TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 29 de junho de 2019

Presidente do PSL no Ceará diz que “mentira de André Fernandes e Delegado Cavalcante é estratégia perigosa”

O presidente do PSL no Ceará, deputado federal Heitor Freire, disse em nota que “a mentira lançada com o engodo de prejudicar a agremiação partidária e seus membros é uma estratégia perigosa adotada pelos senhores André Fernandes de Moura, José Alberto Bastos Vieira Junior e Francisco de Assis Cavalcante Nogueira (Delegado Cavalcante)”.

Na quarta-feira (26), os deputados estaduais André Fernandes e Delegado Cavalcante protocolaram em Brasília um pedido de intervenção da executiva nacional da legenda no diretório cearense. Os dois parlamentares acusam Freire de agir ao “arrepio da lei” e de burlar o “estatuto da legenda” como presidente do partido no Ceará. Também alegam que o chefe da executiva estadual promoveu nomeações irregulares de membros, desgastou a imagem do PSL e descumpriu o regimento interno e o código de ética da agremiação.

Para Freire, “ou os denunciantes são revestidos de despreparo intelectual ou se valem da má-fé para uma ilação tão absurda”.

“Veja-se que os denunciantes, de má-fé ou por inércia intelectual mesmo, utilizam o art. 52 do Estatuto do PSL para dar azo às alegações infundadas de violação à preferência parlamentar. Ora, bastaria os denunciantes observarem o princípio da simetria ou simplesmente a simetria para não entrarem num limbo de descalabro, haja vista que o PSL nacional não aplica o art. 52 e não o faz justamente por não estar constituído na forma de Diretório, razão pela qual inaplicável o art. 52 do Estatuto. Da mesma forma ocorre com a agremiação do PSL no Estado do Ceará, a qual não está constituída em forma de Diretório. Aqui já se consegue ver o perigo de dar azo às fantasias e peripécias dos denunciantes, uma vez que se acham acima do próprio partido ao qual são filiados, pois buscam um direito inventado nas próprias mentes fétidas e ansiosas por poder”.

“Assim, além de leviana, a denúncia é passível de medidas mais drásticas para fins de responsabilizar os denunciantes em razão da desfaçatez e ausência de cautela na apresentação de denúncias que atingem não somente os membros do PSL do Ceará e seu presidente, mas atinge todo o PSL”, conclui a nota.

Nenhum comentário: