TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 2 de junho de 2020

Ceará entrega EPIs, e Perícia Forense pode voltar a realizar necrópsias após dois meses

O Governo do Ceará, forneceu no sábado (30) 36.500 equipamentos de proteção individual (EPIs) à Perícia Forense do Ceará (Pefoce), que poderá voltar a realizar a necrópsia nos corpos das vítimas de crimes violentos depois de dois meses. A atividade estava suspensa desde 27 de março, para evitar o contágio por Covid-19.

O fornecimento do material foi feito após uma recomendação do Ministério Público do Ceará (MPCE), em 26 de maio. Conforme o órgão, a falta dos equipamentos colocava em risco os funcionários da Perícia Forense a uma eventual contaminação pelo novo coronavírus e outros patógenos.

Segundo o MPCE, a Secretaria da Saúde entregou 15 mil máscaras e 21.500 aventais de manga longa. O material foi distribuído nesta segunda-feira (1º), nas coordenações e núcleos do Instituto Médico Legal (IML) de Fortaleza e interior do Ceará.

A promotora de Justiça Fernanda Marinho, uma das responsáveis pela recomendação, afirma que 850 homicídios ficaram sem os exames periciais internos, devido à falta de máscaras. "A não realização do exame de corpo de delito cadavérico pode ocasionar uma eventual absolvição injusta de um réu culpado, pautada em uma investigação criminal incompleta", diz.

Nenhum comentário: