TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 19 de maio de 2020

16,8% dos casos Covid-19 no Ceará são de profissionais da saúde

O Ceará já tem 26.363 casos confirmados de Covid-19, conforme a última atualização referente à situações epidemiológica da doença feita, às 17h20 de ontem, no IntegraSUS, plataforma da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Desse total, 4.453 são em profissionais da saúde: técnicos ou auxiliares de enfermagem, enfermeiros, médicos, recepcionistas, fisioterapeutas e agentes de saúde, dentre outros, afetados pelo vírus. A quantidade de trabalhadores que testaram positivo equivale a 16,8% dos pacientes contaminados no Estado. Dos 184 municípios, em 130 há confirmação de trabalhadores dos serviços de saúde infectados.

Nos casos extremos, pelo menos, 12 profissionais morreram de Covid-19 em quatro cidades distintas, segundo dados do IntegraSUS. Já informações do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos em Serviços de Saúde no Estado do Ceará (Sindsaúde-CE)), do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-CE) e do Conselho Regional de Medicina (Cremec-CE) dão conta que o número de óbitos pode ser ainda maior. Conforme as entidades, são 19 profissionais mortos por coronavírus - nessa conta sindicatos e conselhos incluem as mortes de trabalhadores que estavam ou não atuando diretamente nas unidades de saúde em contato com pacientes infectados.

Investigação

Até o momento, segundo dados do IntegraSUS, foram seis mortes de técnicos ou auxiliares de enfermagem, quatro de médicos, uma de profissional da biotecnologia e uma de enfermeiro. Esse profissionais estavam em Fortaleza, Caucaia, Itapipoca e Iguatu. Dos 12 mortos, cinco era mulheres e todas as pessoas tinham mais de 40 anos de idade. Uma linha de frente em constante exposição.

Uma evidência da dimensão dessa vulnerabilidade é que, atualmente, o total de confirmações entre os profissionais (4.453) supera o somatório de casos de Covid-19 em, pelo menos, 10 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Além disso, outros 5.878 casos suspeitos em profissionais seguem em investigação, de acordo com as informações do IntegraSUS. A predominância de contaminação é em técnicos e auxiliares de enfermagem. A cada 10 profissionais da saúde no Ceará com coronavírus, três pertencem a essa categoria profissional.

Nenhum comentário: