TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Queda de avião deixa ao menos 14 mortos no Cazaquistão

Resultado de imagem para Queda de avião deixa ao menos 14 mortos no Cazaquistão"
Um avião com cem pessoas a bordo caiu na madrugada desta sexta-feira (27) na cidade de Almaty, no Cazaquistão.

A queda do aparelho da Kazakh airline deixou ao menos 14 mortos, segundo as agências internacionais.

O acidente aconteceu logo após a decolagem da aeronave, informou a prefeitura local. Ao menos 17 pessoas ficaram feridas, sendo oito delas crianças.

Ainda de acordo com informações das autoridades locais, entre os feridos há pessoas "internadas em estado extremamente grave" e as oito crianças sofreram "múltiplos traumas".

O ministério dos Transportes do país revelou que o Fokker-10, da companhia Bek Air, perdeu "altitude após decolar, bateu em um muro de concreto e colidiu contra uma casa de dois andares".

O voo seguia de Almaty para Nursultan (antiga Astana) com 95 passageiros e cinco membros da tripulação.
Resultado de imagem para Queda de avião deixa ao menos 14 mortos no Cazaquistão"
Imagens publicadas pelo comitê de Situações de Emergência mostraram o avião dividido em dois pedaços, com a parte da frente em uma casa de dois andares parcialmente destruída.

A queda ocorreu em uma área muito povoada de Almaty, e ao que parece os destroços do aparelho não se incendiaram. Centenas de socorristas, apoiados por caminhões de bombeiros e ambulâncias, chegaram em pouco tempo ao local, onde havia muita neve.

Em mensagem de condolências publicada no Twitter, o presidente Kassym-Jomart Tokayev declarou que "os responsáveis serão castigados severamente, de acordo com a lei".

A Bek Air se descreve em seu site como a primeira companhia aérea de baixo custo do Cazaquistão, com uma frota de sete Fokker-10, um avião de médio alcance de fabricação holandesa.

O governo cazaque determinou que as aeronaves da companhia permaneçam em terra durante a investigação do acidente.

Folha de S.Paulo

Nenhum comentário: