TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Chuvas de janeiro de 2020 superam média histórica para o mês, no Ceará

O mês de janeiro, que faz parte da pré-estação chuvosa no Ceará, termina com saldo positivo no acumulado de precipitações. Dados parciais do calendário de chuvas da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) indicam que, ao longo do mês, choveu 134,9 mm em todo o Estado, ou seja, 36,6% acima do esperado para o período, cuja média histórica é de 98,7 mm.

O órgão lembra que, embora a média tenha sido ultrapassada, os números estão sujeitos a oscilação, para mais ou menos. Eles são atualizados à medida que as informações são enviadas à Funceme.

Em todas as macrorregiões do Ceará, em janeiro choveu mais que a normal climatológica esperada. A do Litoral Norte foi a mais beneficiada com maior intensidade pluviométrica. Houve um desvio positivo de 73,5%, enquanto a média é de 111 mm, choveu 192,5 mm. No Litoral de Fortaleza, foram 148,8 mm, acima dos 97,2 mm esperados para o mês. O desvio foi de 53%. O Cariri teve menor variação (6,4%), mas ainda assim, é a terceira região onde mais choveu: foram 157,8 mm.

Efeitos

O meteorologista da Funceme, Raul Fritz, explica que as chuvas de ontem banharam 110 municípios, sete deles com mais de 100 mm. As precipitações decorrem da aproximação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema que traz chuvas para o Ceará durante a quadra chuvosa (fevereiro a maio), com o litoral. Ela também está associada a um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), um sistema que atua na pré-estação.

Nenhum comentário: