TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

terça-feira, 9 de julho de 2019

Procurador aposentado que matou delegado deve cumprir pena de reclusão

O procurador aposentado Ernandes Lopes Pereira deverá cumprir a pena preso pelo assassinato do delegado Cid Peixoto do Amaral Júnior. A Justiça não aceitou os embargos interpostos pela defesa do condenado, no que ficaram também encerrados os prazos de apelação.

A decisão saiu publicada no Diário da Justiça do Estado da última sexta-feira e Ernandes deve ser preso e cumprir pena de 13 anos e nove meses. A defesa dele prometerrecorrer aos tribunais superiores.

O Caso

O crime ocorreu em 13 de agosto de 2008. Cid e Ernandes eram amigos de infância. Na época, o delegado Cid Peixoto foi visitar Ernandes em sua casa na Lagoa da Precabura, na cidade do Eusébio (Região Metropolitana de Fortaleza). Cid levou um tiro na cabeça e morreu diante de sua mãe, que o acompanhava.

Já o procurador aposentado Ernandes Lopes chegou a ser preso em março deste ano, em Brasília, mas acabou liberado. Na época, em depoimento, ele chegou a dizer que o disparou aconteceu “sem querer” e porque teria ingerido bebida alcoólica.

Nenhum comentário: