TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Bolsonaro ironiza mulher do presidente francês e é acusado de sexismo

O presidente Jair Bolsonaro, em clima de guerra com o presidente francês, Emmanuel Macron, que o criticou pela série de queimadas na Amazônia, endossou um comentário de um internauta no Facebook, que zombava da mulher de Macron, Brigitte, 24 anos mais velha. Acabou criticado nas redes sociais. A imprensa francesa também repercutiu o comentário, chamando o brasileiro de sexista.

No sábado, um seguidor postou foto dos dois casais em um post do presidente brasileiro, com a legenda: “Agora entende por que Macron persegue Bolsonaro?”. O próprio respondeu: “Não humilha cara. Kkkkkkk”. O comentário foi acompanhado de uma montagem: de um lado, Emmanuel Macron e sua mulher Brigitte; e, do outro, o presidente brasileiro e sua mulher, Michelle, 27 anos mais jovem.

A resposta de Bolsonaro viralizou e foi repercutida na imprensa francesa, que criticou a atitude sexista do presidente. Brigitte tem 66 anos. A diferença de idade foi usada na campanha pelos adversários, mas o presidente francês rebateu dizendo que se ele tivesse 20 anos a mais, “ninguém pensaria por um segundo que não poderíamos estar legitimamente juntos”.

No Twitter, a hashtag #calabocabolsonaro também se espalhou. Algumas personalidades reagiram para mostrar sua indignação.

“Esperei confirmação pra saber se era real o print. E é. O Bolsonaro DEBOCHOU DA BELEZA DA ESPOSA DO MACRON COMPARANDO COM A SUA. Vocês conseguem entender o nível disso? Imaginem o Presidente de qualquer país sério fazendo algo assim. Sério, tenta imaginar. Que nojo, q patético.”, escreveu o youtuber Felipe Neto.

“O fato de uma pessoa tentar ofender uma mulher por sua aparência física, por si só já é vergonhoso. Quando essa pessoa é Chefe de Estado, é vergonha nacional. Se envolve a Primeira-Dama de uma nação amiga, vira vexame diplomático. Nosso Presidente é um moleque!”, escreveu a escritora e roteirista Antonia Pellegrino na rede social.

Dias antes, o deputado Eduardo Bolsonaro , filho do presidente e candidato à embaixada nos EUA, havia replicado um vídeo chamando o presidente francês de “idiota”.

No início do mês, Bolsonaro cancelou, no último minuto, um encontro com o ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Yves Le Drian e publicou um vídeo no Facebook enquanto cortava o cabelo, no mesmo horário em que estava programada a reunião. Le Drian , ironizou o que chamou de “urgência capilar ” do presidente brasileiro.

Nenhum comentário: