TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Em semana de Clássico-Rei, Vovô e Leão traçarão estratégias

O Clássico-Rei entre Ceará e Fortaleza é um jogo à parte, que vale mais do que os três pontos da tabela, pela magnitude dos dois clubes, torcidas e histórias centenárias. Por isso, como não poderia deixar de ser, a semana começa diferente, por iniciar a contagem regressiva para o Clássico-Rei no domingo (10), às 19 horas no Castelão, pela 32ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Mesmo com jogos importantes no meio da semana antes do clássico, o Leão jogando na quarta-feira (6) contra o Corinthians, em Itaquera, às 19h30, e o Vovô recebendo o Internacional no dia seguinte, às 19h30, ambos já respiram a atmosfera do jogo e precisarão de muito planejamento para chegarem no melhor de suas condições no duelo que promete ser decisivo. Afinal, o jogo da 32ª rodada poderá encaminhar uma permanência para o vencedor e dificultar o objetivo para quem perder. Hoje o Fortaleza tem 36 pontos e o Ceará, 33.

E o planejamento do Clássico passa por dosar o desgaste físico, controlar cartões amarelos ou quem sabe até poupar jogadores no meio de semana.
Este trabalho, para Adílson Batista, no Ceará, já foi posto em prática pela escalação diante do Palmeiras. No duelo do último sábado, o zagueiro Luiz Otávio foi poupado até da viagem, assim como Ricardinho e Galhardo jogaram poucos minutos no 2º tempo.

Outro fator que Adilson terá que ter cuidado é nos pendurados do Vovô: nada menos que nove atletas estão ‘pendurados’ com dois cartões amarelos: o goleiro Diogo Silva, o zagueiro Luiz Otávio, os volantes William Oliveira e Pedro Ken, os meias Lima e Felipe Silva e os atacantes Bergson, Felippe Cardoso e Leandro Carvalho, ou seja, cinco titulares, que se forem advertidos com cartões amarelos contra o Inter não jogam o Clássico.

No Fortaleza, o técnico Rogério Ceni pode poupar alguns titulares diante do Timão fora de casa, visando ao Clássico. Ele já utilizou esta estratégia contra o líder Flamengo, visando chegar mais forte diante do Grêmio na partida seguinte.

Assim como o Ceará, o Leão tem pendurados. São cinco, sendo três titulares: os zagueiros Gabriel Dias e Jackson, o lateral-esquerdo Carlinhos, o meio-campista Marlon e o atacante Osvaldo.

Expectativa

E como não poderia deixar de ser, os jogadores já estão dando declarações sobre o Clássico-Rei. O meia do Ceará, Thiago Galhardo, afirmou ser a semana mais importante do ano para o clube. “Será uma semana que você pode mudar de patamar. Tem jogos que você não tem que jogar e sim, ganhar. É pensar passo a passo, primeiro no Inter, e depois no Clássico-Rei, que é um divisor de águas para tudo”, disse ele.

O zagueiro Jackson, do Leão, afirmou que pensará no Ceará apenas depois de quarta-feira. “A gente vem jogo a jogo dando o máximo. O clássico a gente pensa depois do Corinthians. Vamos com força máxima, pensando no Corinthians e depois no Ceará”.

Nenhum comentário: