TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Lula chama Bolsonaro de ‘charlatão’ por incentivo à cloroquina e diz que PT vai ‘voltar forte’ em 2022

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro com relação ao uso da hidroxicloroquina. Diagnosticado com Covid-19 há quase três semanas, o atual chefe do Executivo vem se tratando com o medicamento, mesmo sem comprovação de eficácia científica para o combate da doença. Bolsonaro também incentiva o uso da cloroquina nos pacientes, e chegou a declarar que “tem conversado com médicos renomados que dizem que, na sua experiência e observação, a cloroquina tem dado certo”.

Em uma reunião do Diretório Nacional do PT, Lula chamou o presidente de “charlatão” e pediu que os médicos do país se mobilizem contra a aplicação do remédio. Para ele, as entidades ligadas à medicina não deveriam assistir passivamente à situação. “Isso é um atentado á vida. Isso é um convite à morte, porque não é possível um cara que ‘mal e porcamente’ foi tenente do Exército e foi expulso, queira dar lições de remédio à ciência do mundo inteiro, um remédio que ninguém acredita, mas que ele acredita que é bom”, disse.

Lula minimizou as críticas que são dirigidas ao PT e afirmou que 90% delas ocorrem pelas coisas boas que o partido fez, e não pelas ruins. O petista disse, ainda, que a legenda está mais viva do que nunca, e prometeu que o PT vai chegar forte para a disputa presidencial em 2022. “E aqui aqueles que tem medo do PT saibam que estamos preparando para voltar em 2022 a governar esse País, a começar por ganhar prefeituras importantes.”

Apesar do otimismo do ex-presidente, uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 24, pelo Instituto Paraná Pesquisas mostrou que, num hipotético segundo turno, Bolsonaro seria eleito em todos os cenários. Diante de Fernando Haddad (PT), o presidente venceria por 46,6% contra 32%. Contra Lula, a vitória seria de 45,6% versus 36,4%.

Nenhum comentário: