TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Policiais presos durante motim passam por audiência de custódia

Os 43 policiais militares presos durante a paralisação da PM por deserção, que é o crime militar para quem abandona o trabalho, passam por uma audiência de custódia na Vara Única Privada de Audiência de Custódia, no Centro de Fortaleza, na manhã desta quinta-feira (27).

Outros três policiais que haviam sido presos por participação em um motim já haviam passado por uma audiência e continuam presos. Já um PM preso por incendiar o carro de uma mulher que criticou a paralisação foi liberado após ser ouvido por um juiz.

Segundo uma fonte do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), a audiência não é diferenciada para os policiais que estiveram amotinados. O procedimento adotado, conforme o órgão, é padrão e é aplicado a qualquer preso. Os 43 PMs foram presos por abandonarem do serviço militar, ao serem convocados e não comparecerem ao trabalho.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, dos 43 presos por abandonar o serviço, 38 se apresentaram espontaneamente no quarte da PM. Cinco policiais foram presos após serem identificados e levados para a unidade militar.

Nenhum comentário: