TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

segunda-feira, 15 de junho de 2020

43% dos exames para Covid-19 dão resultado positivo no Ceará

No Ceará, menos da metade dos testes de Covid-19 deram positivo para o novo coronavírus SARS-CoV-2. Conforme a plataforma IntegraSUS, atualizada às 17h27 de ontem, dos 177.717 exames laboratoriais realizados, 76.833 confirmaram a doença pandêmica, o que corresponde a 43,2%.

A média atual é inferior aos últimos dois meses. No dia 14 de maio, quando o Estado tinha 50.184 pessoas infectadas e 73.110 testes, o índice de diagnósticos positivos era de 68,6%. Já em 14 de abril, 53,9% dos 15.431 exames detectaram a presença do vírus.

Além dos mais de 76 mil casos, o Ceará contabiliza 4.885 vidas perdidas em decorrência da Covid-19. Isso quer dizer que 6,3% dos contaminados evoluíram para óbito. A taxa de letalidade é de 6,4%. Por outro lado, 56.352 (73,3%) estão recuperados da doença.

O boletim epidemiológico informa ainda que a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) investiga outros 53.092 casos suspeitos. Dos resultados já entregues aos pacientes, 107.050 notificados por meio do teste rápido, 65.635 (RT PCR) e 5.026 (Sorologia).

Descumprimento

Fortaleza ainda reúne os maiores indicadores da Covid-19. São 30.426 casos e 2.854 mortes, o que resulta em 9,4% de letalidade, acima três pontos percentuais da média estadual. A cidade tem 21.613 pessoas com alta hospitalar.

Embora o contágio tenha desacelerado na Capital, a orientação sanitária de isolamento e uso de máscara continuam. Desde que iniciou-se a execução do plano de retomada das atividades econômicas, contudo, a medida vem sendo descumprida. Parte do comércio foi autorizada a funcionar, mas passeios em locais públicos, não.

Por causa da aglomeração de banhistas ontem na Praia de Iracema, o governador Camilo Santana voltou a alertar nas redes sociais que o cenário ainda não é normalidade. "O processo de retomada econômica só avançará se os números da Covid não voltarem a subir. E isso só ocorrerá se houver a conscientização de todos", reforçou.

Ainda na publicação, o chefe do Executivo Estadual disse que conversou com o prefeito Roberto Cláudio sobre o reforço da fiscalização nas áreas de lazer, já que a população só deve sair de casa para cumprir serviços essenciais. "As pessoas precisam trabalhar. Mas, sem a saúde sob controle, não há como seguir a vida normal", complementou.

Propagação

A lista dos cinco municípios com alta quantidade de infecções causadas pelo SARS-CoV-2 permanece a mesma há algumas semanas. Depois da Capital, estão Sobral, na Região Norte, que tem 3.862 casos; Caucaia (2.974), Maracanaú (2.658) e Itapipoca (1.328).

De acordo com a Sesa, 35.705 contaminados no Ceará se declaram pardos (46,4); 8.799 brancos, 6.789 amarelos, 1.178 pretos e 264 indígenas. Outros 24.098 pacientes não tiveram a raça/cor informada. Já a faixa etária mais acometida pela doença é a de pessoas entre 35 a 39 anos, que somam 8.276 casos.

Nenhum comentário: