TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Mulher tem vagina dilacerada no momento do parto no Hospital de Acopiara. Caso vem à tona após 1 ano

A imprensa da região centro sul do Ceará, está repercutindo um caso de maus tratos a paciente registrado no Hospital Regional de Acopiara, há um ano. Segundo relatos da senhora Maria Alexandre, a sua nora identificada como Talita, 20 anos, teria dado luz a uma criança, na época, pesando mais de quatro kg, períneo lacerado no parto (parto forçado)

O caso ficou encoberto durante muito tempo pelo fato da dona Maria Alexandre ser servidora pública municipal temporária, ou seja, ela temia perder o emprego. Ela relata também que a secretária da Saúde pediu para que o caso não fosse divulgado nos meios de comunicação porque o prefeito da cidade, Antonio Almeida Neto, tomaria todas as medidas cabíveis, sendo que uma delas seria demissão do médico. 

Durante esse período, a jovem mãe ficou sendo jagada até conseguir na data de 14 de janeiro de 2020, o seu procedimento cirúrgico (períneo), em Fortaleza, para corrigir sua vagina que ficou deformada. Outro agravante é que o deslocamento da paciente foi feito de ônibus por falta de transporte adequado. Dona Maria resolveu colocar a boca no trombone após não suportar o sofrimento da nora. Ela afirma que vai procurar a Justiça para denunciar o caso.

vídeo:

Nenhum comentário: