TV Meu Xodó - A TV da nossa gente!

sexta-feira, 21 de junho de 2019

The Intercept Brasil – Lava Jato afasta procuradora do depoimento de Lula, após suposta queixa de Moro

Após crítica do então juiz Sergio Moro, a força-tarefa da operação Lava Jato afastou a procuradora da República Laura Tessler das audiências do processo contra o ex-presidente Lula. As supostas críticas foram vazadas pelo The Intercept e divulgadas em programa do jornalista Reinaldo Azevedo na rádio BandNews FM, na noite desta quinta-feira, 20.

Novos trechos de conversas entre os procuradores Deltan Dallagnol, coordenador da operação, e Carlos Fernando dos Santos Lima sugerem que o afastamento de Laura ocorreu quase imediatamente após Moro expressar descontentamento. Assim, de acordo com a reportagem, o então juiz teve interferência na acusação.

“Prezado, a colega Laura Tessler de vcs é excelente profissional, mas para inquirição em audiência, ela não vai muito bem. Desculpe dizer isso, mas com discrição, tente dar uns conselhos a ela, para o próprio bem dela. Um treinamento faria bem. Favor manter reservada essa mensagem”, teria dito Moro. Deltan Dallagnol aquiesceu: “Ok, manterei sim, obrigado!”.

Após 17 minutos, Dallagnol encaminhou a mensagem a Carlos Fernando dos Santos Lima, pedindo sigilo absoluto, conforme o jornalista Reinaldo Azevedo e o Intercept informaram nesta quinta.

Como sugerido por Moro, no primeiro depoimento de Lula, em maio de 2017, Laura Tessler não estava presente. Na ocasião, Júlio Noronha e Roberson Pozzobon representaram o MPF.

“A ação (de Moro) interferiu de maneira evidente até na escalação de procuradores. Quando um juiz escolhe o acusador, escolhe quem atua contra o réu”, analisou Azevedo.

Nenhum comentário: