TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 15 de outubro de 2019

Equipamento que localiza sinal de celular é utilizado para achar vítimas do desabamento

O resgate às vítimas dos desabamento do Edifício Andréa, em Fortaleza, nesta terça-feira (15), ganhou o reforço de um analisador de espectro com antena diretiva. O aparelho, cedido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), é utilizado para localizar ondas de telefonia celular, e pode ajudar a encontrar mais pessoas sob os escombros.

Conforme o presidente regional da Anatel, Gilberto Studart, o aparelho é utilizado normalmente como meio de fiscalização. "Ele tem a função de localização de fontes emissoras de sistema de rádio ou telefonia, como é o caso específico, trouxemos equipe técnica que está com o analisador de espectro, que tem grande chance de ser útil na localização de pessoas que estejam usando o celular abaixo dos escombros e que precisem de socorro", afirmou.

Studart informou, ainda, que há uma atuação em parceria com as operadoras de telefonia celular para garantir maior eficiência do equipamento. "A gente precisa da colaboração das operadoras de telefonia, uma ação conjunta. A tentativa é que a gente consiga dar um suporte para que isso seja feito o mais rápido possível, de maneira eficaz", apontou.

As informações oficiais, até a última atualização desta matéria, apontam para uma pessoa morta, nove resgatadas com vida, e outras 10 vítimas desaparecidas, conforme familiares.

Bombeiros afirmaram ter recebido ligações de pessoas sob os escombros. O trabalho de resgate foi iniciado com base nas informações repassadas por familiares. Cães farejadores foram levados ao local para ajudar nas buscas por vítimas.

O Corpo de Bombeiros ampliou área de isolamento em torno de prédio. Agentes pediram que todos fiquem em silêncio na região para ouvir as pessoas sob os escombros e facilitar o trabalho de resgate.

O prédio tinha sete andares. Com dois apartamentos por andar, mais a cobertura, totalizava 13 unidades.

Nenhum comentário: