TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Exército anuncia redução de mortes durante motim da PM no Ceará, mas número segue acima da média

O Exército Brasileiro, que assume as operações de segurança no Ceará em aplicação da Garantia da Lei e da Ordem, anunciou nesta quarta-feira (26) uma redução no número de homicídios no estado durante o motim de parte dos policiais militares.

Conforme o coronel do Exército Leônidas Carneiro Júnior, oficial de comunicação das Forças Armadas, a redução é de 35% se comparado o dia em que o Exército começou a atuar no Ceará (sexta-feira, quando ocorreram 37 homicídios) e esta terça-feira (25), quando foram registrados 25 assassinatos. Para citar a redução, o coronel do Exército comparou os dados de terça-feira com sexta, quando o Ceará teve o maior número de homicídios desde 2012.

Somados o balanço da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS) - referente ao período de 19 de fevereiro a 24 de fevereiro - e o dado apresentado pelo Exército (referente ao dia 25), são 195 assassinatos registrados no Ceará desde o início do motim de PMs.

Antes do movimento, o Ceará tinha uma média de oito homicídios por dia neste ano. Ou seja, apesar da redução anunciada pelo Exército, o número de homicídios no estado ainda é três vezes maior que a média deste ano.

Apesar do índice quatro vezes acima da média, o Exército avalia que "a missão está sendo cumprida".

"O efetivo está dando conta, a missão está sendo cumprida. Os número de homicídios foram reduzidos, e a situação está controlada", avaliou o general.

A Secretaria da Segurança Pública informou nesta quarta-feira que não iria mais divulgar oficialmente o número de mortes durante o motim da Polícia Militar. Segundo o coronel do Exército, foram 25 homicídios na terça-feira (25).

Nenhum comentário: