inferior a 10%, é média; e caso iguale ou ultrapasse os 10%, é considerada alta.

Nenhum comentário: