TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Pressionado por jejum de vitórias e Z-4, Ceará visita o forte Grêmio

O Ceará vive uma situação delicada na Série A após nove jogos sem vencer. A queda vertiginosa na tabela, saindo da confortável 9ª colocação e de 11 pontos de vantagem para o Z-4, fez com que a 'gordura' fosse pulverizada. Hoje, em 16º, com 23 pontos e apenas um de vantagem para o CSA, primeiro da zona, o Vovô chega pressionado para a 24ª rodada. E nela, o Ceará terá um desafio dos mais difíceis: o Vovô enfrenta hoje o forte time do Grêmio, às 20h30, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, sonhando em quebrar um jejum de nove partidas sem vitórias e ato contínuo, evitar entrar no Z-4 pela 1ª vez na Série A.

Ao longo de 23 rodadas, o Ceará não esteve nenhuma vez na zona de rebaixamento. O início de campanha animadora reservou duas rodadas na zona da classificação para a Libertadores e 14 rodadas na zona da Sul-Americana, mas os resultados negativos tiraram o Vovô do grupo de classificação para competições internacionais, aproximando-o perigosamente do Z-4.

Mesmo se empatar com o time gaúcho hoje, o que seria um grande resultado pela força do Grêmio, que disputa com o Flamengo uma vaga na final da Libertadores, o Vovô entraria na zona caso o CSA vença o Internacional hoje, em Alagoas.

Se perder para o Grêmio, o Vovô se manteria com 23 pontos, mas não entraria no Z-4 caso o CSA empate, pois estaria à frente pelo número de vitórias. Mesmo se o Cruzeiro vencer o Fluminense, no Mineirão, o número de vitórias também seria menor que o do Vovô.

E para evitar uma ida à zona do descenso, o técnico Adilson Batista, que foi ídolo gremista e campeão da Libertadores de 1995, deve escalar o Vovô com formação cautelosa.

E essa nova formação passa diretamente pela entrada do volante William Oliveira, elogiado por Adilson diante do Goiás, no último domingo, na derrota por 1 a 0, no Castelão.

"É importante manter o padrão, a organização. Contra o Goiás tínhamos que propor mais o jogo no 4-2-4, mas não fluiu. Já em Caxias, contra o Grêmio, é outro adversário que podemos ter um comportamento diferente", explicou.

Sobre William, o treinador elogiou a atuação dele. "O atleta se escala no treinamento e nos jogos. E a gente precisa reconhecer quando entra bem, eu disse isso ao William. A vaga dele está garantida, entrou muito bem, estou muito contente com a dinâmica, volume, intensidade, arriscou duas vezes".

Assim, William Oliveira entra no lugar de Lima, que não pode enfrentar o Grêmio por impedimento contratual. Outra modificação é a entrada de um centroavante, Felippe Cardoso ou William Popp, no lugar de Leandro Carvalho, que sequer viajou.

Grêmio

Em 8º, com 35 pontos, e mirando o G-4, o Grêmio jogará com os titulares, já que o jogo com o Flamengo pela Libertadores será apenas no dia 23.

Ainda assim, o técnico Renato Gaúcho tem desfalques: Everton Cebolinha, Matheus Henrique e Kannemann são desfalques por terem sido convocados para amistosos de suas seleções. Assim, a tendência são as entradas de Pepê, Michel e Geromel.

Ficha Técnica

Série A do Brasileiro - 24ª rodada
Centenário, em Caxias do Sul (RS)
9 de outubro - 21 horas

Árbitra: Edina Alves Batista (SP).
Transmissões: Rádio Verdes Mares, Tempo Real do Diário do Nordeste, Tempo Real do GloboEsporte.com/ce e Premiere

Grêmio

Paulo Victor; Léo Moura, David Braz, Geromel e Cortez; Michel, Maicon, Alisson, Luan, Pepê e Diego Tardelli
Técnico: Renato Gaúcho

Ceará

Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Tiago Alves, João Lucas, Fabinho, William Oliveira, Ricardinho, Thiago Galhardo, Mateus Gonçalves, Felippe Cardoso (William Popp). Técnico: Adílson Batista

Nenhum comentário: