TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Cid Gomes tira licença do Senado, assume o PDT e agita os bastidores da política cearense

O senador Cid Gomes (PDT) está se licenciando do cargo de senador por 120 dias. O afastamento protocolado, na manhã desta quarta-feira (4), começa no dia 11 de dezembro e é para tratar de interesses particulares, ou seja, ocorre sem remuneração. O suplente, Prisco Bezerra, que é irmão do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT), assume o cargo e será o novo representante do Ceará na Casa.

A decisão do parlamentar tem duas justificativas oficiais e gera grande repercussão na política cearense, pois ocorre no fim do ano pré-eleitoral, em que há muitas especulações a respeito das candidaturas do grupo político comandado por ele e pelo irmão Ciro Gomes, que já está de olho no pleito de 2022 para a Presidência da República.

A primeira justificativa é de que precisa tratar, de fato, de interesses particulares relacionados aos negócios. O segundo, e mais significativo do ponto de vista público, é reestruturar o partido na preparação para o pleito de 2020, que é estratégico para o grupo. Cid vai assumir a presidência estadual do PDT, em substituição ao deputado federal André Figueiredo, que ocupa o cargo há um bom tempo.

Com um mapa político debaixo do braço, Cid vai dar o start na estratégia do partido na Capital e no Interior, fazendo articulações e, inclusive, eventuais mudanças em diretórios municipais da legenda.

Fortaleza

Especulado como candidato à Prefeitura da Capital, o ex-governador do Estado tem sido taxativo ao negar a possibilidade. E reforça, inclusive, que a licença do mandato não tem relação com essa possibilidade.

O PDT tem uma gestão bem avaliada na Capital, terá candidato próprio, mas o nome ainda não foi definido. Fortaleza, no cenário nacional, é prioridade para o partido.

Especulações

A saída temporária de Cid Gomes agita os bastidores da política cearense pela liderança que o ex-governador exerce e num momento em que os liderados especulam, a todo momento, as estratégias para o ano que vem, em que o grupo político fará campanha tendo o governo federal como forte opositor.

Os rumos políticos do Estado e os próximos passos da estratégia do grupo governista foi tema que ganhou força nos bastidores do Poder cearense, desde que o próprio Cid passou a convidar amigos e líderes políticos e empresariais para o aniversário do irmão, prefeito de Sobral, Ivo Gomes, que vai ocorrer no próximo dia 13 de dezembro, na Serra da Meruoca, na região Norte.

Desde então, deputados estaduais e aliados passaram a especular que o evento poderia ser significativo do ponto de vista político por fugir do perfil discreto de Ivo. Alguns especulam até uma possível candidatura do irmão mais novo dos Ferreira Gomes na Capital – ele pode concorrer à reeleição em Sobral, berço político da família. Após o pedido de licença de Cid, aumenta a temperatura das especulações na política cearense.

Nenhum comentário: