TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 20 de março de 2020

Doações de sangue caem 30% após avanço do coronavírus no Ceará

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) registrou uma queda de cerca de 30% no número de doações de sangue, desde que os primeiros casos do novo coronavírus foram anunciados no Estado.

Devido ao avanço da Covid-19 no Ceará e à necessidade do isolamento social, a instituição passou a disponibilizar uma ferramenta online , a partir da qual o doador pode agendar o dia em que pode fazer a doação.

O usuário da plataforma, que passará por atualizações diárias, ainda pode selecionar o local que ficar mais perto de sua casa e, assim, evitar maiores deslocamentos.

O agendamento ficará disponível para doadores da capital cearense e de outros municípios no interior, como Iguatu, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral.

"Estamos aumentando os pontos de atendimento e entrando em contato com alguns parceiros para que a gente possa levar o Hemoce para mais perto das pessoas. Estamos aumentando o horário de atendimento da sede, nos hemocentros regionais e nos nossos postos de coleta para que as pessoas não venham todas juntas fazer doação de sangue", detalha a diretora geral do Hemoce, Luciana Carlos.

A medida tem como objetivo evitar aglomerações e, assim, reduzir o risco de transmissão da doença.

Segundo Luciana Carlos, o total de bolsas de sangue disponíveis hoje atende à demanda, pois a instituição tem um "controle rígido" do estoque.

Porém, se o número de doações continuar a cair ou estagnar, haverá problemas dentro de 10 a 15 dias.

"Não estamos com um estoque ruim, mas a gente precisa manter a coleta principalmente pensando nas plaquetas, que só podem ser usadas até cinco dias depois da coleta. Então, as plaquetas são os componentes que nos preocupam mais".

Nenhum comentário: