TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Ceará chega ao quinto dia seguido da nova onda de ataques; PMs de férias são convocados

O quinto dia seguido de ataques criminosos no Ceará começa com a frota de ônibus reduzida e a convocação de policiais militares de férias. Pelo menos dois ataques foram registrados nesta terça-feira (24). Um caminhão foi incendiado sobre a ponte do Rio Ceará, que liga Fortaleza e Caucaia, e dois ônibus estacionados em um posto de gasolina, no Bairro Palestina, na cidade de Canindé. Os dois casos aconteceram durante a madrugada. Jucás também registrou ataques a transportes escolares, nesta segunda-feira (23).

Desde a sexta-feira (20), foram pelo menos 28 ataques registrados no Estado, concentrados no Sertão Central, em Fortaleza e na Região Metropolitana. Somente na segunda-feira (23), foram 17 ocorrências. Ao menos 10 pessoas foram capturadas, oito adultos e dois adolescentes. Na maioria dos casos, veículos foram incendiados. Entre os alvos estão ônibus do transporte público, caminhões e carros particulares, três veículos da Enel e uma da Cagece. Em um juizado especial, uma bomba caseira explodiu.

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas nas ações. Um motorista ficou ferido na perna em um ataque a uma topique no Bairro Sítio São João, em Fortaleza, e o motorista de um caminhão teve uma queimadura no braço quando o veiculo onde ele estava foi incendiado em Maracanaú.

A frota de ônibus do transporte coletivo foi reduzida em Fortaleza e na Região Metropolitana nesta terça, segundo o Sindiônibus, Etufor e Secretaria da Segurança Pública do Ceará (SSPDS). Por medida de segurança, apenas 70% do total de veículos do transporte público está "operando com o acompanhamento e a segurança da Polícia Militar", de acordo com nota conjunta desses dois órgãos e do sindicato.

Para reforçar a segurança nos coletivos e garantir a integridade da população, o comando-feral da Polícia Militar convocou todos os policiais militares de férias e suspendeu os cursos na Academia de Segurança Pública (Aesp). Todos devem se apresentar nesta manhã já devidamente uniformizados.

Nenhum comentário: