TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Mais de 10 mil cearenses buscaram Defensoria Pública para ter direito a serviços de saúde em 2019

A busca de pacientes e familiares por fraldas, medicamentos de alto custo, consulta, cadeira de rodas, leito hospitalar, cirurgia e outros insumos e serviços relacionados à saúde pública tem crescido no Ceará. A constatação se reflete nas demandas que chegam à Defensoria Pública do Estado, que contabilizou 6.085 solicitações no Núcleo de Defesa da Saúde (Nudesa), em 2018; e 10.551, em 2019 – um aumento de 73% no período. Os números se referem somente a Fortaleza.

As demandas que se convertem em ações judiciais, contudo, têm diminuído. De acordo com a supervisora do Nudesa, Yamara Lavor, 42% das solicitações (cerca de 3.900) que chegaram ao órgão em 2019 foram resolvidas administrativamente, ou seja, em acordo mútuo com as secretarias de saúde.

Nenhum comentário: