TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 20 de julho de 2020

Governo prevê mais três fases especiais para retomada da economia

Com a meta de decidir ainda nesta semana novas estratégias para o retorno de atividades que não puderam voltar com o início da fase 4 do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais em Fortaleza hoje, o Governo do Ceará trabalha com a hipótese de incluir mais três fases especiais no plano. Elas agregariam os segmentos que ainda não foram autorizados a reabrir - o que inclui aulas presenciais, academias, bares, eventos e cinemas -, mas ainda não há nada fechado.

A informação é de Flávio Ataliba, secretário executivo de Planejamento e Orçamento da Secretaria de Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag). "Nós estamos pensando em três fases em que cada uma dessas atividades seja contemplada em uma delas. Um pouco de tudo em cada fase, mas isso está sendo discutido ainda. A primeira fase começaria com parte das academias, número restrito de bares, alguns eventos e algumas séries de escolas, por exemplo", revela o secretário.

Ele explica que as novas fases não são a continuação do plano. "Inclusive porque muitas dessas atividades já estão funcionando como as escolas com aulas a distância", explica Ataliba, destacando que as novas etapas têm como objetivo evitar uma segunda onda da Covid-19.

Segundo ele, nenhuma decisão a respeito do assunto foi tomada ainda e o Governo do Estado volta a sentar na mesa com representantes desses setores a partir de hoje, começando com uma nova reunião com a área educacional à tarde.

Aulas presenciais

"O faseamento se daria em três fases, mas posso adiantar que aquelas séries de final de etapa - como 3º ano do Ensino Médio e 5º ano do Ensino Fundamental 1 - venham primeiro. Isso já é um alinhamento. Os representantes acham que essas séries voltam logo. Os anos finais já voltariam na primeira fase", acrescenta.

O secretário ainda diz ser provável que o Ensino Fundamental 2 (do 6º ao 9º ano) deva voltar na segunda fase, com o Ensino Superior completando a terceira fase. "Talvez isso aconteça na segunda fase. Estamos em negociação e colocando as possibilidades, mas já existe um certo consenso. O Ensino Superior e de Pós-graduação, como estão funcionando, de certa forma, com o Ensino à Distância (EAD), voltam por último. Isso está sendo discutido com os reitores, e estamos no desenho", diz o secretário.

Ataliba acrescenta que a partir de hoje as discussões devem se concentrar em dois aspectos: quando volta e quando tem início a primeira fase.

"É importante neste momento você ter uma data, porque ela dá uma previsibilidade para as pessoas. O segundo ponto é quanto tempo teríamos de uma fase para outra? Catorze dias ou sete dias? Estamos neste processo de discussão e eu acho que podemos ter isso nesta segunda-feira".

Nenhum comentário: